O GRAND CANYON DO RIO YELLOWSTONE

8 de maio de 2014

Seguimos adiante para a região do Grande Canyon do Yellowstone, que seria o nosso principal destino do dia. No caminho passamos pelo belíssimo vale do Rio Gibbon, um dos rios que corta o Parque.

O Vale do Rio Gibbon

O Vale do Rio Gibbon

O caminho estava bastante nevado, como o dia estava bonito, o contraste do céu azul com a neve na beira da estrada criava um ambiente especial. Paramos no centro de visitantes e serviços do Grand Canyon do Yellowstone para almoçar.

Muita neve no centro de serviços do Grand Canyon do Yellowstone.

Muita neve no centro de serviços do Grand Canyon do Yellowstone.

O Rio Yellowstone desce das Montanhas Rochosas e passa por dentro do Parque Nacional formando um grande e profundo canyon que possibilita imagens espetaculares. Corre por mais de 1.000 quilômetros até chegar ao seu destino final no Rio Missouri de quem é afluente.

O Grand Canyon do Rio Yellowstone.

O Grand Canyon do Rio Yellowstone.

Visitamos primeiro os mirantes da Margem Norte (North Rim) do canyon que apresenta paredões gigantescos delimitando o vale do rio. Nesses mirantes temos uma vista espetacular do canyon e da Cachoeira Upper Falls.

A Upper Falls vista da Margem Norte do rio.

A Upper Falls vista da Margem Norte do rio.

Depois seguimos para a Margem Sul (South Rim), onde ficam os principais mirantes. No primeiro deles, pudemos ver a Upper Falls de um outro ângulo.

A Upper Falls vista da Margem Sul do rio.

A Upper Falls vista da Margem Sul do rio.

No segundo mirante aparece um dos mais belos espetáculos do Parque Nacional Yellowstone, a Lower Falls no meio do Canyon. Essa imagem serviu de inspiração para vários artistas americanos. O mirante de onde se tem essa vista é chamado de “Artist Point”.

A Lower Falls vista a partir do "Artist Point".

A Lower Falls vista a partir do “Artist Point”.

Saímos do Grand Canyon do Yellowstone e seguimos viagem em direção à parte norte do Parque, onde ficaríamos por uma noite. No caminho começamos a ter problemas com o carro que tínhamos alugado com a Hertz. De repente, sem nenhum motivo aparente, um barulho metálico começou a aparecer na roda dianteira direita do Cherokee. Ficamos apreensivos pois não sabíamos ao certo o que era, apesar de suspeitarmos de algum problema com o freio a disco.

O carro no qual viajávamos começou a apresentar problemas.

O carro no qual viajávamos começou a apresentar problemas.

Dirigimos muito lentamente, mas não deu para relaxar e portanto perdemos um pouco da magia da estrada. 40 milhas depois chegamos ao Mamoth Hot Springs Hotel, onde iríamos pernoitar. O Mamoth Hot Springs é um hotel semelhante ao da noite anterior e também administrado pela Xanterra.

O Mamoth Hot Springs Hotel.

O Mamoth Hot Springs Hotel.

A recepcionista do Hotel Mamoth (Cole), fez um grande esforço para resolver o nosso problema. Tentou contato com a Hertz, teve muita dificuldade, pois já passava das 18h e ela falava com um Call Center que não conseguia resolver a situação.

A região das "Hot Springs".

A região das “Hot Springs”.

Estávamos no meio do “nada”, distante de qualquer cidade, sem mecânico que pudesse olhar o carro e sem contato com a Hertz. Não acreditávamos mais numa solução viável e já imaginávamos como seria ter que continuar a viagem com o carro apresentando esses problemas por mais dois dias.

Às 21h o telefone tocou no apartamento e tivemos uma surpresa imensa, quando um funcionário da Hertz apareceu, não sabemos de onde, com um novo carro para nos dar em substituição ao que estava com defeito. Ficamos aliviados e prontos para as aventuras do dia seguinte.

Muita neve e frio no Yellowstone.

Muita neve e frio no Yellowstone.

Anúncios

Sobre joaquimnery

Joaquim Nery Filho é geógrafo, agente de viagens e empresário do showbusiness. Apaixonado por viagens e fotografia.
Esse post foi publicado em Estados Unidos da América e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para O GRAND CANYON DO RIO YELLOWSTONE

  1. Anônimo disse:

    Tenho seguido sua aventura, gostado de seus relatos e dos lugares por onde tem passado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s