KUSADASI E AS RUÍNAS DE ÉFESO

Depois de alguns dias em Istambul, pegamos um vôo para Kusadasi. A maioria dos turistas, chegam aí de navio, 90% dos cruzeiros que fazem as Ilhas Gregas param em Kusadasi.

O Porto de Kusadasi

O Porto de Kusadasi

Kusadasi fica no Mar Egeu e é um dos principais destinos turísticos da Turquia. Tem uma boa infraestrutura, com hotéis de várias categorias e bons restaurantes. É uma estação de veraneio para turcos e outros europeus.

O balneário turco de Kusadasi no Mar Egeu

O balneário turco de Kusadasi no Mar Egeu

A cidade fica na beira do mar. O clima quente de verão, Temperado Mediterrâneo, da Turquia é um convite para as atividades aquáticas.

Banho de mar em Kusadasi

Banho de mar em Kusadasi

Kusadasi é agitada, possui muitas opções para quem quer se divertir. Pouca coisa aí lembra a Turquia tradicional. O que mais lembra é o jeito chato que os turcos têm para negociar nos mercados. Nem Kusadasi escapa.

Fim de tarde em Kusadasi

Fim de tarde em Kusadasi

Na saída do porto, a estação de passageiros dos navios é perfeita. Possui um bom Shopping Center, com lojas de grife e serviço de primeira. A melhor das que passamos no Mar Egeu.

Região portuária de Kusadasi

Região portuária de Kusadasi

Kusadasi é, também, a porta de entrada para quem quer visitar Éfeso. Éfeso fica próximo da cidade de Selçuk, na Província de Esmirna.

As Ruínas de Éfeso

As Ruínas de Éfeso

É um colosso arqueológico. Foi uma cidade greco-romana. Durante a influência grega, Éfeso foi uma das 12 cidades da liga Jônica. Durante o período do Império Romano, foi uma das maiores cidades do Império. Nos tempos de maior importância, a cidade chegou a ter cerca de 500 mil habitantes.

Éfeso - Uma das maiores cidades do Império Romano

A cidade era celebre pelo Templo de Artemis, construído em 550 a.c., uma das sete maravilhas do mundo antigo e que foi totalmente destruído, juntamente com outros edifícios da cidade em 401 d.c., por São João Crisóstomo.

Detalhe de coluna nas Ruínas de Éfeso

Detalhe de coluna nas Ruínas de Éfeso

A cidade foi reconstruída por Constantino I, sofreu bastante com terremotos e começou a perder importância estratégica, com o assoreamento contínuo do seu porto.

Colunas e estátuas em Éfeso

Colunas e estátuas em Éfeso

Andar pelas ruínas de Éfeso é viajar de volta no tempo e entender um pouco como se vivia a 2.000 anos atrás. Dentre os tesouros de Éfeso destaca-se o Anfiteatro Romano com capacidade para 25 mil pessoas, onde aconteciam apresentações musicais e lutas com gladiadores e animais.

Teatro Romano de Éfeso

Teatro Romano de Éfeso

Outro destaque fica para a magnífica Biblioteca de Celso, um edifício de dois andares, construído entre 117 e 120 d.c., cuja fachada ainda encontra-se preservada e nos dá a idéia da importância daquele prédio para a cidade romana. Erguido com colunas maravilhosas e estátuas que completam a sua decoração.

A magnífica Biblioteca de Celso em Éfeso

A magnífica Biblioteca de Celso em Éfeso

Existem ruínas de locais para banhos, com a preservação das instalações sanitárias, inclusive as latrinas coletivas, que são uma curiosidade que os turistas adoram.

As latrinas coletivas em Éfeso

As latrinas coletivas em Éfeso

Dentre as estátuas que aparecem em Éfeso, uma que chama a atenção é a da Deusa Grega Nike, ou Vitória para os Romanos, a Deusa Alada que personificava o triunfo, tanto nas batalhas, quanto nas competições pacíficas. Um detalhe dessa estátua, em Éfeso, foi usado pela empresa (Nike) de produtos esportivos para criar a sua logomarca.

Nike - A Deusa do Triunfo. Onde está o símbolo?

No centro da cidade fica a magnífica avenida Curetes, toda calçada por pedras brancas e mármore, ladeada de colunas e estátuas de 2.000 anos atrás

Curetes - A fantástica avenida de mármore de Éfeso

Curetes - A fantástica avenida de mármore de Éfeso

Éfeso foi uma das cidades do Império Romano onde o cristianismo mais se difundiu. São João Evangelista pregou em Éfeso.

