BOIPEBA, MORERÉ E CAIRU, LUGARES ENCANTADOS DA BAHIA

A Ilha de Boipeba fica ao lado da de Tinharé, onde está o Morro de São Paulo. Uma está separada da outra por um canal de rio. Em Boipeba está a Praia de Moreré, uma das joias do litoral brasileiro.

Praia de Moreré.

Praia de Moreré.

Moreré é uma enseada de águas mornas e calmas, cercada de recifes que formam um incrível conjunto de piscinas naturais proporcionando um banho de mar excepcional e relaxante, onde se pode praticar “snorkel” e mergulho com garrafa.

As piscinas naturais de Moreré.

As piscinas naturais de Moreré.

Na praia algumas poucas barracas servem a melhor lagosta e o melhor camarão gigante da região. A lagosta é famosa e fresca. Nos dias mais concorridos, é bom chegar cedo pois o manjar pode acabar, afinal de contas todos os passeios para a Ilha de Boipeba passam em Moreré e desejam a famosa lagosta.

As poucas barracas da Praia de Moreré.

As poucas barracas da Praia de Moreré.

Praia de Moreré.

Praia de Moreré.

Saindo de Moreré chegamos de barco ao vilarejo de Boipeba, que fica perto da barra do Rio do Inferno (a saída do estuário do Rio Una, onde ficam as três ilhas – Tinharé, Boipeba e Cairu). Só se entra na barra com barcos de calado pequeno, pois os bancos de areia são muitos, e rasos.

Chegando a Boipeba.

Chegando a Boipeba.

A vila de Boipeba é bem pequena, um povoado de pescadores mas que tem algumas infraestrutura, com pousadas e restaurantes.

A vila de Boipeba.

A vila de Boipeba.

A partir de Boipeba entramos no Rio do Inferno e seguimos os canais traiçoeiros, cheios de bancos de areia rasos, até a Ilha de Cairu. No encontro das três ilhas (Tinharé, Boipeba e Cairu) existe um barco de cimento permanentemente ancorado que cria e serve ostras frescas e outros petiscos.

Entrando no Rio do Inferno.

Entrando no Rio do Inferno.

O Portal das Ostras.

O Portal das Ostras.

O lugar é realmente inusitado. Um serviço simpático, amável e cordial. Siris, caranguejos, peixes e ostras estão vivos a espera dos clientes, É só escolher que eles preparam na hora. Impossível não lembrar disso para o resto da vida.

Ostras recolhidas na hora.

Ostras recolhidas na hora.

Beijupirás vivos.

Beijupirás vivos.

Caranguejos vivos.

Caranguejos vivos.

Depois do banquete seguimos adiante pois o destino era Cairu, uma pequena cidade sede de um dos poucos municípios arquipélagos brasileiros. O município de Cairu possui 26 ilhas, cujas mais importantes são Tinharé, Boipeba e Cairu. Ficam no estuário de Rio Una, que se desdobra em vários braços, dentre eles o Rio do Inferno.

Chegando a Cairu.

Chegando a Cairu.

A sede do município tem uma importância histórica. Foi fundada em 1610, é um dos municípios mais antigos do Brasil e sempre foi considerada uma área bastante protegida, pela dificuldade de acesso por mar.

Casarão colonial em Cairu.

Casarão colonial em Cairu.

As principais heranças históricas são as duas igrejas da Cidade Alta: A Igreja do Rosário e o Convento de Cairu, com uma imponente fachada barroca, de onde se tem uma belíssima vista dos braços de mar que separam a Ilha de Tinharé da de Boipeba.

A belíssima fachada do Convento de Santo Antônio em Cairu.

A belíssima fachada do Convento de Santo Antônio em Cairu.

O Convento Franciscano de Santo Antônio possui também imagens de santos espetaculares e azulejos portugueses ainda muito bem preservados.

Imagem de São Joaquim no Convento de Santo Antônio.

Imagem de São Joaquim no Convento de Santo Antônio.

Detalhes da sacristia do Convento de Santo Antônio.

Detalhes da sacristia do Convento de Santo Antônio.

Saímos de Cairu e continuamos a dar a volta na Ilha de Tinharé até chegar à Gamboa do Morro, a baía abrigada, já na base do Morro de São Paulo, onde a maior parte dos barcos ficam ancorados.

Gamboa do Morro.

Gamboa do Morro.

