A VILLA ADRIANA EM TIVOLI, UM MONUMENTO AO AMOR

15/10/2014

Saímos de Sorrento às 9h da manhã com destino a Tivoli, cidade localizada nos arredores de Roma, na Região do Lácio. Pegamos mais uma vez as estradas encantadoras da Costa Amalfitana e depois a excelente autoestrada que leva direto para Roma. Tivoli fica há aproximadamente 30 quilômetros da capital italiana.

A cidade de Tivoli no alto da colina.

A cidade de Tivoli no alto da colina.

A cidade que fica nas colinas nos arredores de Roma é uma excelente opção de passeio para quem já está hospedado na capital italiana. Existem excursões de dia inteiro que cumprem esse roteiro. É famosa pelas atrações históricas que possui. Foi aí nos arredores de Tivoli que o Imperador Adriano construiu a sua magnífica Villa Adriana e que hoje pode ser visitada. Apesar de estar em ruínas, muito da Vila permanece preservado e nos faz entender um pouco da vida dos romanos há 2000 anos atrás.

Espelho d'água na Villa Adriana.

Espelho d’água na Villa Adriana.

Ficamos hospedados no Victoria Terme Hotel, localizado em Tivoli Termi, uma vila próxima de Tivoli. É um hotel histórico que foi construído para servir de apoio à visitação da Villa Adriana e de outras atrações que existem em Tivoli, assim como proporcionar aos hóspedes, os prazeres das águas termais da região.

Detalhes de uma rua na Villa Adriana.

Detalhes de uma rua na Villa Adriana.

Na cidade de Tivoli e nas vilas que existem nos entornos, temos algumas outras atrações, como a Villa d’Este construída pelo Cardeal Ippolito D’Este II, governador de Tivoli no início do século XVI,e a Villa Gregoriana, além de templos romanos ainda bem preservados.

A Villa D'Este

A Villa D’Este

Tivoli fica no alto de uma colina, de onde se tem uma ampla vista para a planície romana. O clima agradável sempre atraiu os romanos, desde a Antiguidade. Imperadores e Papas construíram por aí belas mansões para as férias de verão, fugindo do calor excessivo de Roma e atraídos pelas águas sulfurosas e belas paisagens rurais.

Do alto da colina de Tivoli, a vista da planície nos leva a Roma.

Do alto da colina de Tivoli, a vista da planície nos leva a Roma.

A Villa Adriana foi construída pelo Imperador Adriano entre 117 e 138 d.C.. Adriano que também construiu o Panteão de Roma, deixou na Villa a sua marca na arquitetura, nas artes e a paixão pela cultura grega. É uma das maiores e mais belas “Villas” construídas no Império Romano.

A encantadora Villa Adriana.

A encantadora Villa Adriana.

Adriano viajou bastante pelo território do Império Romano da época e trouxe para a sua Villa, uma série de ideias e homenagens a monumentos vistos em outros lugares, como a Grécia e o Egito.

Detalhes arquitetônicos da Villa Adriana.

Detalhes arquitetônicos da Villa Adriana.

No atual sítio da Villa Adriana existem ruínas de vários prédios magníficos da época, como a Pequena Terma e a Grande Terma, o teatro, ginásio, biblioteca, arenas de gladiadores e um luxuoso palácio imperial.

A Grande Terma da Villa Adriana.

A Grande Terma da Villa Adriana.

Os destaques maiores ficam para as termas, piscinas e fontes, onde Adriano se esmerou. Adriano é considerado pela história como um Imperador culto, que gostava de ler e escrever poesias. Usava os jardins da Villa como fonte de inspiração.

Os belos jardins da Villa Adriana inspiravam o Imperador arquiteto.

Os belos jardins da Villa Adriana inspiravam o Imperador arquiteto.

Um dos principais sítios da Villa Adriana é o Canopo, um espelho d’água com 120m de comprimento e 18m de largura, emoldurado por cariátides e colunatas, que foram inspiradas em monumentos egípcios. Adriano dedicava o Canopo a Antínoo, um guerreiro romano que era o favorito do Imperador e que morreu afogado no Rio Nilo.

O Canopo.

O Canopo.

A estátua de Antínoo aparece ao lado do Canopo, juntamente com outras de divindades egípcias como Ísis e Serápis, confirmando a admiração de Adriano pelo seu guerreiro favorito. Canopo é um monumento ao amor.

A estátua de Antínoo junto com divindades egípcias.

A estátua de Antínoo junto com divindades egípcias.

Após a morte de Adriano a Villa começou a cair em decadência, foi abandonada e caiu no esquecimento. Em 1999 recebeu o título de Patrimônio Mundial da UNESCO.

O Grande Palácio da Villa Adriana.

O Grande Palácio da Villa Adriana.

À noite fomos a Tivoli em busca de um bom restaurante. Por sorte escolhemos o maravilhoso Restaurante Sibilla, localizado nos jardins do Templo de Sibilla, um dos mais bem preservados de Tivoli.

Jantamos no Templo de Sibilla.

Jantamos no Templo de Sibilla.

Anúncios

Sobre joaquimnery

Joaquim Nery Filho é geógrafo, agente de viagens e empresário do showbusiness. Apaixonado por viagens e fotografia.
Esse post foi publicado em Itália e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para A VILLA ADRIANA EM TIVOLI, UM MONUMENTO AO AMOR

  1. Eduardo Nery disse:

    Tivoli é encantadora. Belas lembranças. A Villa D’Este é visita obrigatória para quem admira o belo. Quando voltar a Roma visitarei a Villa D’Este e jantarei no Sibila.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s