SEVILHA – A CAPITAL DA ANDALUZIA

Deixamos Madri e seguimos de TGV para a região da Andaluzia, no sul da Espanha, uma das área mais encantadoras do país. Possui uma forte influência moura, visível na arquitetura e costumes próprios. A presença árabe também deixou marcas na culinária. Arroz, limão, laranja, azeitona e parreiras foram trazidos pelos mouros.

VISTA DE SEVILHA

Três cidades formam o coração da Andaluzia: Sevilha, Córdoba e Granada. Sevilha é a capital, fica nas margens do rio Guadaquivir. É aí que está El Arenal, um dos bairros mais típicos de Sevilha.

Destacam-se em El Arenal, a Torre del Oro e a Plaza de Toros La Maestranza. A Torre Del Oro formava parte da muralha de Sevilha, foi construída como mirante de defesa e hoje é um museu marítimo. Existia uma outra torre igual, do outro lado do rio. Ligando as duas, uma grande corrente impedia a passagem de barcos inimigos.

TORRE DEL ORO EM EL ARENAL

A Plaza de Toros La Maestranza foi construída no século XVIII. A arena abriga até 14.000 espectadores. Possui visitas guiadas ao museu sobre touradas e ao interior da arena. A temporada de touradas começa no domingo de páscoa e vai até outubro.

Praça de Touros La Maestranza

Em Sevilha o calor do verão é insuportável, pegamos 49 graus Centígrados. Impossível de caminhar pelas ruas por muito tempo. A paella é especial.

O bairro judeu da Santa Cruz é um amontoado de becos, pequenas praças escondidas e ruelas que levam a algumas das principais atrações da cidade. A Catedral Gótica com uma torre maravilhosa é a principal atração.

A Catedral de Sevilha com a Torre La Giralda

DETALHES DA TORRE DA CATEDRAL DE SEVILHA

A Catedral fica no lugar de uma antiga mesquita. No alto da Torre com características da arquitetura mourisca, fica La Giralda: O campanário, coroado por um cata-vento.

O CAMPANÁRIO LA GIRALDA, COROADO POR UM CATAVENTO DE BRONZE DO SÉCULO XVI

No interior da Catedral fica o Pátio de Los Naranjos, também uma tradição e característica herdada dos árabes.

PÁTIO LOS NARANJOS - CULTURA ÁRABE NA CATEDRAL DE SEVILHA

A região da Andaluzia foi a que mais sofreu influência árabe. Foi a última região de ocupação moura da Península Ibérica. Um dos grandes exemplos de construção mourisca de Sevilha é o Real Alcázar.

FACHADA INTERNA DO REAL ALCÁZAR

O palácio foi construído no século XIV, por iniciativa de Pedro I no mesmo local onde existiam os palácios dos governantes árabes de Sevilha. Em dois anos, artesãos de Granada e Toledo construíram uma jóia de pátios e salões mudéjares.

O PÁTIO DE GESSO COM O CANAL CENTRAL, MANTÉM AS CARACTERÍSTICAS DO ANTIGO ALCÁZAR DO SÉCULO XII

ARCOS EM FERRADURA - CARACTERÍSTICA DA ARQUITETURA ÁRABE, ALÉM DE UM COMPLEXO TRABALHO DE AZULEJOS DECORAM O SALÃO DOS EMBAIXADORES

Foi daí que Isabel I despachou os navegantes que vieram explorar o Novo Mundo. Até hoje pertence e é utilizado pelos reis espanhóis.

DETALHE DOS JARDINS DO ALCÁZAR - OS JARDINS E AS FONTES AMENIZAM O CALOR DE SEVILHA

Anúncios

Sobre joaquimnery

Joaquim Nery Filho é geógrafo, agente de viagens e empresário do showbusiness. Apaixonado por viagens e fotografia.
Esse post foi publicado em Espanha e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para SEVILHA – A CAPITAL DA ANDALUZIA

  1. clodoaldo alves dos anjos disse:

    Espanha maravilhosa,muita história,gastronomia farta e deliciosa.

  2. Alberto disse:

    muito interessante, gostei muito, dicas legais e inspiradoras
    Um Post que complementa http://www.viagembem.net.br/dicas-de-sevilha/#more-1700

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s