CHEGANDO AO QUÊNIA

Partimos em junho de 2005 para uma viagem sonhada há muito. O roteiro nos levaria para o coração das maiores reservas de animais do continente africano: A reserva Masai Mara no Quênia e a reserva do Serengeti na Tanzânia. A vida animal nessa área é tão densa que serviu de inspiração para o filme “O Rei Leão”.

A vida selvagem é abundante no Quênia

A vida selvagem é abundante no Quênia

Saímos de São Paulo, fizemos um voo com conexão em Johanesburgo, na África do Sul, e seguimos para Nairobi, no Quênia. Durante a viagem pelos céus da África, tivemos um primeiro momento de emoção, quando sobrevoamos o lendário Monte Kilimanjaro, no norte da Tanzânia, quase na fronteira com o Quênia.

Áreas agrícolas nos entornos de Nairobi

Áreas agrícolas nos entornos de Nairobi

O Kilimanjaro, que significa “Montanha Brilhante” em Swahili é a maior montanha da África, com mais de 5.800m de altitude, possui o pico coberto de neve apesar da localização equatorial, já foi cenário de filmes antológicos, com “As Neves do Kilimanjaro”.

O vulcão Kilimanjaro surge sobre as nuvens.

O vulcão Kilimanjaro surge sobre as nuvens.

O Quênia é um país da África Oriental, localizado nos entornos da linha do equador, com predominância para o hemisfério Norte. No século XIX, quando as fronteiras da África foram divididas por interesses coloniais europeu, o Quênia passou à condição de colônia britânica. As duas maiores cidades do país são Nairobi e Mombassa.

Chegamos a Nairobi, a capital do Quênia, uma típica metrópole africana, com mais de 3 milhões de habitantes e grandes  contrastes. No centro financeiro da cidade, torres modernas espelhadas, podem lembrar as grandes cidades das Américas. Na periferia a favela de Kibera é uma das maiores do mundo e expõe os problemas sociais do continente.

O centro financeiro de Nairobi

O centro financeiro de Nairobi

À noite saímos para um restaurante típico e lotado de turistas, O Carnivori é um dos mais famosos de Nairobi, uma espécie de churrascaria, onde os cortes prediletos e mais disputados são carnes exóticas de caças africanas, como: Antílopes, Crocodilo, Javali, Avestruz, Camelo, etc. Uma boa maneira de começarmos o contato com a África.

Carne de camelo e crocodilo no Restaurante Carnivori

Carne de camelo e crocodilo no Restaurante Carnivori

No dia seguinte estávamos eufóricos, iríamos pegar um voo de curta duração, num avião pequeno para a Reserva Masai Mara. Aí começaria o nosso primeiro contato com a vida selvagem africana.

Partindo para a reserva Masai Mara

Partindo para a reserva Masai Mara

Anúncios

Sobre joaquimnery

Joaquim Nery Filho é geógrafo, agente de viagens e empresário do showbusiness. Apaixonado por viagens e fotografia.
Esse post foi publicado em Quênia e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s