ESTOCOLMO, A RAINHA DO BÁLTICO

03.07.2016

Saímos do Parque Skansen e pegamos um passeio de barco, do sistema “hop on hop off”, integrado ao sistema de ônibus de turismo. O turista pode subir e descer onde quiser. Como normalmente faz muito frio em Estocolmo, esses barcos não têm área externa e isso dificulta fazer uma boa fotografia.

O passeio de barco "hop on hop off".

O passeio de barco “hop on hop off”.

O passeio passa pelos principais canais de Estocolmo, atravessa as dezenas de pontes da cidade e a eclusa que liga o Mar Báltico ao Lago Mälaren e nos dá uma visão geral de Estocolmo a partir da água.

O passeio de barco dá uma outra visão de Estocolmo.

O passeio de barco dá uma outra visão de Estocolmo.

Como existe um pequeno desnível entre o Lago Mälaren, de origem glacial, e o Mar Báltico, a eclusa de Estocolmo é necessária, para permitir que os barcos passem de um lado par o outro.

A eclusa de Estocolmo, liga o Mar Báltico ao Lago Mälaren

A eclusa de Estocolmo, liga o Mar Báltico ao Lago Mälaren

Após o passeio de barco seguimos andando de volta para a Cidade Velha, na Ilha de Gamla Stan e passamos ao lado do Palácio Real (Kungliga Slottet). O Palácio Real da Suécia é um dos maiores da Europa, possui mais de 600 salas e ainda hoje permanece com as suas funções originais, apesar de não ser mais a residência oficial da família real. Foi construído a partir do final do século XVII, com um projeto do arquiteto Nicodemus Tessim, o Jovem. Não visitamos o interior do Palácio, mas ele possui cômodos e objetos suntuosos, funcionando como um verdadeiro museu vivo.

O Palácio Real de Estocolmo.

O Palácio Real de Estocolmo.

Atualmente a família real é formada pelo Rei Carlos XVI Gustavo e a Rainha é Silvia. Silvia é brasileira. O Brasil tem uma rainha no trono da Suécia.

A entrada da Rua da Rainha.

A entrada da Rua da Rainha.

Seguimos até a Rua da Rainha. Hoje um grande calçadão, só para pedestres, no coração comercial de Estocolmo.

Escultura na Rua da Rainha em Estocolmo.

Escultura na Rua da Rainha em Estocolmo.

Entramos mais uma vez na Cidade Velha, para finalizar essa que era a nossa última noite em Estocolmo. As ruas tortuosas são cheias de galerias de arte e lojas de artesanato. A Suécia é famosa pela excelência no design. Destacam-se os produtos de vidro e artigos para decoração. Escolhemos um cavalinho sueco de lembrança para levarmos de volta para o Brasil. Os camponeses faziam esses cavalinhos para os seus filhos e costumavam decora-los com características das suas comunidades. Virou um dos símbolos do país.

Os "cavalinhos" suecos.

Os “cavalinhos” suecos.

Paramos no excelente Restaurante Paganini, um italiano espetacular no meio da Cidade Velha.

Estocolmo, a Rainha do Báltico.

Estocolmo, a Rainha do Báltico.

Anúncios

Sobre joaquimnery

Joaquim Nery Filho é geógrafo, agente de viagens e empresário do showbusiness. Apaixonado por viagens e fotografia.
Esse post foi publicado em Suécia e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s