O PALÁCIO DE VERÃO DA IMPERATRIZ CIXI

Saímos do hotel para uma última visita às inúmeras atrações de Pequim. Fomos conhecer o espaçoso Palácio de Verão (Yihe Yuan) da Dinastia Qing, que servia como uma alternativa de verão para a sufocante e calorenta Cidade Proibida.

A entrada do Parque Imperial.

A entrada do Parque Imperial.

O Palácio já existia como um grande Parque Imperial, mas foi construído e transformado em Palácio, na época do Imperador Quinlong (1736 – 1795).

O Parque Imperial.

O Parque Imperial.

A sua imagem está fortemente ligada à Imperatriz viúva Cixi, que usava o palácio e mandou reconstruí-lo após a sua destruição pelas tropas inglesas e francesas em 1860, após a Primeira Guerra do Ópio.

O Dragão Chinês na entrada do Parque Imperial.

O Dragão Chinês na entrada do Parque Imperial.

A Imperatriz Viúva Cixi passou para a história como uma das mulheres mais poderosas da China. Foi concubina oficial do Imperador Xianfieng e assumiu o governo , como regente dos Imperadores Tongzhi e Guangxu (seu filho e seu sobrinho respectivamente).

Barco em forma de Dragão no lago do Parque Imperial.

Barco em forma de Dragão no lago do Parque Imperial.

Os conflitos e relações de Cixi com os ingleses e franceses no final do século XIX, abriu caminho para a queda da Dinastia Qing, a última da China. Antes de morrer, Cixi deu posse ao menino Pu Yi, com três anos de idade, que se tornou o Último Imperador da China.

Cantores se exibindo no Parque.

Cantores se exibindo no Parque.

O Palácio de Verão fica numa área imensa, de aproximadamente 120 ha, possui um grande lago artificial (Lago Kunming) no centro do parque, e uma colina ao lado (Colina da Longevidade), onde foi construído o Palácio.

O Palácio de Verão da Imperatriz Cixi.

O Palácio de Verão da Imperatriz Cixi.

O enorme parque é formado por templos, calçadas, pontes e halls cerimoniais. Na beira do lago, presenciamos uma apresentação de músicos  e cantores populares.

Músicos se apresentam no Parque.

Músicos se apresentam no Parque.

Um longo corredor com 728 metro de comprimento, forma uma passarela com pilastras e vigas decoradas com mais de 14 mil pinturas panorâmicas, que acompanha toda a margem do lago.

A bela ponte de mármore do Parque.

A bela ponte de mármore do Parque.

No centro do lago aparece o Barco de Mármore, construído sobre as ordens extravagantes de Cixi, com fundos destinados à modernização da Marinha Imperial. O barco é feito de bronze, pintado de branco, parecendo mármore.

O barco de mármore.

O barco de mármore.

Mais uma vez flagramos recém casados tirando fotos em lugares históricos. Os turistas fazem uma farra. Seguimos para o aeroporto e nos despedimos de Pequim. O próximo destino foi Xian.

A despedida de Pequim.

A despedida de Pequim.

Anúncios

Sobre joaquimnery

Joaquim Nery Filho é geógrafo, agente de viagens e empresário do showbusiness. Apaixonado por viagens e fotografia.
Esse post foi publicado em China e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para O PALÁCIO DE VERÃO DA IMPERATRIZ CIXI

  1. mel disse:

    Nery, pesquisando sobre a nossa viagem, encontrei seu blog! Muito bacana mesmo…Estou adorando. Parabéns! Beijos, Mel

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s