A ESTÁTUA DA LIBERDADE E A ELLIS ISLAND

28 de março de 2016

O primeiro programa que fizemos pela manhã foi pegar a linha 1 do metrô até o Battery Park, onde embarcamos em direção à Liberty Island para visitar a Estátua da Liberdade. Já tínhamos comprados os tickets dois dias antes, mas decidimos fazer o passeio na segunda em função das filas que estavam muito grandes no final de semana.

A balsa leva os visitantes para a Liberty Island

A balsa leva os visitantes para a Liberty Island

A Liberty Island é uma ilhota localizada em frente ao Battery Park, na entrada do porto de Nova York. Pegamos a balsa e seguimos para lá. A estátua foi instalada aí em outubro de 1886, doada pelo governo francês, histórico aliado dos EUA, como presente do povo francês para a comemoração do centenário da assinatura da declaração da independência dos Estados Unidos.

A Estátua da Liberdade.

A Estátua da Liberdade.

A Estátua da Liberdade foi projetada e construída pelo escultor francês Fréderic Auguste Bertholdi, inspirada no Colosso de Rodes e se tornou o símbolo da liberdade no Mundo. A estrutura metálica interna da estátua, é projeto do engenheiro francês Gustave Eiffel, o mesmo que projetou a Torre Eiffel.

Estátua da Liberdade.

Estátua da Liberdade.

A Lady Liberty, nome carinhoso que os americanos dão à estátua, possui 93m de altura e domina a baía de Nova York, sendo que 47 m corresponde à altura da base e 46 m à altura da estátua propriamente dita.

A Estátua da Liberdade fica na entrada da baía de Nova York

A Estátua da Liberdade fica na entrada da baía de Nova York

A estátua foi montada em solo francês e ficou pronta em 1884, sendo então desmontada e enviada para os Estados Unidos em navios, para ser remontada em seu lugar definitivo. A construção do pedestal que serve como base do monumento ficou a cargo dos norte-americanos.

Estátua da Liberdade.

Estátua da Liberdade.

A tocha original foi substituída em 1986, pois estava corroída pelo tempo. A atual é folheada a ouro. A original encontra-se exposta no saguão do museu ao lado da estátua.

A tocha atual é folheada a ouro.

A tocha atual é folheada a ouro.

Na visita à Estátua da Liberdade, pode-se subir em vários planos. O primeiro é até a plataforma do observação na base do monumento. Daí pode-se seguir por uma escada com 354 degraus. Lá de cima se tem uma bela vista do skyline de Nova York.

O dia estava nublado e chuvoso, mas a vista de Nova York se mantém forte.

O dia estava nublado e chuvoso, mas a vista de Nova York se mantém forte.

O dia estava bastante chuvoso. Terminamos a visita à estátua e pegamos o barco para a Ellis Island, uma pequena ilha ao lado, que serviu de centro de triagem para os milhões de imigrantes que chegaram aos Estados Unidos no século XIX e início do século XX, de 1892 até 1954. A metade da população dos Estados Unidos tem alguma ligação com a Ellis Island.

A Ellis Island.

A Ellis Island.

Hoje em Ellis Island existe o Museu da Imigração, que conta a história da imigração para os Estados Unidos e o papel de Nova York nessa história.

O Museu da Imigração.

O Museu da Imigração.

Durante mais de cem anos os Estados Undidos recebeu a maior onda imigratória já registrada na história da humanidade, de todas as partes do Mundo, em especial da Europa. Esses imigrantes ajudaram a construir o país e contribuíram com o seu desenvolvimento e fortaleceram a sua democracia e caráter cultural plural.

Imigrantes saíram dos diversos lugares do Mundo para os Estados Unidos.

Imigrantes saíram dos diversos lugares do Mundo para os Estados Unidos.

O Ellis Island Immigration Museum fica no antigo centro de triagem dos imigrantes, ocupando três andares do prédio. No Museu existem muitas fotos que contam a história da imigração para os Estados Unidos e dos imigrantes. Um banco de dados eletrônico rastreia ancestrais de americanos e pessoas do mundo inteiro.

O salão principal de triagem dos imigrantes.

O salão principal de triagem dos imigrantes.

Terminamos a visita à Ellis Island e voltamos para Manhattan. Seguimos andando até o World Financial Center, um prédio moderno e exuberante, que fica ao lado do One World Trade Center, onde almoçamos.

O interior do World Financial Center.

O interior do World Financial Center.

Um dos mais belos modelos de arquitetura urbana em Nova York, o World Financial Center concentra quatro torres de escritório, onde estão instaladas algumas das mais importantes empresas financeiras do mundo. No centro das torres destaca-se o Winter Garden, com grandes palmeiras e uma bela vista para o Rio Hudson.

O Winter Garden do World Financial Center

O Winter Garden do World Financial Center

Anúncios

Sobre joaquimnery

Joaquim Nery Filho é geógrafo, agente de viagens e empresário do showbusiness. Apaixonado por viagens e fotografia.
Esse post foi publicado em Estados Unidos da América e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s