Salar de Uyuni: O Maior Deserto de Sal do Mundo – por Maíra Nery

Depois da Isla del Sol, no lago Titicaca, chegou o momento mais esperado da viagem: a ida ao Salar de Uyuni. Com mais de 10.500 km², e estimados 10 bilhões de toneladas de sal, o salar é o maior deserto de sal do mundo.

Salar de Uyuni

Salar de Uyuni

Saindo de La Paz, é possível chegar à Uyuni de avião ou de ônibus. São cerca de 500km entre as duas cidades. A viagem de ônibus dura em torno de 9 horas, pois parte da estrada não é asfaltada. Optamos por ir de avião para ganharmos tempo. O vôo dura 50 minutos e sai de La Paz cedo pela manhã, o que permite iniciar o tour no mesmo dia. Voamos pela Amaszonas e a passagem de ida e volta custou R$ 680,00 (comprada com 1 mês de antecedência).

Salar de Uyuni

Salar de Uyuni

Chegamos  em Uyuni e fomos recebidas pelo nosso motorista Johnny. Johnny foi nosso motorista, nosso guia, nosso fotógrafo, nosso cozinheiro e nosso companheiro nos 3 dias de viagem. Não podíamos ter tido um companheiro de viagem mais simpático e atencioso!

Johnny - o motoriata, cozinheiro, fotógrafo

Johnny – o motoriata, cozinheiro, fotógrafo

Saímos de Uyuni  às 10:00 da manhã. A primeira parada foi o cemitério de trens. Nesse local, encontramos diversas locomotivas abandonadas e oxidadas pelo tempo. Eram locomotivas utilizadas no transporte de minério até a costa do pacífico, no início do século XX. Com a segunda guerra e o declínio do comércio, os trens foram abandonados no meio do deserto, criando um “cemitério”.

Cemitério de trens

Cemitério de trens

Depois do cemitério de trens é que entramos no Salar propriamente dito. Na entrada do salar, parte mais próxima à cidade, o chão não fica tão branquinho, por conta da poeira das estradas. É nessa segunda parada que visitamos o primeiro hotel de sal (hoje fechado) e o monumento com bandeiras de vários países fincadas em uma estrela de sal. Encontramos 2 bandeiras do Brasil!

Salar de Uyuni

Salar de Uyuni

Daí fomos em direção a Isla del Pescado e o que imaginávamos no início do tour se concretizou: o branco do sal ficou mais branco e o azul do céu mais azul! Combinando como nunca!  Lindo! A claridade é tamanha que é impossível ficar sem óculos escuros. Momento ideal para fotos.

Salar de Uyuni

Salar de Uyuni

Como disse antes, Johnny, além de motorista, foi nosso fotógrafo oficial. E nesse momento, ele entrou em ação tirando inúmeras fotos. A imensidão branca e o horizonte a perder de vista favorecem a ilusão de ausência de profundida e de perspectiva, deixando as fotos bem divertidas!

Salar de Uyuni

Salar de Uyuni

Depois da sessão de fotos, chegamos a Isla del Pescado, uma ilha no meio do deserto de sal com cactos gigantes que chegam a 10 metros de altura. É realmente impressionante! O nome da ilha vem do formato de peixe de seu reflexo no espelho d’água que se forma no período de chuvas (entre dezembro e março). Há um pequeno restaurante na ilha e é ali onde todos param para almoçar.

Isla del Pescado

Isla del Pescado

Próxima parada: museu dos aymaras. Os aymaras foram uns dos primeiros povos indígenas a dominarem a Bolívia, principalmente na região de Oruro e Cochabamba. Ficaram no poder até serem dominados pelos Incas em 1438. É um pequenino museu, improvisado em um casebre com diversos objetos aymaras encontrados em escavações na região. A paisagem ao redor é linda: está rodeado de montanhas e com muitas lhamas! Vale a pena a rápida visita!

