Um Pouquinho de Cada Lugar – O livro – Oceania

OCEANIA

Como professor, sempre tive um calendário rígido. Assiduidade e pontualidade são alguns pré-requisitos fundamentais. Em paralelo, trabalhei como produtor de eventos. Nunca tive férias no verão. De dezembro a março estava dedicado ao Carnaval. As minhas folgas estavam restritas aos quinze dias do meio do ano, entre junho e julho, tempo que destinei às viagens.

Viajava para o Hemisfério Norte, no verão deles, e para o Hemisfério Sul, em nosso inverno.

Skyline de Aukland na Nova Zelândia

Skyline de Aukland na Nova Zelândia

A Nova Zelândia possui um inverno rigoroso, e sempre esteve entre os sonhos de viagens prioritárias. Quando decidi parar de dar aulas, não tive dúvidas. A possibilidade de flexibilizar o calendário me levou à Nova Zelândia no final do verão.

 

Nova Zelândia no verão.

Nova Zelândia no verão.

O país é surpreendente. Paisagens estonteantes que inspiraram e foram cenários para filmes épicos, como a saga do Senhor dos Anéis.

As paisagens do Senhor dos Anéis na Nova Zelândia.

As paisagens do Senhor dos Anéis na Nova Zelândia.

Em Rotorua tive a clara noção do que é viver sobre um vulcão. As formações geotermais formam piscinas coloridas e fazem explodir alguns dos gêiseres mais famosos do Mundo. O contato com a cultura Maori enriquece a visita.

As piscinas geotermais da Nova Zelândia.

As piscinas geotermais da Nova Zelândia.

Queenstown é a cidade dos esportes radicais A natureza ainda pouco modificada da Nova Zelândia está presente nos arredores e serve de estímulo para os visitantes. Quem vai a Queentown precisa se aventurar de alguma forma.

Passeio de Jet Boat em Queenstown.

Passeio de Jet Boat em Queenstown.

Cânions profundos, altas montanhas e glaciares aparecem nos entornos.

Glaciar nos arredores de Queenstown.

Glaciar nos arredores de Queenstown.

Uma viagem à Oceania exige um complemento na Austrália, onde a Grande Barreira dos Corais atrai turistas do mundo inteiro. Os corais coloridos são tão vibrantes que parecem artificiais, mas são reais.

Mergulho na Grande Barreira de Corais - Austrália.

Mergulho na Grande Barreira de Corais – Austrália.

Em Sydney, tive contato com coalas e cangurus, mas o símbolo maior do país é urbano: a Ópera House de Sydney.

A Ópera House de Sydney.

A Ópera House de Sydney.

Anúncios

Sobre joaquimnery

Joaquim Nery Filho é geógrafo, agente de viagens e empresário do showbusiness. Apaixonado por viagens e fotografia.
Esse post foi publicado em Austrália, Nova Zelândia e marcado , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Um Pouquinho de Cada Lugar – O livro – Oceania

  1. Nery: continuo na sala de aula em suas viagens. Abçs

  2. mariel disse:

    Barbaridade, que imagens e que experiência sensacional

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s