O GRANDE LEÃO

Logo na saída do camping Chitabe Lediba para o safari da manhã, avistamos um grupo de gnus com filhotes. Os gnus são as “Bestas Selvagens” da África.

Gnu - A Besta Selvagem

Gnu - A Besta Selvagem

Enquanto estávamos observando os gnus, ouvimos um forte rugido de leão, o nosso guia, Luke, desligou o motor do carro para prestarmos mais atenção sobre de onde estava vindo o rugido.

Saímos na “caçada” ao leão. O rugido ia ficando cada vez mais forte, aumentava a angústia e a emoção e de repente ele apareceu. Lindo, majestoso. Era um adulto de aproximadamente 7 anos, com uma bela juba. Vinha em nossa direção e não parava de rugir.

Foi uma emoção forte quando o Leão apareceu

Foi uma emoção forte quando o Leão apareceu

Ficamos ali parados na beira da estrada e o leão passou exatamente ao nosso lado. Numa Land Rover aberta e preparada para safaris, impossível não sentir uma sensação de medo. Os guias ficam traqüilos, estão acostumados com isso, mas para nós era complicado. Começamos a acompanhar o leão.

A sensação era de que o Leão ia saltar sobre a Land Rover

A sensação era de que o Leão ia saltar sobre a Land Rover

O leão parou para beber água e depois voltou a andar com um destino definido. Luke ouvia outro rugido distante e segundo ele era um irmão do leão que estávamos acompanhando e era para lá que ele estaria se deslocando.

O Leão parou para beber água

O Leão parou para beber água

Alguns carros foram chegando para ver o leão. Como tínhamos sido os primeiros, tivemos que abandoná-lo, pois uma das regras dos safaris de Botswana é que apenas três carros podem ficar observando os animais ao mesmo tempo.

Um dos grandes momentos dos safaris.

Um dos grandes momentos dos safaris.

OS CÃES SELVAGENS FAZEM UM BANQUETE

Na sequência ouvimos pelo rádio que os Cães Selvagens ou Mabecos, teriam caçado uma impala e estavam se alimentando. Seguimos o caminho dos abutres e rapidamente chegamos ao local.

Os abutres sinalizam o local da caçada.

Os abutres sinalizam o local da caçada.

Era o mesmo grupo de Mabecos do dia anterior. Pudemos identificar alguns animais, sobretudo uma fêmea com a orelha cortada e os líderes da matilha que tinham colar de identificação.

O Cão Selvagem ou Mabeco

O Cão Selvagem ou Mabeco

O grupo estava animado e destroçavam a impala (um macho jovem) com uma voracidade impressionante. Os Cães Selvagens caçam em grupo e matam a caça em mordidas por todo o corpo. Em menos de 2 minutos conseguem destruir uma impala.

O Cão Selvagem destrói a caça.

O Cão Selvagem destrói a caça.

Enquanto os Cães Selvagens faziam a farra os abutres iam chegando  e esperavam pacientemente em cima das árvores para se banquetearem com os restos.

Os abutres aguardando os restos da impala.

Os abutres aguardando os restos da impala.

Depois do banquete os cães mais jovens ficavam brincando entre si.

Os Mabecos se divertem depois do banquete

Os Mabecos se divertem depois do banquete

Esse foi o nosso último safari no Acampamento Chitabe Lediba. Seguimos para a pista de pouso onde iríamos pegar um voo para o Acampamento Little Vumbura. O nosso próximo acampamento.

O campo de pouso do Acampamento Chitabe Lediba

O campo de pouso do Acampamento Chitabe Lediba

Anúncios

Sobre joaquimnery

Joaquim Nery Filho é geógrafo, agente de viagens e empresário do showbusiness. Apaixonado por viagens e fotografia.
Esse post foi publicado em Botswana e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para O GRANDE LEÃO

  1. Charles F. Oliveira disse:

    Animais extraordinários.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s