CHINCHERO – A CIDADE VIGIA O VALE SAGRADO

29 de julho de 2013

Em nosso último dia no Vale Sagrado, saímos pela manhã para conhecer a vila de Chinchero, que fica a 3.772 metros acima do nível do mar, portanto é mais alta que Cusco. Já estávamos mais adaptados às condições da montanha e não sofremos por isso.

Chichero, pertinho do céu.

Chichero, pertinho do céu.

O caminho para Chinchero é muito bonito. Subimos a estrada pela borda da montanha e lá em cima existe uma grande área plana, com solo fértil, onde se produz, sobretudo, as diversas variedades de batatas do Peru. Lá de cima, Chinchero vigia o Vale Sagrado.

Chinchero vigia o Vale Sagrado.

Chinchero vigia o Vale Sagrado.

Na história dos conflitos entre os Incas e os conquistadores espanhóis, Chinchero foi testemunha de um episódio único. Manco Inca, o rei-fantoche que subiu ao poder por indicação do conquistador Pizzarro, se arrependeu depois, fez uma guerra contra os ex-aliados e incendiou Chinchero, numa política de “terra arrasada”, para eliminar as rotas de suprimentos para os inimigos.

Os touros nos telhados das casas trazem sorte e prosperidade.

Os touros nos telhados das casas trazem sorte e prosperidade.

Chinchero acabou se rendendo aos espanhóis no final do século XVI. O vice-rei construiu uma fazenda aí e montou uma igreja no alto da cidade, sobre alicerces Incas. A igreja é interessante. Possui uma grande quantidade de santos, paramentos diversos e bastante coloridos. O teto e as paredes possuem pinturas florais.

A igreja de Chinchero construída sobre as ruínas Incas.

A igreja de Chinchero construída sobre as ruínas Incas.

Na chegada a Chinchero paramos numa casa com exposição e venda de artesanatos. Tivemos uma excelente aula com uma garota local, sobre lãs, cores e ervas. Impossível não levar nada. O povo de Chinchero ainda fala o idioma quéchua, dos Incas.

Uma aula sobre lãs e cores.

Uma aula sobre lãs e cores.

Na praça principal ao redor da igreja as ruínas Incas são maravilhosas. Muros com pedras perfeitamente encaixadas e uma imensa quantidade de terraços agrícolas que os Incas usavam para o plantio da batata.

Os terraços agrícolas dos Incas.

Os terraços agrícolas dos Incas.

Os terraços agrícolas foram uma técnica desenvolvida pelos Incas para possibilitar o cultivo nas encostas das montanhas, evitando a erosão a ampliando as áreas de plantio. Técnica semelhante a essa foi desenvolvida também nas encostas do Himalaia, na Ásia, por outras civilizações, que nunca se encontraram, mas tiveram as mesmas soluções, para os mesmos problemas.

Agricultoras colhendo batatas em Chinchero.

Agricultoras colhendo batatas em Chinchero.

Descemos de Chinchero, paramos em vários mirantes para fazer fotos do Vale Sagrado e fomos almoçar numa antiga casa de fazenda que hoje funciona como restaurante (Huayocary).

Mirante na descida para o Vale Sagrado.

Mirante na descida para o Vale Sagrado.

A Reforma Agrária que houve no Peru na década de 60 acabou com as grandes fazendas. Todo o Vale Sagrado, pertencia a cerca de 10 proprietários, hoje milhares de camponeses cultivam a terra com técnicas primitivas e de baixa produtividade.

Restaurante Huayocary

Restaurante Huayocary

Na sede dessa fazenda que virou restaurante, existe um incrível museu com o acervo da família, que nos mostra o poder econômico e políticos desses fazendeiros no passado. Após o almoço voltamos para o Hotel Rio Sagrado.

O maravilhoso acervo da fazenda restaurante.

O maravilhoso acervo da fazenda restaurante.

Anúncios

Sobre joaquimnery

Joaquim Nery Filho é geógrafo, agente de viagens e empresário do showbusiness. Apaixonado por viagens e fotografia.
Esse post foi publicado em Peru e marcado , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s