OS ELEFANTES DO DESERTO

No segundo dia em Damaraland, saímos pela manhã bem cedo para um jornada longa. O nosso objetivo era encontrar os elefantes do deserto. Sabíamos que era uma tarefa difícil, pois a informação que tínhamos era de que nesse período, mais seco, os elefantes estavam migrando para as montanhas em busca das poucas chuvas e encontrá-los não seria tarefa fácil.

Seguimos em direção às montanhas na busca aos Elefantes do Deserto

Seguimos em direção às montanhas na busca aos Elefantes do Deserto

No caminho paramos para entender a origem do nome Damaraland. Essa é a região endêmica de um arbusto chamado “damara”, que aqui aparece por todos os lados. A damara serve de suporte alimentar e medicinal para várias espécies, como o Orix e o Kudu, que ao se alimentarem da damara, têm uma proteção natural contra determinados parasitas. As damaras são tóxicas para o homem.

As damaras aparecem em todos os cantos na região.

As damaras aparecem em todos os cantos na região.

O nosso caminho passava por grandes extensões de rios secos. Na área aberta avistamos alguns Orix, o antílope característico do Deserto da Namíbia.

Enormes extensões de rios secos na região de Damaraland

Enormes extensões de rios secos na região de Damaraland

Para diminuir o impacto da viagem em busca dos Elefantes do Deserto, Anthony, o nosso guia, parava com frequência para nos dar aulas de botânica, mostrando as plantas típicas da região.

Butterfly Tree, a comida preferida dos elefantes

Butterfly Tree, a comida preferida dos elefantes

Fizemos um longo caminho. Passamos por inúmeros vales e leitos de rios secos, subimos e descemos montanhas, passamos por várias comunidades onde, com frequência parávamos para atualizar as notícias sobre onde estariam os Elefantes do Deserto.

A caçada aos Elefantes do Deserto passava por áreas árduas e belas.

A caçada aos Elefantes do Deserto passava por áreas árduas e belas.

Foram 5h de caçada por mais de 90 km de estradas de pedra e montanha. Frequentemente víamos pegadas dos elefantes, o que reforçava a ideia de que estávamos no caminho certo. Enquanto as pegadas existissem, não pensamos em desistir.

Frequentemente atualizávamos as informações com a população local

Frequentemente atualizávamos as informações com a população local

Por volta do meio dia, Anthony avistou o grupo. Eram aproximadamente 7 elefantes que faziam parte de um grupo de 15, mas nesse momento estavam divididos.

Achamos os Elefantes do Deserto

Achamos os Elefantes do Deserto

Os elefantes do deserto são animais perfeitamente adaptados a essa região do Deserto da Namíbia. Enquanto que em outras regiões os elefantes bebem muita água, todos os dias e em grande quantidade. Os elefantes do deserto podem ficar até 5 dias sem beber água.

Os Elefantes do Deserto estão perfeitamente adaptados à essa região.

Os Elefantes do Deserto estão perfeitamente adaptados à essa região.

Dentre as adaptações que desenvolveram, os elefantes do deserto são mais preservacionistas. Nas outras regiões os elefantes destroem a vegetação nativa com grande voracidade. Aqui, caso eles derrubem uma árvore, eles comem todas as folhas, preservando mais a vegetação.

Os Elefantes do Deserto são mais preservacionistas

Os Elefantes do Deserto são mais preservacionistas

São mais claros que os elefantes de outras áreas e mais enrugados, como se tivessem o couro mais castigado pelas intempéries do deserto.

Eles são mais claros e enrugados que os outros elefantes

Eles são mais claros e enrugados que os outros elefantes

Valeu a pena a “caçada”.

Valeu a pena

Valeu a pena

Voltamos para o acampamento. Mais três horas de viagem por estradas de pedras soltas e muito sacolejo na Land Rover.

As estradas eram leitos de rios secos

As estradas eram leitos de rios secos

À noite choveu no deserto e tivemos uma noite agradável, diferente da anterior.

Choveu no deserto

Choveu no deserto

Anúncios

Sobre joaquimnery

Joaquim Nery Filho é geógrafo, agente de viagens e empresário do showbusiness. Apaixonado por viagens e fotografia.
Esse post foi publicado em Namíbia e marcado , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s