A CIDADE PROIBIDA DE PEQUIM

Saímos da Praça da Paz Celestial e entramos na Cidade Proibida, o antigo Palácio Imperial de Pequim. A Cidade Proibida é o maior complexo arquitetônico da China. Tem esse nome, pois era a residência oficial do Imperador e as pessoas do povo não podiam ter acesso à sua área interna. Exerceu essa função durante 500 anos e abrigou 24 imperadores diferentes. Desde meados da Dinastia Ming até a Dinastia Qing.

O portão de entrada da Cidade Proibida.

O portão de entrada da Cidade Proibida.

As dimensões são espetaculares. A Cidade Proibida fica numa área de 725 mil metros quadrados e é formada por uma série de palácios, salões e um labirinto de ruas internas. Representa a arquitetura palaciana tradicional chinesa.

Os grandes pátios da Cidade Proibida.

Os grandes pátios da Cidade Proibida.

A Cidade Proibida foi o centro cerimonial e político do governo chinês. Servia como residência do Imperador e dos seus criados de confiança, muitos deles eram eunucos.

Visitante da Cidade Proibida com trajes a rigor.

Visitante da Cidade Proibida com trajes a rigor.

Apenas o Imperador, a sua família e os empregados especiais do Império tinham permissão para entrar aí. Era uma cidade dentro de outra.

Uma cidade exclusiva para o Imperador.

Uma cidade exclusiva para o Imperador.

Como o número 9 é fundamental para a cultura chinesa, diz-se que na Cidade Proibida existem 9.999 cômodos. Várias portas do Palácio possuem 9 cravos em linha por 9 colunas, para trazer fortuna. É considerado o maior Palácio do mundo. Foi construído entre 1406 e 1420.

As portas de 9 cravos da Cidade Proibida.

As portas de 9 cravos da Cidade Proibida.

Foi aí que viveu Pu Yi, o último imperador da China. A história de Pu Yi foi contada de forma brilhante no maravilhoso filme de Bernardo Bertolucci, O Último Imperador”.

Detalhes da Cidade Proibida.

Detalhes da Cidade Proibida.

Pu Yi assumiu o trono como Imperador da China aos 3 anos de idade, em 1909 e passou a viver recluso na Cidade Proibida. Quando tinha 6 anos aconteceu o fim do Império Chinês, em 1912, quando a República foi proclamada. Mesmo assim Pu Yi continuou na Cidade Proibida, como uma espécie de símbolo que não deveria ser destituído para não provocar revoltas populares movidas por sentimentos nacionalistas a favor da manutenção do Império.

Casamento na Cidade Proibida.

Casamento na Cidade Proibida.

Pu Yi foi expulso da Cidade Proibida em 1924, quando Feng Yuxiang tomou o poder e Pu Yi se exilou na Embaixada Japonesa. Foi manipulado pelos japoneses, que invadiram a China em 1931 e colocaram o Pu Yi, como Imperador da Mandchúria, no norte do país, para tentar, com isso, acalmar os sentimentos nacionalistas chineses contra a invasão.

Detalhes da Cidade Proibida.

Detalhes da Cidade Proibida.

Durante toda a Segunda Guerra Mundial, Pu Yi foi um “Imperador” a serviço do Japão. Quando a Guerra terminou, foi preso pelos soviéticos e mandado para um cárcere na Sibéria. Após a Revolução Comunista comandada por Mao Tsé Tung, Pu Yi foi devolvido à China, onde permaneceu preso até o final dos anos 50. Morreu em 1967 trabalhando como jardineiro, no Jardim Botânico de Pequim.

A turma da Via Alegria na Cidade Proibida

A turma da Via Alegria na Cidade Proibida

Na entrada da Cidade Proibida aparece um canal de água, sobreposto por cinco pontes de mármore, no centro do primeiro pátio, que representam as cinco virtudes do Confucionismo.

As pontes de mármore no interior da Cidade Proibida.

As pontes de mármore no interior da Cidade Proibida.

Na sequência aparece o casal de Leões Chineses que guardam a entrada dos salões. O macho aparece com uma bola sob a pata que representa a União do Mundo. A fêmea aparece com um filhote.

O Leão Chinês na entrada dos salões da Cidade Proibida.

O Leão Chinês na entrada dos salões da Cidade Proibida.

A Porta da Suprema Harmonia é um grande hall de dois beirais, com 24 metros de altura que era utilizado em grandes banquetes pela Dinastia Qing.

A Porta da Suprema Harmonia

A Porta da Suprema Harmonia

No alto do telhado é comum aparecer um número ímpar de figuras mitológicas associadas à água, cujo objetivo era proteger o Palácio dos incêndios.

Figuras mitológicas no alto do telhado da Cidade Proibida

Figuras mitológicas no alto do telhado da Cidade Proibida

Como o Palácio é de madeira, existiam imensos caldeirões de bronze por toda parte que eram cheios de água e que deveriam ser utilizadas em caso de incêndio.

Caldeirões de bronze para combate a incêndios.

Caldeirões de bronze para combate a incêndios.

No interior da Cidade Proibida aparecem os Jardins Imperiais com os seus palácios internos, halls, templos e pavilhões, jardins de pedra e árvores antigas. Destaca-se aí o Hall dos Mil Outonos e o Hall das Dez Mil Primaveras, com telhados circulares.

O Hall dos Mil Outonos.

O Hall dos Mil Outonos.

No fundo do Palácio, um grande fosso foi escavado e a terra retirada daí foi utilizada para criar uma grande colina. O Parque Jing Shan (Colina da Paisagem). A colina é uma construção típica do “feng shui”, cujo objetivo era proteger a Cidade Proibida das influências malignas do Norte.

O Parque Jing Shan.

O Parque Jing Shan.

Anúncios

Sobre joaquimnery

Joaquim Nery Filho é geógrafo, agente de viagens e empresário do showbusiness. Apaixonado por viagens e fotografia.
Esse post foi publicado em China e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

6 respostas para A CIDADE PROIBIDA DE PEQUIM

  1. Arnaud disse:

    Esplêndido maravilhoso meu sonho conhecer esta maravilha.

  2. Pingback: Turismo – Cidade Proibida – Made in China

  3. Tiane disse:

    Estive no em julho do ano passado na cidade proibida, não conhecia a história. Hoje aprendi um pouco com seu artige. É um lugar lindo e Summer palace tambem.
    Parabéns e obrigada.

  4. Anônimo disse:

    morro de inveja de vc jjoaquim nery, gostaria de conhecer esses lugares maravilhosos, não se preocupe é inveja saudavel

  5. Anônimo disse:

    que lindo e um sonho sera q vou ver isso um dia

  6. Ilza disse:

    Em abril de 2013, estive na China e conheci este lugar mágico, que vai permanecer na minha vida como um lugar único, especial. Adorei as fotos e comentários. Obrigada por enriquecer os meus conhecimentos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s