A GRANDE TRAVESSIA DOS GNUS NO RIO MARA, NO QUÊNIA

09 de agosto de 2015

Já estávamos na segunda metade da manhã e a chance de assistir ao espetáculo da Grande Travessia dos gnus no Rio Mara estava se esgotando. Existiam muitos carros de safari observando um leopardo do outro lado do rio, quando de repente vimos um grande grupo de gnus correndo em direção à margem do rio.

Vai gente do mundo inteiro na tentativa de flagrar a travessia dos gnus no Rio Mara.

Vai gente do mundo inteiro na tentativa de flagrar a travessia dos gnus no Rio Mara.

Estavam na margem oposta. Começavam a se organizar para iniciar a travessia. Preparavam a melhor estratégia para que um maior número de animais conseguisse chegar ao outro lado, buscando o melhor lugar e o melhor momento.

Os gnus estavam se agrupando do outro lado do rio.

Os gnus estavam se agrupando do outro lado do rio.

Esse fenômeno é consequência da Grande Migração. Um episódio cíclico que acontece entre o Quênia e a Tanzânia, nessa área do planalto africano. A Linha do Equador, quase que coincide com a fronteira entre os dois países. Como Quênia e Tanzânia estão em hemisférios opostos, quando chove no Quênia é a estação seca da Tanzânia e vice-versa. Os animais migram em busca das pastagens verdes dos períodos chuvosos, por isso estão o ano inteiro passando do Quênia para a Tanzânia e da Tanzânia para o Quênia.

Começou a travessia.

Começou a travessia.

Em agosto acontece a estação chuvosa no Quênia e seca na Tanzânia. Nessa época do ano, cerca de dois milhões de animais, entre gnus, zebras e topis migram da Tanzânia para o Quênia,

Os animais se arriscam no leito do rio infestado de crocodilos-do-nilo.

Os animais se arriscam no leito do rio infestado de crocodilos-do-nilo.

No meio do caminho aparece o Rio Mara. Profundo e infestado de crocodilos, que ficam ali à espera dos gnus, zebras e outros antílopes que arriscam a travessia. Os gnus sabem disso e portanto relutam muito até o avanço final. Aproximam-se cautelosamente do rio, mas a decisão de atravessar é inevitável.

Alguns animais morrem na tentativa de atravessar o rio.

Alguns animais morrem na tentativa de atravessar o rio.

Na travessia, muitos morrem afogados ou caçados pelos crocodilos. Alguns dos que conseguem atravessar são caçados pelos predadores que ficam circulando nos entornos do rio.

Os predadores ficam à espera, do outro lado do rio.

Os predadores ficam à espera, do outro lado do rio.

Depois da caça chegam os abutres, chacais, e maribus, que fazem o trabalho de limpeza da savana sem deixar cheiros ou vestígios.

Os abutres concluem o serviço da batalha épica.

Os abutres concluem o serviço da batalha épica.

Na subida das barrancas do rio, alguns se ferem, quebram pernas e se tornam presas fáceis. Os que conseguem passar ilesos, terão o prazer de comemorar a vitória ao conquistar as excelentes pastagens da Reserva Masai Mara.

Muitos animais sofrem acidentes na travessia louca.

Muitos animais sofrem acidentes na travessia louca.

Deixamos as margens do Rio Mara com uma sensação plena de conquista, pois conseguimos o nosso objetivo. Foi um ano de planejamento da viagem. Sabíamos que a travessia aconteceria em agosto, mas presenciá-la é um momento raro e emocionante.

A grande travessia do Rio Mara.

A grande travessia do Rio Mara.

No caminho de volta para o Ashinil Mara Camp, ainda fomos contemplados pelo show de alguns bebês girafas. O excelente guia de safari que nos acompanhou nessa aventura foi o queniano Kombo.

Um lindo bebê girafa, ainda com umbigo.

Um lindo bebê girafa, ainda com umbigo.

Anúncios

Sobre joaquimnery

Joaquim Nery Filho é geógrafo, agente de viagens e empresário do showbusiness. Apaixonado por viagens e fotografia.
Esse post foi publicado em Quênia e marcado , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para A GRANDE TRAVESSIA DOS GNUS NO RIO MARA, NO QUÊNIA

  1. Beto Carlos disse:

    natureza grandiosa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s