A RESERVA MASAI MARA E A GRANDE MIGRAÇÃO

No segundo dia de viagem ao Quênia, pegamos um voo de curta duração, em avião pequeno, cedo, pela manhã em direção ao Parque Nacional da Reserva Masai Mara.

O avião que nos levou á Reserva Masai Mara

O avião que nos levou á Reserva Masai Mara

A Reserva fica no Sudoeste do Quênia e faz divisa com a Tanzânia, onde fica o Parque Nacional do Serengeti. Essa área é considerada a maior reserva de vida selvagem do continente africano. Aqui é um dos poucos lugares do mundo, onde a vida animal ainda possui concentrações semelhante às dos séculos passados.

A grande concentração de alimento na Reserva Masai Mara

A grande concentração de alimento na Reserva Masai Mara

A divisa entre o Quênia e a Tanzânia

A divisa entre o Quênia e a Tanzânia

Chegamos na Reserva Masai Mara e pousamos num pequeno campo de aviação, onde tivemos os primeiros contatos de emoção. Pegadas de hienas e outros animais, ainda na pista de pouso.

Chegando ao Masai Mara

Chegando ao Masai Mara

Fomos recebidos pelos guias do Hotel Mara Serena Lodge. Um dos poucos lodges existentes por aí. Confortável, com boas instalações, um serviço excelente e aconchegante, o que nos deixou mais tranquilos.

O Mara Serena Lodge

O Mara Serena Lodge

Logo na chegada fomos fazer um lanche no restaurante do hotel e uma gritaria vinda da cozinha nos assustou. O motivo foi um Babuíno que saia correndo de lá e um grupo de cozinheiros e garçons, com panelas nas mãos tangiam o bicho.

O quarto do Mara Serena Lodge

O quarto do Mara Serena Lodge

O hotel fica quase na linha do equador, a aproximadamente 1 grau de latitude. Essa localização da Reserva Masai Mara e da vizinha Serengeti, bem como a altitude média de 2.000m, fazem dessa região um ecossistema único e favorável à vida animal.

Placa de localização do Mara Serena Lodge

Placa de localização do Mara Serena Lodge

O Masai Mara está a norte do equador, o Serengeti está a sul, a altitude faz com que o clima seja tropical, com regime pluviométrico alternado. Chuvas de verão e secas de inverno. O verão e o inverno nas duas reservas são invertidos, por estarem em hemisférios diferentes.

Em julho era verão no Quênia e o tempo estava chuvoso.

Em julho era verão no Quênia e o tempo estava chuvoso.

Resultado. Quando chove na Reserva Masai Mara é a estação seca do Serengeti e vice-versa, portanto as pastagens naturais das savanas, possuem ciclos de crescimento alternado, o que provoca continuamente, todos os anos, a “Grande Migração” em busca de alimentos. Milhões de Zebras e Gnus, migram constantemente, em círculo, entre as Reservas Masai Mara e Serengeti. Os predadores ficam “parados” e fazem a festa, pois têm alimento o ano inteiro.

Zebras, Gnus e Impalas se misturam na "Grande Migração".

Zebras, Gnus e Impalas se misturam na "Grande Migração".

Esse fenômeno é também conhecido como o Grande Círculo da Vida, que inspirou o filme O Rei Leão.

O Círculo da Vida

O Círculo da Vida

Anúncios

Sobre joaquimnery

Joaquim Nery Filho é geógrafo, agente de viagens e empresário do showbusiness. Apaixonado por viagens e fotografia.
Esse post foi publicado em Quênia e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

8 respostas para A RESERVA MASAI MARA E A GRANDE MIGRAÇÃO

  1. joaquimnery disse:

    Olá Sérgio,

    A Tanzânia pode ser visitada o ano inteiro. No mês de abril, chove um pouco mais, porém não atrapalha a visitação.

    Um abraço.

  2. Sérgio N. Catarinense disse:

    Bom dia!
    Estou estudando a possibilidade de conhecer a Tanzânia, por favor podes me dizer qual é a melhor época para visitar?
    Obrigado!

  3. joaquimnery disse:

    Silvana,

    Sempre que viajo uso a consultoria da Via Alegria, uma agência de Salvador, mas que atende em todo o território nacional. (071)3797-6130 ou contato@viaalegria.com.br

  4. Silvana Poll disse:

    Joaquim,

    Qual agencia por favor?

  5. joaquimnery disse:

    Olá Cláudia,

    A situação no Quênia não é tão confortável quanto na Namíbia, pois nas grandes cidades existem problemas sociais e políticos, Porém nas áreas turísticas, reservas, lodges, etc. temos a mesma tranquilidade que você desfrutou na sua viagem. A paisagem é bem diferente e a vida animal muito mais abundante. Foi um dos lugares mais incríveis que já conheci e vou voltar. O ideal é passar menos tempo em Nairobi e aproveitar os Parques Nacionais.

    Um abraço,

    Joaquim Nery Filho

  6. claudia disse:

    Olá Joaquim.
    Acabei de voltar da Namibia com marido e dois filhos, um lugar lindo e tranquilo. Como é o Quenia? Dá para irmos com tranquilidade?
    Abraço.
    Claudia.

  7. joaquimnery disse:

    Olá Jorge,
    Fizemos a viagem com agência, pois nesses destinos mais complexos, o auxílio de uma agência especializada poupa tempo e permite otimizar a viagem. Caso você queira, posso pedir à agência que me acompanha para entrar em contato com você, discutir o melhor período e outras características da viagem e eles te apresentam uma proposta.

    Um abraço.

  8. Joaquim, parabéns pelo site.
    Gostaria de saber se você contratou alguma agência ou fez por conta própria.
    Estou pensando em ir para o Quênia e Tanzânia.
    Obrigado,
    Jorge

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s