A ALDEIA MASAI

19 de junho de 2005

Saímos para mais um safari no Quênia. O objetivo era ver o máximo possível de animais até o final da manhã e depois seguirmos para conhecer uma aldeia Masai que estava assentada na região.

Saindo para mais um safari no Quênia.

Saindo para mais um safari no Quênia.

Dezenas de carros saem para fazer os safaris em cada turno, dos diversos lodges da região. Os  rangers que acompanham  os grupos, mantêm contato uns com os outros através de rádios e passam as informações sobre onde estão os animais. Isso facilita encontrarmos as melhores cenas. Foi num desses contatos por rádio que chegamos a dois belos leões adultos e solteiros.

Leões

Leões

Os leões estavam descansando debaixo de uma árvore. O nosso carro foi o primeiro a chegar e ficamos ali um bom tempo observando o descanso das feras. Os leões deitavam e rolavam e não pareciam se incomodar com a nossa bisbilhotice.

Os Leões deitaram e rolaram

Os Leões deitaram e rolaram

Recebemos pelo rádio a informação de que existiam dois guepardos há algumas centenas de metros dali. Seguimos até eles, que foram protagonistas para boas fotos. Esse guepardos eram marcados por brincos de observação da vida selvagem.

Os Guepardos.

Os Guepardos.

Seguimos a frente em direção à Tribo Masai. No caminho recebemos um rádio informando sobre a presença de algumas leoas numa área de pastagem próxima. Chegamos no local informado e não encontramos os animais. O motorista seguia cauteloso, lentamente esmagando o capim  e depois de rodar por mais de meia hora, encontramos as leoas. O carro quase atropela uma delas, pois o animal estava deitado e invisível no meio do capim, quando chegamos  a dois metros de distância. Elas levantaram e seguiram adiante.

A Leoa escondida no capim.

A Leoa escondida no capim.

A caminho da Tribo Masai fomos presenteados pelas melhores imagens do Safari. Uma manada de elefantes que pastava no caminho. Adultos e filhotes deram um show para as nossas lentes.

A manada de elefantes.

A manada de elefantes.

A melhor foto do dia.

A melhor foto do dia.

Chegamos à Aldeia Masai e fomos recebidos de forma muito carinhosa pelo chefe da tribo. Os Masai formam um grupo nômade de guerreiros destemidos dessa região dos planaltos africanos. Seguem os seus rebanhos em busca de pastagens. Vivem entre o Quênia e a Tanzânia e é o único povo que pode circular livremente entre os dois países, seguindo o ciclo migratório dos animais, sem restrições. Têm um fenótipo próprio, são altos e magros.

Fomos recebidos pelo chefe dos Masai.

Fomos recebidos pelo chefe dos Masai.

Fomos recebidos com muito carinho. As mulheres se organizaram numa fila e cantaram músicas tribais para nos saudar. Usavam colares de contas e roupas muito coloridas, com predominância da cor vermelha.

As Mulheres Masai.

As Mulheres Masai.

Na tentativa de nos impressionar, um guerreiro Masai fez uma demonstração, acendendo fogo de forma primitiva, esfregando um pedaço de pau numa pedra.

Acendendo o fogo com pau e palha.

Acendendo o fogo com pau e palha.

Os Masai são criadores de gado e famosos como caçadores de leões. Cuidam dos rebanhos com esmero e aproveitam tudo que o gado pode fornecer. A importância de um Masai na sua comunidade e a sua classe social está relacionada com a quantidade de vacas que possui.

Uma mulher Masai.

Uma mulher Masai.

As Aldeias Masai são formadas por casas simples e pequenas, feitas de esterco de vaca e de elefante. Ao redor das casas coloca-se uma cerca redonda de espinhos que serve para afastar os predadores. À noite eles trazem o gado para dentro da área desse cercado. O ambiente é fétido e insalubre.

Uma aldeia Masai.

Uma aldeia Masai.

Anúncios

Sobre joaquimnery

Joaquim Nery Filho é geógrafo, agente de viagens e empresário do showbusiness. Apaixonado por viagens e fotografia.
Esse post foi publicado em Quênia e marcado , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para A ALDEIA MASAI

  1. gold price disse:

    Seu território apresenta diversas paisagens: o deserto Chalbi no norte, praias no sudeste e planaltos elevados no centro-oeste. O segundo maior pico do continente, o monte Quênia – com 5.199 metros – fica nessa região, pontilhada de pequenos lagos. Alguns são santuários de aves, como o lago Nakuru, que abriga 2 milhões de flamingos. O país é palco de um dos maiores espetáculos de vida selvagem no planeta. Todos os anos, entre julho e setembro, milhares de animais, sobretudo gnus e zebras, migram para as savanas da Reserva Natural de Masai Mara. Nessa área se encontra a tribo masai, cujos habitantes são chamados de guerreiros escarlates por usar trajes vermelhos. Outros 70 povos vivem no Quênia, o que faz do país um mosaico de culturas e etnias. O turismo é um setor vital para a economia, ao lado da agricultura, que emprega quase 80% da força de trabalho. O chá e o café são os principais produtos de exportação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s