Anúncios

Sobre joaquimnery

Joaquim Nery Filho é geógrafo, agente de viagens e empresário do showbusiness. Apaixonado por viagens e fotografia.
Esse post foi publicado em Bahia, Brasil e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

19 respostas para BOIPEBA, MORERÉ E CAIRU, LUGARES ENCANTADOS DA BAHIA

  1. joaquimnery disse:

    OLÁ HOSANA,

    De Cairú para Boipeba você vai precisar pegar uma lancha. Acho que site pode te ajudar.
    http://www.boipebatur.com.br/ilha-de-boipeba/como-chegar/como-chegar-de-outras-localidades

    Um abraço,

    Joaquim Nery

  2. HOSANA disse:

    Gostaria de saber por gentileza, se alguém pode me informar como chegar de Cairu até Boipeba.

  3. Eduardo filho de cairu disse:

    Tô pra ver um lugar tão bonito assim ,,meu sonho mesmo morando longe daí é viver junto desde povo ,nunca vou esquecer essa terra, saudade muita desse povo humilde e muito hospitaleiro

  4. edsoncairu@hotmailn.com disse:

    Infelismente cairu em geral muito bonito mais os adismitradores não merecer adiministra.

  5. Florisval disse:

    Quinho:
    A restauração da igreja e do convento foi feita pelo (também)jaguaquarense, José Dirson Argolo!

  6. ADAUTO GOMES PINTO disse:

    NÃO AS CONHEÇO, MAS, SO TIVE INFORMAÇÕES DE QUE SE TRATA DE BELOS LUGARES PARA DESCANÇO E APROVEITAR AS PRAIAS E PISDCINAS NATURAIS, VALE A PENA CONHECE-LAS LUGARES LINDOS

  7. Anônimo disse:

    Agamenon Mariano,conheço a região é sensacional.bela materia,parabéns.

  8. Ozi ximenes disse:

    Um paraíso !! Amo muitooo!!

  9. Rita Pinheiro dos Santos disse:

    Lugar perfeito para descanso..

  10. Raimundo Vidal disse:

    Conheço essas desde os meus 8 anos de idade, onde, até recentemente frequentei. O casarão em destaque acima, que tem a data de 1790 na portada, pertencia à família de Diogo Magalhães Brandão, meu sogro. As festas de São Benedito em janeiro, Semana Santa e de N. S. do Rosário em outubro, era presença “sagrada”. Cairu … Um canto especial da nossa Bahia !!!

  11. Alan Conceição disse:

    Prezados, para quem quer chegar na ilha de Boipeba de carro segue o melhor caminho:
    Saíndo de Salvador via ferry boat.
    Siga pela BA-001 até Nilo Peçanha.
    Logo após sair de Nilo Peçanha sentido Itacaré, tem uma entrada á esquerda que vai para Caíru.
    Antes de chegar em Caíru, siga para o povoado de Torrinhas aonde você deixará o carro no estacionamento (R$10,00/diária).
    Pegue a lancha para Boipeba (R$20,00/por pessoa) a viagem dura em média 20 minutos.
    Obrigado e boa diversão…

  12. joaquimnery disse:

    Caro Geraldo,
    A maneira mais fácil de se chegar à região, é através do Morro de São Paulo. Até lá você pode pegar um catamarã em Salvador. Do Morro de São Paulo existem lanchas e outros barcos que fazem os passeios para Boipeba, Moreré e Cairu.

  13. Andre Lemos dos Santos disse:

    Esse paraíso é perfeito é tudo de bom, vale apena conhecer essas ilhas, sou amante da natureza e lá você encontra um pouco de tudo as belezas naturais, sol ,praias e muita água de côco. Esse é um paraíso de felicidades sem limites.

  14. Informe meu nobre jornalista quanto custou e quals os acessos para chegar a esse lugar.Parabéns pela matéria.

  15. Juliana disse:

    Amo esse lugar muito lindo, nessa região do baixo sul tem lugares fantasticos, vale a pena conferir .

  16. Luis disse:

    Parabéns pelas matérias! Continue mostrando às nossas costas” baianas…Luís

  17. joaquimnery disse:

    Pergunta difícil Laryssa, mas na Chapada existem muitos. Talvez o Pantanal de Marimbus seja um dos mais exclusivos.

  18. laryssa caetano disse:

    Joaquim, qual foi o lugar mais exclusivo que conheceu na Bahia?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s