DE BIKE NA ESTRADA DO GARIMPO

No terceiro dia em Lençóis conseguimos agendar uma trilha de bike na antiga Estrada do garimpo. Tínhamos levado as bicicletas com esse objetivo. Conseguimos um bom guia, especialista em trilhas de bicicletas (Roney da Chapada) e seguimos em frente.

SAINDO DE LENÇÓIS PARA INICIARMOS A TRILHA

Saímos do hotel, atravessamos parte da cidade de Lençóis e entramos na antiga Estrada do Garimpo. A saída da cidade é o trecho mais difícil, pois possui uma ladeira mais íngreme e de pedras assimétricas.

A TRILHA POSSUI ALGUNS TRECHOS COM PEDRA E AREIA

A estrada está parcialmente abandonada e hoje é utilizada para trilhas de off road, bike, quadriciclos e cavalgada, seguindo até o Cachoeira do Roncador. O trecho completo seria 36km de ida e volta. Ficaria muito puxado para nós. Optamos por um roteiro reduzido de 18km (ida e volta).

EM VÁRIOS MOMENTOS TIVEMOS QUE ATRAVESSAR RIOS CARREGANDO AS BICICLETAS

Lençóis e o garimpo sempre estiveram ligados e essa trilha passa por uma das áreas mais garimpadas na região. O garimpo em Lençóis teve o seu auge após o ciclo do ouro de Minas Gerais. A época áurea da Chapada se deu na segunda metade do século XIX.

ATRAVESSAMOS TRÊS RIOS AO LONGO DA TRILHA

Na segunda metade do século XX a lavra passou a ser mecanizada e os danos ambientais se tornaram ainda maiores. Hoje a lavra mecânica está proibida na região e o garimpo foi bastante reduzido.


A antiga Estrada do Garimpo

No meio da trilha paramos no Ribeirão de Baixo, num grande caldeirão natural com água gelada, para um banho. Apesar da água muito fria, o banho é maravilhoso e reenergizante. Fundamental para continuarmos a trilha e voltarmos a Lençóis.

AS ÁGUAS GELADAS DO RIBEIRÃO DE BAIXO

À noite fomos para a Praça onde havia a comemoração do São João. Quadrilhas juninas representando cada “bairro”da cidade, competiam entre si.

A "QUADRILHA" PREPARADA PARA A APRESENTAÇÃO

O pau-de-sebo era uma atração à parte. No alto de um pau com aproximadamente 10m de altura e totalmente melado de sebo foi colocado um prêmio de R$ 500,00 e reunia uma turma na tentativa de ganhar o prêmio.

A CONQUISTA DO PAU-DE-SEBO

O pau-de-sebo é um exercício de trabalho coletivo. Na base ficam os mais fortes que carregam nos ombros os amigos de menor peso e formam uma pirâmide. É a única maneira de se chegar à vitória e ao prêmio. Tudo enche a noite com muita alegria.

O TRABALHO COLETIVO NO PAU-DE-SEBO

Anúncios

Sobre joaquimnery

Joaquim Nery Filho é geógrafo, agente de viagens e empresário do showbusiness. Apaixonado por viagens e fotografia.
Esse post foi publicado em Bahia e marcado , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s