OTTAWA, A COSMOPOLITA CAPITAL DO CANADÁ

20 de maio de 2014

Pela manhã seguimos viagem para Ottawa, foram 2,5 horas numa estrada magnífica. Ottawa adquiriu o status de capital do Canadá para agradar a descendentes de franceses e de ingleses, a rivalidade entre os dois grupos tiraram da disputa as duas cidades maiores: Montreal excessivamente francesa e Toronto inglesa. O fato de Ottawa ficar próximo à divisa das províncias de Quebec (de maioria francesa) e de Ontário (de maioria inglesa), também contribuiu para essa escolha. Por isso Ottawa se destaca na sua importância política e na convivência entre franceses e ingleses canadenses.

A cidade de Ottawa.

A cidade de Ottawa.

A cidade fundada em 1826, fica ao longo das margens dos rios Ottawa e Rideau. Possui imensas áreas verdes que são utilizadas intensamente pela população local. Ciclovias e trilhas para caminhadas estão presentes sempre.

Grandes áreas verdes nas margens do Rio Rideau.

Grandes áreas verdes nas margens do Rio Rideau.

Ficamos hospedados no Hotel Fairmont Chateau Laurier, um excelente hotel construído no início do século XX (1912), pela companhia ferroviária canadense, que na mesma época ergueu outros hotéis em pontos estratégicos do país, como Quebec, Banff e Lake Louise, com o objetivo de estimular o turismo e as viagens de trem de costa a costa (Atlântico ao Pacífico). O hotel é um dos símbolos de Ottawa, pela arquitetura e imponência do prédio.

O Hotel Fairmont Chateau Laurier

O Hotel Fairmont Chateau Laurier

Saímos à tarde para circular pelas ruas de Ottawa e buscar as primeiras impressões. A cidade é pequena, possui aproximadamente 900 mil habitantes, mas por ser a sede do governo, acaba sendo uma cidade viva e de muito movimento.

A sede do parlamento canadense em Ottawa.

A sede do parlamento canadense em Ottawa.

Iniciando a visita por Ottawa passamos pelo By Ward Marketing, uma área agitada com uma grande variedade de lojas de objetos, artesanatos, bares, restaurantes, bistrôs e boutiques de uma maneira geral, além de uma feira de flores e alimentos.

A feira de flores em By Ward Marketing.

A feira de flores em By Ward Marketing.

Andando pelas ruas de Ottawa, chegamos à porta da Catedral de Notre Dame, a mais importante igreja católica da cidade. As torres gêmeas prateadas chamam a atenção na Catedral construída em estilo neogótico entre 1841 e 1865.

A Catedral de Notre Dame de Ottawa.

A Catedral de Notre Dame de Ottawa.

Em frente à Catedral fica o National Gallery of Canada, o principal museu da cidade e onde acontecem as maiores exposições. O Museu fica bem no centro da capital e o edifício é todo em vidro e granito rosa, projetado pelo arquiteto Moshe Safdie. A obra é espetacular, uma obra de arte.

A National Gallery of Canada

A National Gallery of Canada

A National Gallery of Canada é um dos três principais museus do país e a principal galeria de arte. Um dos destaques é a “aranha” gigante que fica em frente à National Gallery, escultura da artista plástica Louise Bourgeois.

A "Aranha" gigante em frente à galeria.

A “Aranha” gigante em frente à galeria.

À noite jantamos no bom restaurante do hotel Fairmont Chateau Laurier.

Anúncios

Sobre joaquimnery

Joaquim Nery Filho é geógrafo, agente de viagens e empresário do showbusiness. Apaixonado por viagens e fotografia.
Esse post foi publicado em Canadá e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s