O MARAVILHOSO PARQUE VIGELAND EM OSLO

05.07.2016

Saímos pela manhã para um passeio panorâmico por Oslo. Oslo é a mais antiga das capitais escandinavas. A cidade foi fundada em 1048, pelo Rei Haroldo III (Harald Hardräde), da Noruega. Possui apenas cerca de 500 mil habitantes. Fica localizada na parte final do Fiorde de Oslo, com 150 quilômetros de extensão.

A cidade e o Fiorde de Oslo.

A cidade e o Fiorde de Oslo.

Fizemos uma primeira parada para conhecer o Trampolim Holmenkollen, o mais antigo trampolim de saltos do Mundo. Foi inaugurado em 1892 e de lá para cá já sofreu várias transformações para melhorar as condições de salto, ampliar a capacidade de público e modernizar a sua estrutura.

O Trampolim Holmenkollen

O Trampolim Holmenkollen

Já foi reconstruído 14 vezes, sendo que a última grande reforma foi em 1992, para comemorar o centenário da sua construção. Em 1952, Oslo sediou os Jogos Olímpicos de Inverno. A torre do trampolim possui 60 metros de altura e possibilita um salto de até 136 metros, esse foi o recorde, alcançado em 2006, pelo norueguês Tommy Ongebrigtsen .

A posição de salto em um manequim no Trampolim de Oslo.

A posição de salto em um manequim no Trampolim de Oslo.

É utilizado apenas dois finais de semana por ano, no mês de fevereiro, no alto inverno, quando sedia algumas competições internacionais de salto em esqui. Durante o resto do ano a estrutura é aberta a visitação pública. Do alto da sua estrutura existe uma bela vista da cidade.

O Trampolim só funciona dois finais de semana por ano.

O Trampolim só funciona dois finais de semana por ano.

Os noruegueses têm uma ligação estreita com o esqui, é o esporte nacional da Noruega, pois o país permanece coberto de neve por um bom período do ano. Oslo é a única capital do mundo onde é possível esquiar dentro dos limites urbanos. Mesmo no verão, quando eles usam o esqui de fundo, com rodas e no asfalto.

O esqui de fundo é uma solução para o verão.

O esqui de fundo é uma solução para o verão.

Seguimos adiante até o fantástico Parque das Esculturas Vigeland, localizado no meio do Parque Frogner. Gustav Vigeland foi um artista norueguês que viveu de 1869 a 1943. Após a sua morte, a prefeitura de Oslo reuniu quase todas as obras de Vigeland e montou esse espetacular parque de esculturas, projetado pelo próprio escultor, ao longo de vinte anos de carreira. Desenhou o Parque, incluindo a arquitetura do jardim, pontes, fontes e recintos.

O Parque Vigeland

O Parque Vigeland

É um dos lugares mais visitados de Oslo. As esculturas principais formam um magnífico conjunto dedicado ao amor, ao conflito e ao lazer. A história da vida do homem e dos seus relacionamentos, desde o nascimento até a morte. Fica no meio de uma imensa área verde, com uma área de 320 mil metros quadrados. É um local para atividades ao ar livre, como pique-niques e banhos de sol no verão.

Uma das magníficas esculturas de Vigeland

Uma das magníficas esculturas de Vigeland

O ponto principal do Parque Vigeland é o obelisco central de granito, “Monolith, ou Monolito”, com 17 metros de altura, com 121 figuras entrelaçadas, que formam um emaranhado de corpos representando também as diversas fases da vida. Na parte mais baixa aparecem corpos, que vão ganhando vida à medida que a coluna vai ganhando mais altura.

O Monolith, ou Monólito

O Monolith, ou Monólito

A Escultura foi talhada em um único bloco de granito e levou cerca de 14 anos para ser concluída.

Detalhe do Monolito.

Detalhe do Monolito.

O obelisco fica cercado de esculturas que retratam as diversas fases da vida do homem. Desde o nascimento até a sua morte. As esculturas são feitas em granito e possuem expressões muito fortes.

Escultura de Vigeland

Escultura de Vigeland

Representam também aspectos da vida humana e do cotidiano, como o trabalho, a ira, a maternidade, o sexo e a fraternidade.

Escultura de Vigeland

Escultura de Vigeland

O Parque tem entrada gratuita e é a atração turística mais popular da Noruega. Possui 212 esculturas, de granito, de bronze e de ferro fundido.

Detalhe de escultura de Vigeland

Detalhe de escultura de Vigeland

Após visitar o obelisco, passamos por uma bela fonte cercada de esculturas de bronze, num tom de verde escuro.

Fonte com esculturas de bronze no Parque Vigeland

Fonte com esculturas de bronze no Parque Vigeland

Outra atração importante do Parque é a ponte central, com 58 esculturas de homens, mulheres e crianças, sobre as suas muretas laterais.

Carnaval - Uma das esculturas de Vigeland

Carnaval – Uma das esculturas de Vigeland

O principal destaque fica para a escultura do bebê zangado, o “Sinnataggen”, Little Hot-Head ou Pequeno Cabeça Quente. Considerado por muitos visitantes, como a obra-prima de Vigeland. A escultura é tão adorada que as suas mãos e pés brilham, pois todos querem toca-los e tirar uma foto com o “bebê”.

O Sinnataggen, Little Hot-Head, Pequeno cabeça quente

O Sinnataggen, Little Hot-Head, Pequeno cabeça quente

 

Anúncios

Sobre joaquimnery

Joaquim Nery Filho é geógrafo, agente de viagens e empresário do showbusiness. Apaixonado por viagens e fotografia.
Esse post foi publicado em Noruega e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s