UM PASSEIO DE LANCHA PELA LAGOA DE MUNDAÚ EM MACEIÓ

29/12

Estávamos em Maceió e nos reunimos com um grupo de amigos que chegaram de Salvador para passar o Réveillon com Bell Marques. Fizemos uma programação conjunta. Antes de sair para um passeio de lancha, decidi tirar umas fotos na Praia de Pajuçara, que fica em frente ao nosso hotel, o Best Western Premier.

A Praia da Pajuçara

A Praia da Pajuçara

A Pajuçara é uma das mais importantes praias de Maceió. É de lá que saem as jangadas para as piscinas naturais. Um passeio imperdível. Quando a maré está baixa, podemos tomar banho com água na cintura. O mar é uma delícia, a água cristalina, cheia de peixes de corais e o local fica bastante animado.

As jangadas vão sair para o mar.

As jangadas vão sair para o mar.

Depois das fotos, seguimos até a marina da Lagoa de Mundaú para pegar uma lancha e fazer o passeio por entre os encantos da lagoa. A lagoa que possui uma área de aproximadamente 25 quilômetros quadrados, na realidade é uma laguna, pois possui contato com o mar através de muitos canais que acabam intercalando a formação de ilhas na beira mar.

A Marina da Lagoa de Mundaú

A Marina da Lagoa de Mundaú

Esse tipo de formação acontece próximo à foz de rios com grande quantidade de sedimentos. Os sedimentos depositados pelo Rio Mundaú, formaram as ilhas, ao longo do tempo geológico e as ilhas formaram a laguna.

A laguna tem canais de saída para o mar.

A laguna tem canais de saída para o mar.

Ao redor das ilhas, um grande manguezal acompanha toda a borda da laguna e faz a festa dos pescadores, pois a biodiversidade é imensa e as possibilidades de peixes, moluscos, crustáceos, etc., são muito grandes.

Os pescadores e o manguezal.

Os pescadores e o manguezal.

Ao todo, são nove ilhas que “fecham” a saída da laguna. A região é uma das grandes atrações turísticas de Maceió. Nas margens próximas à marina, aparece o bairro de Pontal da Barra, onde moram os pescadores e as famosas rendeiras de Maceió.

O bairro de Pontal da Barra

O bairro de Pontal da Barra

Seguimos bordejando a Lagoa de Mundaú, passamos por um dos canais de ligação com o mar e fomos até a Praia do Saco. Quando a maré está baixa é uma praia calma, pois está cercada de recifes, uma das características dessas praias no litoral a sul de Maceió.

A Praia do Saco

A Praia do Saco

Ficamos ali na Praia do Saco, tomando um banho de água morna, por mais de duas horas. Depois seguimos para um outro canal de ligação entre a laguna e o mar, onde aparece mais uma das praias desejadas por aqueles que passeiam pela Lagoa de Mundaú, a Prainha, com barracas que atende ao cliente até dentro d’água.

A Prainha

A Prainha

Passamos a tarde tomando banho de mar e provando as delícias da Prainha. Depois voltamos para Maceió, a tempo de descansar um pouco antes de sair para jantar no bom restaurante Alagoas by Anchaco, localizado no tradicional e reformado Hotel Jatiúca, o mais famoso de Maceió. Um ícone da cidade.

A Lagoa de Mundau

A Lagoa de Mundau

Sobre joaquimnery

Joaquim Nery Filho é geógrafo, agente de viagens e empresário do showbusiness. Apaixonado por viagens e fotografia.
Esse post foi publicado em Alagoas e marcado , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s