FOMOS ROUBADOS EM HAIA, NA HOLANDA

01/01/1992

Não é simples andar em Amsterdam em função das ruas estreitas, da grande quantidade de canais e das bicicletas que estão por todos os lugares. Tomamos café da manhã no MacDonald’s e seguimos para o cais de turismo, ao lado do Hotel L’europe onde pegamos um barco no canal para fazer o passeio pelos canais de Amsterdam.

Passeio de barco em Amsterdam.

Passeio de barco em Amsterdam.

O passeio é imperdível e nos dá uma ideia ampla da cidade, mostrando com detalhes os canais, as pontes, as casas com fachadas em forma de sino, de pescoço e de escada.

As fachadas das casas são um espetáculo à parte

As fachadas das casas são um espetáculo à parte

Seguimos até o porto, onde chama a atenção a grande quantidade de barcos parados que são transformados em residência. Viver nesses barcos, livra o cidadão de impostos prediais. Hoje isso é um problema para Amsterdam, pois a quantidade de barcos/residência é muito grande. As casas flutuantes estão ligadas á rede de água, eletricidade, gás e esgoto. Algumas possuem jardins, decks, etc.

Os barcos-casas

Os barcos-casas

Saímos do passeio de barco e fomos até o Museu Van Gogh que estava fechado, pois era o feriado do Ano Novo. Retornamos ao Distrito da Luz Vermelha e deixamos Amsterdam com destino a Haia, cujo nome para os holandeses é Den Haag. Paramos para fotos em frente a um moinho na zona rural da Holanda.

Os Girassóis de Van Gogh

Os Girassóis de Van Gogh

Chegamos a Haia às 17h e fomos visitar o Mini Mundo de Madurodam. Uma visita inesquecível a uma incrível cidade em miniatura, onde aparecem castelos, igrejas, canais, um aeroporto, ferrovias, rodovias, porto, estádio de futebol e tudo mais que existe em uma cidade típica da Holanda, englobando desde as paisagens rurais até áreas modernas, com iluminação, som e movimento.

Madurodam - o Mini Mundo de Haia.

Madurodam – o Mini Mundo de Haia.

Saímos do Mini Mundo e fomos almoçar no Hotel Pullman. Estacionamos o carro em frente ao hotel e na volta encontramos o vidro quebrado e o toca-fitas havia sido roubado.

Mini Mundo

Mini Mundo

Estava muito frio. Como não havia concessionária Mercedes em Haia, colocamos um plástico no local do vidro e seguimos viagem, sob frio intenso, em direção a Rotterdam, onde chegamos às 21h e fomos nos hospedar no Hotel Pax, para tentar resolver o problema do carro no dia seguinte.

Anúncios

Sobre joaquimnery

Joaquim Nery Filho é geógrafo, agente de viagens e empresário do showbusiness. Apaixonado por viagens e fotografia.
Esse post foi publicado em Holanda e marcado , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s