ÓBIDOS, ALCOBAÇA E A HISTÓRIA DE INÊS DE CASTRO

25 de junho de 2006

Começamos a viagem pelo interior de Portugal. O roteiro previa seguirmos para norte até a Espanha, onde entraríamos pela Galícia com destino a Santiago de Compostela. Saindo de Lisboa seguimos pela região de Estremadura até a charmosa cidade murada de Óbidos.

VISTA PANORÂMICA DE ÓBIDOS

Óbidos é uma cidadezinha encantadora, totalmente cercada de muralhas do século XIV. Foi um presente do Rei Dinis a sua esposa, Isabel de Aragão. A cidade está bastante preservada e possui inúmeras ruas estreitas totalmente tomadas por lojas de artesanato, restaurantes e pousadas.

RUAS ESTREITAS EM ÓBIDOS

A entrada em Óbidos se dá pela Porta da Vila com um excelente painel de azulejos portugueses na parte interna.

PAINEL DE AZULEJOS NA PORTA DA VILA DE ÓBIDOS

O Castelo, hoje transformado em pousada domina  a colina mais alta da cidade. Perto dali a Igreja de Santa Maria foi testemunha do casamento do futuro rei Afonso V, que se casou com a sua prima Isabel, quando ele tinha 10 anos e ela 8.

CASTELO DE ÓBIDOS

IGREJA DE SANTA MARIA

Saímos de Óbidos e seguimos pelas excelentes estradas de Portugal em direção a Alcobaça, cuja maior atração é o Mosteiro de Santa Maria de Alcobaça. Possui uma arquiterura medieval simples, mas impressiona pela grandiosidade.

MOSTEIRO DE ALCOBAÇA

É no Mosteiro de Alcobaça que está o tumulo de Inês de Castro e do Rei Pedro. Pedro era apaixonado por Inês, mas por acordo político foi obrigado a casar com Constança, a princesa de Castela. Quando Contança morreu Pedro foi viver com Inês em Coimbra. O rei Afonso IV, pai de Pedro, com receio da família de Inês, mandou matá-la. Quando o rei Afonso morreu, Pedro mandou matar os assassinos de Inês, exumou o seu corpo, a fez rainha e obrigou a corte a ajoelhar-se a sua frente e beijar a mão de Inês, já decomposta. Foi dessa história que surgiu a expressão: “Agora é tarde. A Inês é morta”.

TÚMULO DE INÊS DE CASTRO

Anúncios

Sobre joaquimnery

Joaquim Nery Filho é geógrafo, agente de viagens e empresário do showbusiness. Apaixonado por viagens e fotografia.
Esse post foi publicado em Portugal e marcado , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

3 respostas para ÓBIDOS, ALCOBAÇA E A HISTÓRIA DE INÊS DE CASTRO

  1. joaquimnery disse:

    Olá Lúcia,

    Claro que dá. Só não sei se vale a pena. De Óbidos para Alcobaça são apenas 42 km. Você vai gastar aproximadamente R$50,00, mas a viagem pode demorar muito e você não aproveitar tanto. O ideal é pegar um táxi em Óbidos até Alcobaça, ou se preferir alugar um carro por apenas um dia. Acho que essa é a forma mais barata e que lhe permitirá aproveitar mais.

    Espero ter te ajudado.

    Um abraço.

    Joaquim Nery

  2. Lucia Souza disse:

    Ola , bom dia
    Em Setembro vou a Portugal e gostaria de conhecer Óbidos. Partindo de Lisboa ja sei como chegar de ônibus.
    Minha duvida é como ir a Alcobaça partindo de Óbidos???
    Eu consigo fazer as duas cidades no mesmo dia?
    Obrigada

  3. Poxaa, Quinho, queria tanto ter conhecido Óbidos. Pelo menos por aqui fico sabendo de algumas curiosidades! =)

    beijaooooo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s