CIDADE DO PORTO – O VINHO NÃO É DE LÁ

Saímos de Braga e seguimos viagem para o Porto, o nosso próximo e último destino em Portugal. Encerrar a jornada por Portugal no Porto é fechar com chave de ouro.

Vista do Porto às margens do Rio Douro

O Porto é a segunda maior cidade de Portugal e sempre teve destaque na história do país. O fato de estar localizada nas margens do Rio Douro foi fundamental para isso. Sempre foi um entreposto comercial de destaque. Enriqueceu na época das Grandes Navegações, com o comércio de especiarias e depois com o vinho característico que leva o nome da cidade.

Centro Histórico do Porto com a Catedral da Sé em destaque

O Centro Histórico do Porto é Patrimônio da Humanidade e destaca-se o Bairro da Catedral, que domina a parte alta do Centro Histórico e possui vários monumentos ao redor.

Ruelas estreitas ligam o Bairro da Catedral à Ribeira no Porto

Colina abaixo o Centro Histórico continua por ruelas estreitas, chegando até o Bairro da Ribeira, que fica às margens do Rio Douro. Hoje exitem inúmeros bares e restaurantes na beira do rio.

Bairro da Ribeira

Roupas secando nas janelas dos casarões da Ribeira

A Avenida dos Aliados é larga e liga a Praça da Liberdade até ao prédio imponente da Câmara Municipal e da Prefeitura. No centro da Praça aparece a estátua de D. Pedro IV, o nosso D. Pedro I.

Avenida dos Aliados, com a Câmara Municipal ao fundo.

Outro monumento de destaque no Porto é a Igreja do Carmo. Construída no século XVIII, em estilo barroco, destaca-se, sobretudo pelos belíssimos painéis de azulejo que possui nas paredes externas.

Igreja do Carmo com o seu magnífico painel de azulejos

Outro exemplo impressionante do barroco português é a Igreja de Santo Ildefonso. Possui uma belíssima fachada, também coberta de azulejos portugueses.

Igreja de Santo Ildefonso

A cidade do Porto é ainda mais bonita, quando vista do outro lado do rio. Para chegar até lá podemos passar pela ponte Dom Luís I, construída em 1886, por um assistente de Gustave Eiffel.

Ponte Dom Luís I

A ponte liga a cidade do Porto a Vila Nova de Gaia. É daí que se tem as melhores vistas do Porto. A beira do rio em Vila Nova de Gaia possui inúmeros restaurantes e bares. Fica sempre cheia de visitantes que aí vão, para admirar a beleza da Cidade do Porto.

A cidade do Porto sob a vista de Vila Nova de Gaia

A cidade de Vila Nova de Gaia sempre foi rival do Porto. Hoje a cidade se dedica, sobretudo à maturação e transporte do vinho. O Vinho do Porto é um vinho velho, produzido numa região a 100 km a leste do Porto. Possui um clima único e condições próprias de terreno que fazem com que não existam similares no mundo.

Vila Nova de Gaia é, hoje, o centro de comercialização dos Vinhos do Porto. Em Vila Nova de Gaia existem passeios guiados  pelos armazéns, que contam a história do vinho do Porto e sempre terminam em uma seção de degustação.

Barricas de Vinho do Porto

O que faz do Vinho do Porto, um produto diferente e especial é o fato de ter a sua fermentação interrompida logo no início. Dessa forma ela se transforma num vinho naturalmente doce, desde que o açúcar da uva não se transforma totalmente em álcool. É um vinho mais forte que os demais e sempre usado antes das refeições, para abrir o apetite, ou após, como vinho de sobremesa.

Armazenamento do Vinho do Porto em Vila Nova de Gaia

O transporte do vinho das áreas produtoras até Vila Nova de Gaia, se dá pelo Rio Douro. No passado era feito pelos barcos típicos do Douro, chamados de Rabelos. Barcos de quilha achatada e dois remos dianteiros. Possuíam velas para serem usadas contra a correnteza (rio acima).

Rabelos no Rio Douro

Anúncios

Sobre joaquimnery

Joaquim Nery Filho é geógrafo, agente de viagens e empresário do showbusiness. Apaixonado por viagens e fotografia.
Esse post foi publicado em Portugal e marcado , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

6 respostas para CIDADE DO PORTO – O VINHO NÃO É DE LÁ

  1. agostinho disse:

    Gostei do teu trabalho sobre a Linda Cidade do Porto!!….. lindas fotos.Obrigado.

  2. Anônimo disse:

    Porto é lindo!Parabéns pelo Blog 🙂

  3. Maria Isabel disse:

    Consultando sobre possibilidades de novas viagens, encontrei este site e confesso que gostei muito, só queria fazer uma ressalva, os locais que armazenam os vinhos em Vila Nova de Gaia chamam-se Cave e não armazéns.

  4. Priscila Primo disse:

    obrigada, Quinho. Tinha curiosidades sobre o vinho.

  5. Quando eu digo, sempre sei de uma novidade neste blog…Essa do vinho…rs
    Pelas fotos, Porto parece mto com Lisboa, é bonita, mas não é tão extraordinário assim.

    Bom post, Quinho.
    beijaoo

  6. Flávia disse:

    Muito bom!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s