OS JARDINS E PALÁCIOS DE POTSDAM

Saímos cedo do hotel, pegamos um carro no aeroporto e deixamos Berlim para trás. Começamos ali uma nova etapa nessa nossa viagem. O roteiro preparado pela Via Alegria iria nos levar pelas principais cidades históricas da região leste da Alemanha, passando em seguida pela Baviera, seguindo pela fronteira com a Áustria e com a Suíça, onde pegaremos um cruzeiro pelo Rio Reno até Amsterdã.

O Mercedez que nos acompanhou no tour pela Alemanha

O Mercedez que nos acompanhou no tour pela Alemanha

A primeira parada prevista na viagem foi em Potsdam, uma pequena cidade nos arredores de Berlim. Potsdam fica na província do Brandemburgo. A região é plana e cortada por muitos rios e lagos. Historicamente foi a sede do ducado da Prússia.

Palácio Orangerie em Potsdam.

Palácio Orangerie em Potsdam.

De Berlim para Potsdam são aproximadamente 40 km. A cidade é autônoma e possui aproximadamente 140 mil habitantes. É a capital do Brandemburgo. Floresceu no século XVIII, quando o Grande Eleitor Frederico III se transformou no Rei Frederico I e fez de Potsdam o seu refúgio predileto.

Potsdam - A cidade dos Palácios de verão.

Potsdam – A cidade dos Palácios de verão.

Chegamos a Potsdam e fomos até o Parque Sanssouci, a principal atração local. O Parque é enorme e lindo, possui 287 ha e é um dos mais belos complexos de palácios da Europa, foi usado como Palácio de Verão por Frederico, O Grande.

Trechos do Parque Sanssouci

Trechos do Parque Sanssouci

A nossa primeira visita foi ao Neues Palais (Palácio Novo), um dos mais belos palácios da Alemanha. O palácio foi construído no século XVIII, possui mais de 200 cômodos.

O Palácio Novo de Potsdam

O Palácio Novo de Potsdam

Depois do Palácio Novo seguimos pelos caminhos do Parque Sanssouci, onde são muitos os atrativos, porém o destaque maior fica para o Castelo Sanssouci, que utiliza o nome do parque. Sanssouci (significa descontraído), é um palácio rococó construído também no século XVIII. O nome é perfeito para caracterizar o Castelo.

O Castelo Sanssouci

O Castelo Sanssouci

O Sanssouci fica no alto de um escadaria que sobe a partir de um complexo de fontes e esculturas, com grande simetria.

A fonte e escadarias do Palácio Sanssouci

A fonte e escadarias do Palácio Sanssouci

Saímos do parque Sanssouci e seguimos em direção a uma segunda grande atração de Potsdam, a Alexandrowka é uma vila pequenina de colonos russos, no meio da cidade, formada por casas de madeiras, com entalhes bastante trabalhados e que foram construídas para 12 cantores de um coro russo que animava a corte naquela época.

Casa típica de Alexandrowka.

Casa típica de Alexandrowka.

Depois de Alexandrowka seguimos para o segundo parque maravilhoso de Potsdam. O Neuer Garten (Jardim Novo) rivaliza com o Parque Sanssouci. No Jardim Novo as atrações principais são o Cecilienhof e o Marmorpalais.

Detalhe do jardim Novo de Potsdam.

Detalhe do jardim Novo de Potsdam.

O Cecilienhof é um palácio do século XX, construído entre 1913 e 1917, se tornou conhecido na história, pois foi aqui que aconteceu a Conferência de Potsdam em 1945, reunindo os líderes Winston Churchill (Reino Unido), Franklin Roosevelt (EUA) e Josef Stalin (URSS), que negociaram as soluções para os problemas do pós-guerra na Alemanha. No meio das negociações, Churchill foi substituído por Clement Atlee e Roosevelt foi substituído por Harry S. Truman. A Conferência de Potsdam redefiniu a fronteira da Alemanha no pós-guerra.

O Palácio Cecilienhof.

O Palácio Cecilienhof.

O Cecilienhof foi uma das últimas construções da dinastia Hohenzolern que comandou o Brandemburgo por séculos. A família morou no palácio depois de perder a coroa. Hoje o Palácio foi transformado em hotel.

Detalhes do Palácio Cecilienhof

Detalhes do Palácio Cecilienhof

Uma caminhada pelo Parque do Jardim Novo leva a outro palácio maravilhoso, o Marmorpalais. Um pequeno palácio com fachada de mármore construído no século XVIII.

O Marmorpalais

O Marmorpalais

Deixamos o Jardim Novo e pegamos a estrada para Dresden, que seria o nosso novo destino. A viagem de Potsdam para Dresden é de aproximadamente 220 km. Fizemos em  3h. Chegamos à noite depois de um dia bastante intenso.

Anúncios

Sobre joaquimnery

Joaquim Nery Filho é geógrafo, agente de viagens e empresário do showbusiness. Apaixonado por viagens e fotografia.
Esse post foi publicado em Alemanha e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s