ALBEROBELLO, A CIDADE DAS CASAS TRULLI

12/10/2014

Deixamos a cidade de Lecce pela manhã e o nosso destino no final do dia seria Bari, mas a grande expectativa estava no caminho, a pequena e mágica cidade de Alberobello, cujo destaque maior é o conjunto de casas denominadas de Trulli.

As casas Trulli de Alberobello.

As casas Trulli de Alberobello.

A palavra Alberobello deriva de “Sylva Arboris Belli”, que significa “Selva das Árvores de Guerra”. A cidade fica ainda na região da Puglia, no alto de uma colina com muitos bosques e áreas agrícolas ao redor, onde as oliveiras e castanheiras são o seu principal produto.

A igreja matriz de Alberobello.

A igreja matriz de Alberobello.

Chegamos a Alberobello num domingo pela manhã, a cidade possui aproximadamente 11 mil habitantes, havia feira nas ruas, onde eram vendidos produtos da agricultura regional. O que primeiro nos chamou a atenção foram as diversas modalidades de azeitonas, de tamanhos, cores e sabores diferentes umas das outras.

As azeitonas da Puglia.

As azeitonas da Puglia.

A palavra Trulli vem do grego Tholos, que significa cúpula. São casas brancas, cilíndricas, construídas por pedras superpostas e que têm um teto formado por uma cúpula, também de pedra, onde muitas vezes são pintados símbolos cristãos e pagãos.

As casas Trulli de Alberobello.

As casas Trulli de Alberobello.

As Trulli Existem apenas nessa região ao norte da Puglia, mas em nenhum outro lugar, a concentração é tão grande quanto em Alberobello.

É muito grande a quantidade de casas Trulli.

É muito grande a quantidade de casas Trulli.

Descemos as ladeiras da parte mais nova da cidade e lá de cima já avistamos, do outro lado de um vale urbano, as casas Trulli. Um bairro inteiro de casas Trulli, mais parecem um presépio. Hoje a maioria delas foi transformada em lojas de artesanatos, bares e restaurantes.

Um bairro inteiro de casas Trulli.

Um bairro inteiro de casas Trulli.

Os moradores e proprietários das lojas, convidam os turistas a entrar nas suas casas/lojas, enfeitadas por belíssimos artesanatos locais, muitas delas possuem terraços, de onde podemos pegar excelentes fotos das cúpulas dos Trulli.

Do alto dos terraços de algumas casas temos vistas excelentes.

Do alto dos terraços de algumas casas temos vistas excelentes.

O bairro Trulli é formado por dois quarteirões: Monti e Aia Piccola, onde aparecem mais de mil casas Trulli, coladas umas nas outras. Estava lotado de turistas. Os navios de cruzeiro atracam em Bari, a 50 quilômetros daí e fazem excursões opcionais para Alberobello. Os turistas invadem as nossas fotos. É inevitável, temos que relaxar e conviver com isso ou então esperar a onda passar.

Temos que colocar os turistas nas fotos. Não tem jeito.

Temos que colocar os turistas nas fotos. Não tem jeito.

Diz a lenda que a origem das casa Trulli está associada a uma ideia do Conde Giangirolamo II, que na segunda metade do século XVII sugeriu aos moradores que construíssem casas fáceis de serem desmontadas rapidamente, para escapar da cobrança de impostos pela construção de novas casas. Uma espécie de ITPU da época. Quando vinham os coletores de impostos, as casas desapareciam.

As casas são feitas de pedras superpostas.

As casas são feitas de pedras superpostas.

Passeamos bastante pelo bairro Trulli, que hoje é um Patrimônio Histórico e Cultural da UNESCO. Paramos para almoçar uma excelente massa por aí, num restaurante instalado num complexos de casas Trulli. Tudo muito cheio de charme.

Inscrições pagãs e cristãs no teto das casas.

Inscrições pagãs e cristãs no teto das casas.

Anúncios

Sobre joaquimnery

Joaquim Nery Filho é geógrafo, agente de viagens e empresário do showbusiness. Apaixonado por viagens e fotografia.
Esse post foi publicado em Itália e marcado , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

3 respostas para ALBEROBELLO, A CIDADE DAS CASAS TRULLI

  1. Antides Santo disse:

    O habitual. Alberobello significa, muito simplesmente, ÁRVORE (albero) BONITA (bello).. Para quê complicar? Basta ir ao dicionário de italiano!
    Ontem, a NHK(Japão) transmitiu um programa, na série SOMEWHERE STREET (uma rua algures), com bonitas imagens desta terra e até do conjunto folclórico local a dançar, no estilo dos “ranchos” portugueses. Admirados? Afinal, não vieram da Puglia (Apúlia) muitos colonos para Portugal?
    Antides Santo, Leiria.

  2. Luiza disse:

    Estava lendo um livro de uma escritora argentina e ela menciona o esmo tipo de arquitetura, mais rudimentar, na Argentina. Beatriz Sarlo, a autora, tb se surpreendeu com estes trullies na America do Sul.

  3. Marilda Hoffmann disse:

    Bem interessante, construção pitoresca, desconhecia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s