ROTEMBURGO OB DER TAUBER – A CIDADE MEDIEVAL DA BAVIERA

Chegamos a Rotemburgo na segunda metade da tarde. A cidade impressiona desde a chegada. Uma grande muralha cerca toda a sua estrutura. Entramos por um dos portões pois ficamos hospedados na parte interna da cidade medieval, que possui pouco mais de 10.000 habitantes.

Rotemburgo encanta desde a entrada.

Rotemburgo encanta desde a entrada.

O nome Rotemburgo Ob Der Tauber deve-se ao fato de a cidade ser cortada pelo Rio Tauber. Fica na região da Baviera a aproximadamente 65 km de Nuremberg, em uma das extremidades da Rota Romântica, que segue daí até perto da fronteira com a Áustria, na cidade de Fussen. O centro histórico sofreu poucas modificações desde a Idade Média e esse é o encanto maior de Rotemburgo.

Casas medievais em Rotemburgo

Casas medievais em Rotemburgo

O nosso hotel foi uma grata surpresa. Ficamos hospedados no centro histórico, no Hotel Eisenhut. O hotel se divide nos dois lados da rua e preserva a estrutura antiga. Nós nos sentimos num verdadeiro palacete medieval. À noite jantamos no restaurante do hotel, pois a indicação que tínhamos é de que seria o melhor da cidade e de fato nos surpreendeu muito positivamente.

Uma das fachadas do Hotel Eisenhut

Uma das fachadas do Hotel Eisenhut

A 100 metros do hotel fica a Markt Platz, a área mais central de Rotemburgo, onde destaca-se o prédio da prefeitura (Rathaus), que mistura estilos gótico, renascentista e barroco.

A Markt Platz com o prédio da prefeitura em destaque.

A Markt Platz com o prédio da prefeitura em destaque.

Andando pelas ruelas de Rotemburgo encontramos dezenas de lojinhas com venda de artesanatos, brinquedos, objetos e lembranças diversas. São muitas as lojas com produtos de decoração para o natal, aliás isso é uma característica da Baviera.

Lembranças de natal em Rotemburgo

Lembranças de natal em Rotemburgo

Fizemos uma visita ao museu da tortura (Mittelalterliches Kriminalmuseum), uma das atrações da cidade. Nele aparecem dezenas de aparelhos usados para tortura na Idade Média. Já tinha visitado um assim antes, em Praga, mas esse de Rotemburgo me pareceu bem melhor, mais autêntico e com um maior acervo.

Máscara de tortura.

Máscara de tortura.

Os portões da cidade eram usados como acesso e ao mesmo tempo locais de cobrança de impostos para os comerciantes que chegavam por ali. O maior deles é o Burgtor que dá acesso aos jardins do castelo.

O Portão Burgtor, uma das entradas de Rotemburgo

O Portão Burgtor, uma das entradas de Rotemburgo

O parte mais preservada da cidade fica próxima ao portão de Rodertor, que data do século XIV.

O Portão Rodertor, muito bem preservado.

O Portão Rodertor, muito bem preservado.

Anúncios

Sobre joaquimnery

Joaquim Nery Filho é geógrafo, agente de viagens e empresário do showbusiness. Apaixonado por viagens e fotografia.
Esse post foi publicado em Alemanha e marcado , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para ROTEMBURGO OB DER TAUBER – A CIDADE MEDIEVAL DA BAVIERA

  1. Cristina Baumgarten disse:

    Saudades da minha “guia” privativa, com quem estive aí muitos anos atrás: “Tante Jutta”, minha tia alemã, uma figura muito especial, cultíssima, cabeça muitos anos à frente, de quem herdei três paixões: pelos livros, pelas viagens, e pelos cachorros!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s