Vista panorâmica de Éfeso

Vista panorâmica de Éfeso

Ao sairmos de Éfeso subimos uma colina e fomos até a Casa da Virgem Maria, um ponto de peregrinação. Existem relatos que falam que São João, fugindo da perseguição aos cristãos, se isolou ali e levou consigo a Virgem Maria. A Igreja Católica reconhece o local como sendo a Casa da Virgem Maria. A que existe hoje teria sido construída sobre as ruinas da casa original.

A casa da Virgem Maria

A casa da Virgem Maria

Na volta para o hotel ainda paramos na cidade de Selçuk para visitarmos um centro de produção de roupas de couro, uma das riquezas locais, mas como negociar com os turcos é ruim demais, ficamos apenas no entretenimento.

Desfilando a moda de couro na Turquia

Desfilando a moda de couro na Turquia

Anúncios

Sobre joaquimnery

Joaquim Nery Filho é geógrafo, agente de viagens e empresário do showbusiness. Apaixonado por viagens e fotografia.
Esse post foi publicado em Turquia e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

13 respostas para KUSADASI E AS RUÍNAS DE ÉFESO

  1. joaquimnery disse:

    Obrigado Roseli,
    Continue acompanhando o blog.

    Um abraço

  2. Roseli disse:

    Emocionante, estou comparando/colocando legenda em minhas fotos pessoais, passeio maravilhoso, fiz um Cruzeiro Ilhas Gregas e visitamos Éfeso, imperdível!!

  3. Helen disse:

    Gostaria de visitar sem pagar excursão. é possível ir do porto às ruínas de ônibus do porto no qual ficarei por apenas algumas horas, Excelente trabalho de reportagem o seu.

  4. Sálvio Santiago Flor disse:

    Tive o prazer de conhecer Kusadashi/Efesus em 1981 em um fantour proporcionado pela KLM transportadora e uma operadora terrestre q não lembro qual. Magnífico passeio. Excelente viagens. Até os dias de hoje me sinto encantado com tal feito. Soum um privilegiado.

  5. Perfeito, parece que estou de volta aos tempos em que viajei para Éfeso. Maravilhosos….

  6. artgo9 disse:

    Relembrei toda minha viagem! Obrigada!

  7. Roberto Osorio disse:

    Revivi minha viagem em 2012 a Éfeso através de seus precisos relatos e belíssimas fotos. Casa da Virgem Maria, sitio de intensa emoção

  8. Nino D.Garcia disse:

    Nino Garcia, referiu-se a Éfeso, em kusadasi.

  9. Nino D.Garcia disse:

    Fui a Kusadasi e me encantei, principalmente pela caminhada naquela rua de marmores brancos, entusiasmado voltei no tempo, muito obrigado, quem sabe eu volte!

  10. Marissa disse:

    Estive em Éfeso e também adorei. Obrigada por seus esclarecimentos.

  11. joaquimnery disse:

    Olá Cristiano,
    Que bom que você gostou. Paulo, de fato, também pregou em Éfeso, assim como São João, que acompanhou Maria até o final. Segue texto com os detalhes.

    “Depois disso os Evangelhos se calam a respeito de São João. Mas resta a Tradição. Segundo esta, ele permaneceu com Maria Santíssima durante o que restou de sua vida mortal, dedicando-se também à pregação. Depois da intimidade com o Filho, o Apóstolo virgem é chamado a uma estreita intimidade de alma com a Mãe que, sendo a Medianeira de todas as graças, deve tê-lo cumulado delas em altíssimo grau. Que grande virtude deveria ter alguém para ser o custódio da Rainha do Céu e da Terra!

    Assim, teria ele permanecido com Ela em Jerusalém e depois em Éfeso. “Dois motivos principais deveriam ter ocasionado essa mudança de residência: de um lado, a vitalidade do cristianismo nessa nobre cidade; de outro, as perniciosas heresias que começavam a germinar. João queria assim empenhar sua autoridade apostólica, quer para preservar quer para coroar o glorioso edifício construído por São Paulo; e sua poderosa influência não contribuiu pouco para dar às igrejas da Ásia a surpreendente vitalidade que elas conservaram durante o século II” 3.

    Após a dormição de Nossa Senhora — que é como a Igreja chama o fim de sua vida terrena — e a Assunção d’Ela aos Céus, fundou ele muitas comunidades cristãs na Ásia menor.”

    Obrigado por acompanhar o blog. Um abraço,
    Joaquim Nery

  12. Cristiano Pereira disse:

    Ótima reportagem! Mas, desculpe, segundo o livro de Atos, não foi o apóstolo Paulo quem viveu e pregou em Éfeso? Inclusive foi inspirado nesse relato que eu puxei essas imagens. – Atos 19:1-22. Obrigado!
    – Cristiano.

  13. Sugel disse:

    Olá Fé Costta.Andou a passear por sítios maravilhosos., onde não me importava de ir. Quem sabe, um dia!Bom Domingo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s