GO HABS GO – ASSISTIMOS À SEMIFINAL DE HÓQUEI SOBRE PATINS EM MONTREAL

19 de maio de 2014

Seguimos “batendo pernas” pelas ruas de Montreal, quando começamos a perceber um grande número de pessoas circulando pela cidade com a camisa do Canadien Montreal, o principal time de Hóquei Sobre Patins da cidade e uma das paixões nacionais. No final da tarde o número de torcedores do Canadien só aumentava. Procuramos informações com a vendedora de uma loja e descobrimos que haveria um jogo muito importante naquela noite. Decidimos tentar ir.

Os torcedores do Canadiens Montreal circulavam pela cidade.

Os torcedores do Canadiens Montreal circulavam pela cidade.

A sorte estava do nosso lado, não foi muito difícil. Usamos o Google e descobrimos que o jogo iria acontecer no Ginásio Centre Bell, que ficava a quatro quadras do local onde estávamos. Decidimos tentar comprar ingressos e fomos até lá. Conseguimos ingressos normais ainda na bilheteria. Só foi o tempo de ir até o hotel deixar os pacotes que tínhamos em mão e voltarmos para o ginásio. À medida que nos aproximávamos a festa ia aumentando. Os torcedores estavam em êxtase e cantavam sem parar o tradicional grito de guerra dos Canadiens – “GO HABS GO”.

Os torcedores do Canadiens na entrada do Centre Bell.

Os torcedores do Canadiens na entrada do Centre Bell.

O jogo foi contra os Rangers de Nova York, um tradicional rival. Era uma semifinal do principal torneio de Hóquei das Américas. O ginásio é maravilhoso e indescritível. A festa é cheia de efeitos especiais de som, de imagem e de luz. Esses efeitos especiais animavam a torcida que cantava sem parar (Go Habs Go).

Efeitos de luz, som e projeção animam o jogo.

Efeitos de luz, som e projeção animam o jogo.

Imagens projetadas no piso de gelo do ginásio, assim como no cubo de LED pendurado no teto, completavam o espetáculo.

A bandeira americana projetada no piso de gelo na hora do hino nacional.

A bandeira americana projetada no piso de gelo na hora do hino nacional.

O jogo foi um espetáculo, bastante movimentado e viril, chegando a ser violento em vários momentos. A torcida dos Canadiens estimulava o time, mas a noite não era deles. Apesar de todo o esforço da equipe, os Rangers de Nova York ganharam de 3 X 1, mas mesmo assim nos divertimos bastante, até porque os dois times eram tricolores e não pudemos deixar de lembrar do Bahia.

Os americanos levaram a melhor.

Os americanos levaram a melhor.

Voltamos para o hotel e fomos dormir para continuar a viagem no dia seguinte

Anúncios

Sobre joaquimnery

Joaquim Nery Filho é geógrafo, agente de viagens e empresário do showbusiness. Apaixonado por viagens e fotografia.
Esse post foi publicado em Canadá e marcado , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s