A ZONA FRANCA E O PORTO DE MANAUS

24 de abril de 2015.

Na chegada a Manaus, a visão do porto impressiona. No porto principal, vários navios cargueiros de tamanhos diferentes aguardam a vez para embarque de mercadorias produzidas pela Zona Franca de Manaus.

O importante Porto de Manaus

O importante Porto de Manaus

A Zona Franca de Manaus foi implantada nos arredores de Manaus. Foi idealizada na década de 50, mas somente implantada em 1967. Na época o Brasil vivia uma situação de forte protecionismo comercial, quando era proibido a importação de inúmeros produtos industrializados. O projeto implantou na Amazônia, um polo industrial com fortes incentivos fiscais e isenção de impostos para empresas que quisessem se instalar na Amazônia.

Navios cargueiros aguardam a vez para atracar no porto.

Navios cargueiros aguardam a vez para atracar no porto.

Surgiu um grande centro de industrias de “maquiagem”, que montam produtos a partir de peças importadas e uma zona de livre comércio para esses produtos. Até o final da década de 80, muitos brasileiros viajavam para Manaus para comprar produtos industrializados de alta tecnologia, pois os preços por lá eram muito menores do que em qualquer outro lugar do país, em função das isenções fiscais. Chegava a existir cotas de importação para os brasileiros que visitavam Manaus.

Atualmente a Zona Franca de Manaus possui cerca de 720 indústrias de alta tecnologia, concentradas nos setores de televisão, informática, motocicletas, telefonia celular, áudio e vídeo, etc.

As balsas funcionam como posto de combustível.

As balsas funcionam como posto de combustível.

No caminho para o porto, também chama a atenção as balsas que funcionam como postos de combustível, mostrando a importância do transporte fluvial para a região. Algumas balsas são utilizadas para transporte de óleo diesel com o objetivo de abastecer as termoelétricas das cidades do interior e de outras capitais da Amazônia. A maior parte da energia produzida na região se dá através das termoelétricas, criando uma forte dependência da energia pelas fontes térmicas, e portanto, pelo óleo diesel.

Pier de atracação em Manaus.

Pier de atracação em Manaus.

A Zona Franca de Manaus serviu para justificar a construção da hidrelétrica de Balbina, que passou para a história como uma grande catástrofe ambiental, é criticada por gerar pouca energia para o investimento que foi feito e para o custo ambiental. A hidrelétrica foi construída num rio de pouca declividade, resultando num lago gigantesco e desproporcional à quantidade de energia produzida.

Passamos pelo porto secundário, onde centenas de barcos de transporte de carga e de passageiros ficam ancorados e circulam por ali, num movimento frenético de pessoas e produtos.

Barcos atracados no porto secundário de Manaus.

Barcos atracados no porto secundário de Manaus.

Os barcos sobem e descem os rios. As pessoas se amontoam nas embarcações, dormem em redes penduradas no convés das embarcações. Alguns possuem camarotes, que facilitam as viagens mais longas. De Manaus até Belém, alguns barcos levam 5 dias descendo o rio e até 7 dias em sentido contrário.

Barcos de transporte no Rio Amazonas.

Barcos de transporte no Rio Amazonas.

Voltamos para o porto onde estava ancorado o Grand Amazon e seguimos para o aeroporto. O Cruzeiro pelo Rio Negro estava chegando ao fim.

O Iberostar Grand Amazon.

O Iberostar Grand Amazon.

Anúncios

Sobre joaquimnery

Joaquim Nery Filho é geógrafo, agente de viagens e empresário do showbusiness. Apaixonado por viagens e fotografia.
Esse post foi publicado em Amazonas, Brasil e marcado , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s