GUANGZHOU (CANTÃO) – O PARAÍSO DA “PIRATARIA”

Partimos pela manhã bem cedo com destino a Hong Kong. Nesse trecho da viagem, o roteiro da Operadora foi equivocado. Voamos para Guangzhou, onde pegamos um Ferry Boat para Hong Kong. Perdemos o dia inteiro viajando e não aproveitamos nada de nenhuma das duas cidades, nesse dia.

Guangzhou é mais conhecida no ocidente como Cantão. É a capital da província de Guangdong. A cidade fica localizada no sul do país. Foi de lá que saíram a maioria dos chineses que migraram para os quatro cantos do mundo. São cantoneses. Fica perto de Hong Kong (120 km), cujos habitantes são também, na sua maioria, cantoneses.

Edifícios modernos em Guangzhou.

Edifícios modernos em Guangzhou.

Hoje em dia Guangzhou é uma metrópole moderna,  a terceira maior cidade da China, com cerca de 13 milhões de habitantes e cresceu muito rapidamente nos últimos 30 anos, pois foi incluída nos projetos das Zonas Econômicas Especiais da abertura econômica realizada por Deng Xiao Ping a partir de 1978.

Guangzhou é famosa também por sediar a maior feira de negócios do Mundo com mais de 1 milhão de metros quadrados de exposição. A Feira de Guangzhou, ou Feira de Cantão (Canton Fair) acontece duas vezes por ano, em abril e em outubro e é realizada em três etapas em cada vez, com uma semana em cada uma. As etapas expõem e vendem produtos diferentes, desde máquinas industriais, produtos eletrônicos, materiais de construção, produtos têxteis, roupas, bolsas e calçados, etc., fazendo um resumo de tudo que existe na economia chinesa hoje em dia.

Imagens urbanas de Cantão.

Imagens urbanas de Cantão.

Acho que foi por conta da fama da Feira de Guangzhou que a Operadora incluiu essa passagem por Cantão. Não encontrei outra justificativa, mas definitivamente não valeu a pena. Paramos para mais um almoço chinês em Guangzhou e mais uma vez a qualidade do almoço deixou muito a desejar.

Saímos do almoço e fomos até a Rua Beijing Road, uma rua para pedestres, com um comércio ativo e cheia de gente circulando para todos os lados. Aí existem centenas de lojas com produtos e marcas chinesas, mas existem também os produtos falsificados.

A rua de pedestres Beijing Road.

A rua de pedestres Beijing Road.

A venda escancarada de produtos falsificados está por todos os lados. A nossa guia nos informou, que hoje é proibido expor esses produtos nas lojas principais e que o governo estaria criando dificuldades para os produtos piratas. De fato foi um pouco disso que vimos. Nas lojas principais da rua, os produtos são chineses e usam marcas chinesas, mas existem centenas de pessoas trabalhando clandestinamente nas ruas, abordando os turistas e convidando para irem até uma loja escondida, nas galerias laterais, onde aparece o paraíso da “pirataria”.

Aqui eles chamam de “Mercado de Cópias”. Acho que é uma forma de abrandar a compra e venda de produtos piratas, tanto para justificar a postura de impunidade do governo, a postura de incentivo clandestino dos guias e também alivia a decisão dos turistas que são “politicamente corretos”, mas que não resistem a uma bolsa Louis Vuitton vendida por 100 dólares.

Guangzhou - O paraíso da pirataria.

Guangzhou – O paraíso da pirataria.

Não tivemos tempo para mais nada em Cantão, seguimos para o porto, onde, pegamos um Ferry Boat para Hong Kong, são duas horas navegando pelo Rio Zhu Jiang até chegar a Hong Kong.

Edifício moderno em forma de moeda no caminho do porto de Cantão.

Edifício moderno em forma de moeda no caminho do porto de Cantão.

Anúncios

Sobre joaquimnery

Joaquim Nery Filho é geógrafo, agente de viagens e empresário do showbusiness. Apaixonado por viagens e fotografia.
Esse post foi publicado em China e marcado , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

8 respostas para GUANGZHOU (CANTÃO) – O PARAÍSO DA “PIRATARIA”

  1. Carlinhos disse:

    Chineses a pirataria escancarada no mundo todo que vergonha.. a desonestidade é operante… será que é vergonhoso ser honesto?????????? é o que parece….

  2. Mhiguel horta disse:

    muito bacana

  3. Joao disse:

    No proximo ano estarei aplicando para uma empresa aerea com sede em Guangzhou, se der certo me mudarei com minha familia para Guangzhou

  4. Falk Rocha disse:

    Olá meu nome e Falk Rocha, sou brasileiro e moro em Guangzhou há cinco anos, trabalho fazendo pesquisas para clientes brasileiros interessado em fazer negocios com a China.
    Fazemos Inspeção em mercadorias, e acompanhamos clientes que vem para a Feira de Cantão.
    Realmente Guangzhou é muito bonita, eu particularmente gosto muito da comida, claro que depende muito do lugar e restaurante que vai.
    Essa Rua Beijing Lu é um dos lugares mais caros para se comprar roupas e outras coisas, nunca levo meus clientes para este lugar, rsrsrs.

    um abraço a todos,
    Se quiserem entrar em contato este é meu e-mail : falk.china@gmail.com

  5. Yuri disse:

    Estive na China por três vezes, passei uma vez por guangzhou, em trânsito pra yiwu, deu pra constar o potencial turístico daquela cidade.

  6. Quissanga Nunes disse:

    quero la estar ou melhor preciso e se Deus me ajudar estarei la ainda este ano

  7. Rodrigo faria goncalves disse:

    Eu particulamente achei muito interesante eu faco compras pela internet e meus pedido vem tudo deste lugar porgue no envelope vem informando o nome deste lugar guangzhou e nao sabia gue a china tem um lugar tao lindo e maravilhoso como este se eu estivese condicoes eu gueria visitar este lugar

  8. Paula disse:

    Parabéns pela página. Fotografias muito bonitas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s