O MUSEU RAINHA SOFIA, EM MADRI

13/07/2016

Como tínhamos decidido antecipar a saída de Copenhague, seguimos pela manhã para o aeroporto, onde pegamos um voo da KLM com conexão em Amsterdam e destino final para Madri. Uma hora de voo para a capital da Holanda. Ficamos mais duas horas no aeroporto a espera de uma conexão e na sequência pegamos um voo da Air Europa para Madri com 2:45h de voo.

Antecipamos a partida de Copenhague.

Antecipamos a partida de Copenhague.

Chegamos a Madri às 21h e fomos para o excelente Hotel NH Collection, localizado no centro de Madri, em frente à Praça de Netuno.

A Praça de Netuno

A Praça de Netuno

Colocamos as malas no hotel, onde fomos muito bem atendidos por uma recepcionista brasileira e seguimos para a Praça Sant’Ana, localizada a três quarteirões do nosso hotel. A Praça e as ruas ao redor são cercadas por bares e restaurantes. Por indicação da recepcionista do hotel, escolhemos o Restaurante Lateral, um típico bar/restaurante espanhol, com um público jovem e animado. A especialidade são as deliciosas tapas espanholas. Comemoramos a decisão de mudar o roteiro e nos preparamos para rever Madri.

Praça Sant’Ana

Praça Sant’Ana

14.07.2016

Estávamos hospedados no “coração” dos museus de Madri, no Paseo del Prado, e decidimos rever alguns, que são imperdíveis. Começamos pelo Museu Reina Sofia, ou Museu Nacional Centro de Arte Reina Sofia, que fica bem perto do hotel, na zona da Estação de Atocha, numa área conhecida como o Triângulo de Ouro da Arte de Madri, que inclui também o Museu do Prado e o Museu Thyssen-Bornemisza.

Jardim vertical nos arredores de Atocha.

Jardim vertical nos arredores de Atocha.

O Museu foi implantado no prédio de um antigo hospital do século XVIII, que foi reformado e deu lugar ao mais importante Museu de Arte Moderna de Madri e um dos mais famosos do Mundo. É dedicado, sobretudo, ao movimento cubista e aos pintores espanhóis da primeira metade do século XX, como Picasso, Salvador Dalí e Miró. A principal atração do Museu é a Guernica, a obra-prima de Pablo Picasso.

O Museu Rainha Sofia

O Museu Rainha Sofia

A Guernica é uma obra monumental em todos os sentidos, possui mais de sete metros de comprimento. Foi criada por Picasso como um manifesto pacifista, após o bombardeio e destruição da cidade basca de Guernica-Lomo, em 1937, por pilotos nazistas, durante a Guerra Civil Espanhola, sob ordens do General Franco. O bombardeio resultou em um massacre de civis, sobretudo mulheres e crianças.

Guernica de Pablo Picasso

Guernica de Pablo Picasso

Picasso foi um dos fundadores do movimento cubista. Os seus trabalhos sugerem formas geométricas e predominam linhas retas. O quadro Guernica de 1937, é uma tela gigante em preto e branco. As expressões de dor e horror fazem da Guernica, uma obra dramática.

Cabeça e Aranha de Joan Miró

Cabeça e Aranha de Joan Miró

O Museu possui um grande acervo de Joan Miró, um mestre do surrealismo e contemporâneo de Picasso e Salvador Dalí. A obra Cabeça e Aranha, de 1925 é uma das mais visitadas.

Mulher na Janela de Salvador Dalí.

Mulher na Janela de Salvador Dalí.

Salvador Dali está presente em várias obras no Museu. Um dos destaques fica para O Grande Masturbador, de 1929. Uma obra prima do surrealismo de Dalí, que representa um perfil de cabeça humana olhando para baixo, mas com várias interferências. É uma delícia parar em frente a uma obra de Salvador Dalí e ficar descobrindo os detalhes escondidos na pintura.

O Grande Masturbador, de Salvador Dalí

O Grande Masturbador, de Salvador Dalí

Em O Grande Masturbador, é possível ver o corpo de uma mulher, cuja boca se encontra próxima ao saco escrotal de uma figura masculina, sugerindo a possibilidade do sexo oral. Muitas das pinturas de Dalí fazem referências sexuais. Um grande gafanhoto pode ser visto na parte de baixo da cabeça.

Detalhe de O Grande Masturbador, de Dalí.

Detalhe de O Grande Masturbador, de Dalí.

Nos jardins do Museu Rainha Sofia ainda existem obras de arte que interagem com o restante do Museu, como a bela escultura de Joan Miró denominada de O Pássaro Lunar.

O Pássaro Lunar, de Joan Miró.

O Pássaro Lunar, de Joan Miró.

Anúncios

Sobre joaquimnery

Joaquim Nery Filho é geógrafo, agente de viagens e empresário do showbusiness. Apaixonado por viagens e fotografia.
Esse post foi publicado em Espanha e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para O MUSEU RAINHA SOFIA, EM MADRI

  1. Maria Luíza disse:

    Adorei essa matéria pois vou passar por Madri e escolhi o Reina Sophia para visitar Obrigada pelos ricos detalhes!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s