CHEGANDO AO PERU PARA CONHECER O QUE RESTOU DO IMPÉRIO INCA

26 de julho de 2013

Esta viagem que começamos a relatar foi planejada e organizada pela Via Alegria Agência de Viagens e Turismo. O objetivo era conhecer Cusco, a capital do Império Inca e a cidade perdida de Machu Picchu, degustando os hotéis que a Orient Express implantou na região. Começamos por Lima, a capital do Peru, onde nos hospedamos no Miraflores Park Hotel, o primeiro da cadeia Orient Express que iríamos conhecer no roteiro.

O Miraflores Park Hotel.

O Miraflores Park Hotel.

Como o voo para Lima saia muito cedo, decidimos deixar Salvador na véspera e dormir em São Paulo, no Hotel Ceasar, ao lado do Aeroporto de Guarulhos, pois tínhamos que fazer o check-in às 5h30min. Essa é sempre uma boa opção para quem não quer perder a noite. Tente pegar uma poltrona na janela, vale muito a pena.

Seguindo para Lima.

Seguindo para Lima.

As primeira emoções já começam no voo, quando cruzamos a magnífica Cordilheira dos Andes e os altiplanos bolivianos. A Cordilheira dos Andes é a mais alta e extensa das Américas. Vai desde o Sul do Chile, até a Venezuela. Segue fazendo a divisa entre o Chile e a Argentina, depois atravessa a Bolívia, o Peru, o Equador, a Colômbia e chega até a Venezuela. O ponto culminante é o Pico do Aconcágua entre o Chile e a Argentina, mas nos outros países tem montanhas muito altas também.

Belas imagens dos altiplanos peruanos na travessia da Cordilheira dos Andes.

Belas imagens dos altiplanos peruanos na travessia da Cordilheira dos Andes.

O Peru é o terceiro maior país da América latina, possui 1.300.000 quilômetros quadrados. Os Andes têm um papel determinante na espetacular geografia do país, que é dividido ao meio pela cordilheira, criando uma grande diversidade de ecossistemas. O litoral de 2.400 km, sofre influência direta da Corrente Marítima fria de Humboldt, é desértico, pois as águas frias da corrente antecipam as precipitações para o oceano, evitando que a umidade chegue ao litoral.

A influência da Corrente de Humboldt é vital para o Peru.

A influência da Corrente de Humboldt é vital para o Peru.

No centro do país, a cordilheira predomina no sentido longitudinal e os vales são férteis, pois recebem as águas que vêm das montanhas. A porção oriental do país é bastante chuvosa, possui rios caudalosos e é dominada pela planície e ecossistema amazônico.

Os vales férteis no centro da Cordilheira dos Andes produzem uma das riquezas do Peru

Os vales férteis no centro da Cordilheira dos Andes produzem uma das riquezas do Peru

Chegamos a Lima, uma cidade com aproximadamente 8 milhões de habitantes e capital do Peru, que tem 29 milhões, a maioria residindo no litoral. Lima está dividida em 48 distritos, em cada um existe uma prefeitura própria e independente. Todas elas compõem um conselho maior para a gestão de toda a comunidade de Lima.

Bandeiras do Peru no centro de Lima.

Bandeiras do Peru no centro de Lima.

Ficamos hospedados no Distrito de Miraflores, um dos melhores de Lima, debruçado sobre a falésia que compõe o litoral. Miraflores é um bairro de classe média alta, cheio de restaurantes, hotéis e clubes sociais, é o polo comercial da cidade. O bairro é seguro, pode-se caminhar a pé sem grandes transtornos.

O bairro de Miraflores.

O bairro de Miraflores.

Quando chegamos ao hotel, o nosso quarto ainda não estava disponível. O jeito foi seguir direto para um restaurante, aliás esse é o melhor programa de Lima. Fomos para o Francesco, seguindo uma indicação de uma amiga que mora na cidade. O Francesco é um excelente restaurante, localizado em Miraflores, de frente para o mar e frequentado pelo Limenho. Aí pode-se saborear um excelente ceviche, acompanhado de um bom Inca Pisco, a combinação típica de Lima.

Passeando pelas ruas de Miraflores.

Passeando pelas ruas de Miraflores.

No almoço, escolhemos de entrada um dos tipos de ceviche disponível e um tamal (um tipo de bolo de batata e milho, recheado com polvo). Como prato principal escolhemos um filé de linguado com camarão. A culinária peruana é fundamentalmente especializada em produtos do mar. A Corrente de Humboldt é muito rica em plâncton e consequentemente possui uma vida marinha intensa. O Peru é o segundo maior país pesqueiro do mundo.

A orla de Lima

A orla de Lima

Anúncios

Sobre joaquimnery

Joaquim Nery Filho é geógrafo, agente de viagens e empresário do showbusiness. Apaixonado por viagens e fotografia.
Esse post foi publicado em Peru e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s