O PAGODE DO GRANDE GANSO E A MESQUITA MUÇULMANA DE XIAN

Após a fantástica visita que fizemos ao Exército de Terracota, voltamos a Xian no final da tarde para ver o que faltava. Seguimos direto para a cidade murada, onde fica o centro antigo e histórico.

O grupo da Via Alegria voltando ao Centro Histórico de Xian.

O grupo da Via Alegria voltando ao Centro Histórico de Xian.

A primeira visita foi ao Pagode do Grande Ganso Selvagem (fica fora dos muros da cidade). Os pagodes são construções típicas da arquitetura budista chinesa. Tiveram origem na Índia, como uma evolução das “stupas”. São edifícios de vários andares dedicados a orações e peregrinações religiosas.

O Pagode do Grande Ganso Selvagem.

O Pagode do Grande Ganso Selvagem.

O Pagode do Grande Ganso (Dayan Ta) fica no centro de Xian e na parte central do Templo Ci’en. Foi construído durante a Dinastia Tang, em 648 d.C. e em memória da Imperatriz Wende, mãe do Imperador Gaozong.

Detalhe do interior do Pagode.

Detalhe do interior do Pagode.

O pagode, que possui 64 metros de altura, distribuídos em 7 andares, foi construído para guardar os “sutras”, escritos indianos que contavam as histórias do budismo e que ajudaram na difusão dessa religião na China. Esses “sutras” foram levados para a China pelo monge Xuanzang, que idealizou a construção do pagode e passou o resto da vida traduzindo os documentos.

Monge budista em frente ao Pagode.

Monge budista em frente ao Pagode.

É possível subir na torre do pagode e lá de cima se tem uma bela vista de Xian. Hoje o pagode do Grande Ganso Selvagem é o símbolo da cidade.

Do alto do Pagode temos uma bela vista de Xian.

Do alto do Pagode temos uma bela vista de Xian.

O grande complexo do templo também pode ser visitado e possui inúmeras imagens de Buda, com características diferentes, em salas muito bem decoradas.

O Buda gordinho e risonho é símbolo de fartura e felicidade.

O Buda gordinho e risonho é símbolo de fartura e felicidade.

Saímos do Pagode do Grande Ganso Selvagem e seguimos para o Bairro Muçulmano. Xian foi a cidade mais cosmopolita da China quando era a sua capital. Como ponto de origem da Rota da Seda, reunia comerciantes de todo o mundo conhecido na época, daí a influência cultural muçulmana ser ainda muito forte em Xian. Hoje vivem por lá, cerca de 60 mil muçulmanos.

Chegamos à noite ao Bairro Muçulmano.

Chegamos à noite ao Bairro Muçulmano.

O Bairro Muçulmano possui uma grande feira de comidas exóticas e produtos falsificados. Os turistas fazem a festa comprando produtos copiados de grande marcas a preços muito baratos.

Feira de comidas exóticas no Bairro Muçulmano.

Feira de comidas exóticas no Bairro Muçulmano.

Seguimos direto para a Grande Mesquita do Bairro Muçulmano, a Mesquita Dongda, que foi erguida durante a dinastia Tang e fica no coração do Bairro Muçulmano, num grande parque com muitos pátios e jardins. É uma das maiores do país.

A Grande Mesquita de Xian.

A Grande Mesquita de Xian.

Chegamos à mesquita no momento exato em que ia começar o culto. Do alto dos minaretes a música chamava os fiéis para rezar e eles chegavam de todas as partes. Apenas os homens.

Fiéis chegando para o culto muçulmano.

Fiéis chegando para o culto muçulmano.

Anúncios

Sobre joaquimnery

Joaquim Nery Filho é geógrafo, agente de viagens e empresário do showbusiness. Apaixonado por viagens e fotografia.
Esse post foi publicado em China e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s