UM POUQUINHO DE CADA LUGAR – O LIVRO – ÁSIA

A Ásia é um mosaico de culturas milenares. Um paraíso de etnias, rostos e cores. A Índia concentra todas essas características. Um país protegido geograficamente pelas montanhas e pelo mar, com vales férteis e uma cultura plural, mas única.

Vendedor de peixe seco, na Índia

Vendedor de peixe seco, na Índia

O que mais me impressionou na Índia foi a religiosidade do seu povo. A força da fé e o credo em absolutamente tudo. Essa fé tem a sua maior expressão nas Gates de Varanasi, onde o Ganges é um Deus e os fiéis purificam a alma.

As Gates de Varanasi, na Índia.

As Gates de Varanasi, na Índia.

Os Palácios de Jaipur são testemunhos da riqueza dos marajás. Possuem uma arquitetura imponente. O Taj Mahal é um monumento ao amor. Uma das maravilhas do Mundo Moderno e símbolo da cidade de Agra, no Rajastão.

O Taj Mahal na Índia.

O Taj Mahal na Índia.

Um dos lugares que mais me impressionou na Índia foi o conjunto de Templos de Kajuraho, delicadamente esculpidos por milhares de cenas eróticas que caracterizavam a vida medieval no país.

Templo em Kajuraho.

Templo em Kajuraho.

Outro momento enigmático é o encontro com os Sadhus do Nepal, os Homens Santos do hinduísmo.

Os Sadhus do Nepal

Os Sadhus do Nepal

Em Bangkok, na Tailândia, tive a oportunidade de fotografar os templos dourados, o Buda de Ouro e o Mercado Flutuante Damnoen Saduak.

O Mercado Flutuante Damnoen Saduak

O Mercado Flutuante Damnoen Saduak

Em Luang Prabang, no Laos, centenas de monges, enchem as ruas de um colorido vivo, que se completa com os mercados locais.

Monges budistas em Luang Prabang.

Monges budistas em Luang Prabang.

Quando fui à China, pela primeira vez, escolhi a Província de Yunam. Lugar aonde poucos vão. O que me atraiu foi a possibilidade de conviver com os Bai, os Dai, os Naxi, os Moso e tantas outras minorias étnicas do país. Cidades surpreendentes, como Lijiang e as fabulosas feiras de Dali e de Shaxi.

Telhados em Lijiang.

Telhados em Lijiang.

Na segunda viagem à China fui para onde todos vão. Consegui boas fotos dos Guerreiros de Terracota de Xian e na Rua das Comidas Exóticas de Pequim.

Guerreiros de Terracota de Xian.

Guerreiros de Terracota de Xian.

No Japão, os grandes budas e o Templo Dourado de Quioto completam o mosaico asiático.

Templo de ouro de Quioto.

Templo de ouro de Quioto.

Anúncios

Sobre joaquimnery

Joaquim Nery Filho é geógrafo, agente de viagens e empresário do showbusiness. Apaixonado por viagens e fotografia.
Esse post foi publicado em Índia, China, Japão, Laos, Nepal, Tailândia e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para UM POUQUINHO DE CADA LUGAR – O LIVRO – ÁSIA

  1. mariel disse:

    Minha nossa, impressionante

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s