Lhamas!

Lhamas!

O dia vai terminando, a temperatura vai diminuindo e chega a hora de irmos ao hotel. Mas o hotel, não é um hotel qualquer: ele é todo feito de sal. As paredes, as camas, as mesas, tudo, tudo de sal! Foram necessários 35.452 blocos de sal, 32 famílias e 18 meses para que o hotel ficasse pronto.

Hotel de Sal

Hotel de Sal

O atendimento é excepcional e os quartos muito aconchegantes. A calefação é toda por meio de energia solar. Depois de um banho quente mas rápido, para economizar a água, fomos jantar com o inseparável Johnny e brindar o dia perfeito de tivemos. A viagem estava apenas começando.

Hotel de Sal

Hotel de Sal

Anúncios

Sobre joaquimnery

Joaquim Nery Filho é geógrafo, agente de viagens e empresário do showbusiness. Apaixonado por viagens e fotografia.
Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

13 respostas para Salar de Uyuni: O Maior Deserto de Sal do Mundo – por Maíra Nery

  1. Suricato disse:

    Alcandorada a 3600 m de altura, não é a superfície nivelada mais alta do mundo, mas é a única menininha dos olhos dos astronautas, que na imensidão enrugada e cinzenta lá embaixo, vestiu-se de branco para flertar com os homens do espaço sideral, como que dizendo pra eles: olhem pra mim, mas vejam ao derredor a magnífica e fantástica montagem de engenharia cósmica que nos conduz embarcados neste tremendo e glorioso laboratório de vida chamado planeta terra…

  2. Carla disse:

    Boa noite!
    Gostaria de saber o contato da agência do Johnny tão bem recomendado.
    Obrigada!

  3. Camila disse:

    Olá! Será que vocês me contam alguma coisa sobre o voo de Uyuni para La Paz? Ouvi dizer que é tenso, o avião chacoalha muito, etc..
    Estou indo em novembro e estou na dúvida entre encarar as péssimas estradas longas e desconfortáveis ou o voo.
    Se puder me ajudar, seria ótimo!
    Abraços

  4. joaquimnery disse:

    Carlos,

    Essa viagem foi feita por Mayra Nery, que produziu os posts para o blog. Ela passou três dias na região do salar.

    Um abraço.

  5. grando disse:

    Bah, estou indo no dia 22 de outubro. Eu não entendi, você ficou só um dia?

  6. joaquimnery disse:

    Olá Tatiane,
    Favor entrar em contato com a Agência Via Alegria (71)3797-6140 ou contato@viaalegria.com.br

  7. Tatiane tu tem face m pois estou indo em janeiro tambem e gostaria de trocar algumas informações !! Se for possivel !

  8. Tatiane disse:

    Olá, vou para lá em janeiro e gostaria de saber qual a agência que contrataram e quanto custou o passeio.
    Obrigada

  9. Somos uma Agência de viagens especializada em América do Sul, com roteiros personalizados e sempre de acordo com o perfil do traveller. Mande um e-mail para info@vivaterraviagens.com.br para mais informações 🙂

  10. joaquimnery disse:

    Olá Karine,

    Essa viagem para a Bolívia foi planejada pela Via Alegria (71)3797-6130 ou contato@viaalegria.com.br

  11. Karyne disse:

    Joaquim, também queria saber ql a agência que levou vcs. Estou programando ir em outubro/2014. Outra coisa: foram de mochilão ou dar p ir de mala?

  12. joaquimnery disse:

    Olá Priscilla. Temos uma agência que tem pacotes para a Bolívia e outros destinos na América do Sul. Caso você precise de alguma ajuda faça contato através do e-mail tessnery@viaalegria.com.br ou pelo site http://www.viaalegria.com.br

  13. Priscilla disse:

    Oi Joaquim,
    Gostaria de saber qual agência levou vocês para o passeio. Já que falou que correu tudo bem.
    Beijos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s