A PRAÇA DA PAZ CELESTIAL EM PEQUIM

16 de outubro de 2013

Saímos pela manhã para o primeiro tour em Pequim, ou Beijing, como os chineses costumam chamar. A primeira parada foi na Praça da Paz Celestial ou Praça Tiananmen, uma das praças mais famosas do mundo e a mais importante da China.

A Praça da paz Celestial.

A Praça da paz Celestial.

O nome oficial é Tiananmen Guangchang, a Praça do Portal da Paz Celestial, possui uma área de 44 ha, é a terceira maior praça do mundo, perde apenas para a Praça Merdeka de Jacarta na Indonésia e para a Praça dos Girassóis da cidade de Palmas, no Estado do Tocantins, no Brasil.

A Praça Tiananmen vista por um outro ângulo.

A Praça Tiananmen vista por um outro ângulo.

Está no centro de Pequim, em frente à Cidade Proibida. Aumentou ainda mais a sua fama a partir da repressão que o governo chinês fez à manifestação dos estudantes em 1989. Os protestos iniciaram em 15 de abril e foram até 4 de julho de 1989, reuniu cerca de 100 mil jovens que reivindicavam mais liberdade política, associada às reformas econômicas que estavam em curso. O episódio final ficou conhecido na história, como “O Massacre da Praça da Paz Celestial”. Estima-se que possam ter morrido até 7 mil pessoas na repressão do exército chinês aos protestos.

Sentinela na Praça.

Sentinela na Praça.

Quando os tanques de guerra invadiram a praça, um jovem ficou na frente de um deles, como se quisesse impedir a sua movimentação. Essa imagem correu o mundo e se tornou o símbolo da repressão do governo chinês a qualquer tentativa de abertura política. O rapaz cuja identidade e o paradeiro são desconhecidos até hoje, foi eleito pela revista Time como uma das pessoas mais influentes do século XX.

Flores onde antes havia tanques.

Flores onde antes havia tanques.

Ficou claro para o mundo que a China que estava disposta a uma abertura econômica, moldando-se a uma economia de mercado, não iria fazer concessões políticas, permanecendo com um regime fechado e ditatorial.

A Praça da Paz Celestial por um outro ângulo.

A Praça da Paz Celestial por um outro ângulo.

O que mais nos impressionou na visita à Praça Tiananmen foi a multidão que estava visitando a praça. Estima-se que cerca de 100 mil pessoas visitam Tiananmen diariamente e nos dias mais movimentados como os feriados nacionais mais importantes, esse número pode chegar a 700 mil pessoas. É Uma multidão impressionante e impactante.

Uma multidão visita a Praça diariamente.

Uma multidão visita a Praça diariamente.

A primeira vez que visitei a China, fui influenciado por uma descrição em um folheto de viagem que falava sobre os desfiladeiros do alto curso do rio Yang Tsé Kiang, referindo-se às suas dimensões, como sendo “de proporções chinesas”. Acho que a multidão que visita a Praça da Paz Celestial, sem dúvida alguma é de “proporções chinesas”.

A Praça lotada.

A Praça lotada.

A Praça Tiananmen é cercada por construções em estilo comunista da década de 50 e por antigos portões dos muros da cidade, que foram demolidos nas reformas urbanas impostas por Mao. Do lado oposto à entrada da Cidade Proibida fica a grande torre Qian Men, que formava o portão principal da cidade. Hoje abriga um museu sobre Pequim.

Portão de entrada do antigo muro da Cidade de Pequim.

Portão de entrada do antigo muro da Cidade de Pequim.

Dentre os edifícios da Praça destaca-se o Grande Hall do Povo, a sede do Congresso Nacional do Povo, onde fica o enorme auditório e as salas de banquete onde os líderes do partido se reúnem. O Grande Hall do Povo fica aberto a visitação pública, exceto quando existe sessão do Congresso chinês.

O Grande Hall do Povo

O Grande Hall do Povo

No centro da Praça existe o Monumento aos Heróis do Povo, construído em 1958 e que conta as histórias revolucionárias da China nos baixos relevos da sua estrutura de granito, com a caligrafia dos revolucionários Mao Tsé Tung e Chou En-lai.

Monumento aos Heróis do Povo

Monumento aos Heróis do Povo

Na Praça fica o Mausoléu de Mao Tsé Tung. A fila para visitar o Memorial é enorme e leva cerca de 2 horas. Cada pessoa só pode passar 2 minutos em frente ao Memorial. No Mausoléu fica o corpo embalsamado de Mao, numa câmara refrigerada.

A fila para visitar o Mausoléu de Mao.

A fila para visitar o Mausoléu de Mao.

Os chineses visitam o Mausoléu de Mao, mas não senti, nos contatos que tive com os guias na China, nenhuma paixão em relação ao líder da Revolução Popular, apesar de haver claramente uma posição de respeito e admiração. Existe sim, um sentimento mais crítico em relação a algumas das suas decisões, sobretudo em relação à Revolução Cultural.

"Suzana", a nossa excelente guia de Pequim.

“Suzana”, a nossa excelente guia de Pequim.

Mao Tsé Tung ajudou a fundar o Partido Comunista Chinês em 1921 e desde 1930 lutou para conquistar o poder no país. Após a Segunda Guerra Mundial a Revolução Comunista Chinesa ganhou força e Mao Tsé Tung finalmente chegou ao poder em 1949, impondo um regime de Ditadura Comunista que continua até os dias atuais, apesar de toda a abertura econômica que o país viveu nos últimos 35 anos. A foto de Mao aparece na Praça da Paz Celestial, bem na entrada da Cidade Proibida.

A foto de Mao Tsé Tung na entrada da Cidade Proibida.

A foto de Mao Tsé Tung na entrada da Cidade Proibida.

Após a morte de Mao, assumiu o poder na China, Deng Xiao Ping, que reformulou o sistema econômico, abrindo o país para a entrada do capital estrangeiro e para a globalização, criando as ZEE’s (Zonas de Econômicas Especiais), com linhas de incentivo para investimentos estrangeiros no país. Desde então a China tem sido o país que mais cresce no Mundo e já se tornou a segunda maior economia do planeta, superando a Alemanha e o Japão.

A nova China presente na Praça.

A nova China presente na Praça.

Anúncios

Sobre joaquimnery

Joaquim Nery Filho é geógrafo, agente de viagens e empresário do showbusiness. Apaixonado por viagens e fotografia.
Esse post foi publicado em China e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s