A PRAIA DO GUNGA

05 de janeiro de 2017

Como no Hotel Gungaporanga não tem praia, pegamos o carro e fomos passar uma parte do dia na Praia do Gunga, a 2 quilômetros dali. A Praia do Gunga é privativa, fica na ponta de uma fazenda de coco, em frente à Barra de São Miguel, no litoral sul de Alagoas. Existe um mirante na entrada que dá acesso à Praia do Gunga. As fotos lá de cima mostram a imensidão do coqueiral.

O coqueiral da Praia do Gunga

O acesso é pago e somente para quem vai de carro. Não existem caminhos próximos para quem vai a pé. Centenas de carros ocupam o estacionamento da Praia do Gunga e testemunham o sucesso do lugar. Daí é possível fazer passeios de buggy ou de quadricíclo.

O estacionamento confuso da Praia do Gunga

A sensação que tivemos não foi agradável. Apesar de pago, do ticket não ser barato e ser um sucesso de público, a infraestrutura deixa a desejar. Achamos tudo desorganizado e sem planejamento arquitetônico. Barracas feias, mesas velhas e estragadas. Não precisava ser assim.

Barracas feias e desorganizadas na Praia do Gunga.

O local parece, ou deveria ser, um verdadeiro parque de diversões à beira do mar. Aluguel de Jet Sky, Banana Boat, Paraglider, e outras delícias à beira mar, compartilham a diversão com uma praia maravilhosa. Águas paradas, mornas e mais profundas que na Barra de São Miguel possibilitam um banho de mar excelente.

Várias opções de lazer na Praia do Gunga.

Uma das opções de lazer, é um passeio de lancha, que pode ser feito de forma privativa ou em barcos coletivos. Alugamos um pequeno barco privativo e fomos dar uma volta na Lagoa do Roteiro, que na realidade é uma laguna conectada à Praia do Gunga.

Alugamos um barco para um passeio na Lagoa do Roteiro

A lancha nos levou a uma primeira parada, numa coroa no meio da laguna, que permite um excelente banho de mar, quando a maré está vazia. Era o que estava acontecendo naquele momento.

Um excelente banho de mar na Lagoa do Roteiro.

Seguimos bordejando a laguna e passamos embaixo das falésias sobre as quais fica o Hotel Gungaporanga. O terreno sedimentar da falésia deixa manchas coloridas na rocha exposta. É uma parada obrigatória para quem faz o passeio de barco, pois possibilita boas fotos.

As falésias da Lagoa do Roteiro com o Hotel Gungaporanga no alto.

O barco nos levou ainda aos recifes que separam a laguna do mar aberto. Aí, as pequenas piscinas naturais deixam expostos os peixes multicoloridos dos recifes e corais.

Peixes coloridos nas piscinas naturais da Praia do Gunga.

Fizemos ainda uma quarta parada numa pequena ilha que se forma quando a maré está vazia. Barracas são improvisadas em barcos, que atendem aos visitante ali mesmo, no meio da laguna. É possível tomar uma cerveja gelada, uma água de coco, ou mesmo se deliciar com uma lagosta bem preparada.

Barco restaurante no meio da Lagoa do Roteiro.

Voltamos para a Praia do Gunga, aproveitamos um pouco do banho de mar delicioso que existe aí e seguimos de volta para o Hotel Gungaporanga. Mais uma vez para aproveitar a tarde na piscina sobre as falésias.

A Praia do Gunga

Jantamos as três noites, no próprio restaurante do Hotel Gungaporanga, até porque a logística de sair para jantar é complexa, já que o hotel fica numa área isolada. Ainda bem que o restaurante é muito bom.

A bela vista da Praia do Gunga a partir do Hotel Gungaporanga.

06 de janeiro de 2017

A cidade de Penedo em Alagoas.

Em nosso planejamento original de viagem, estava previsto dormir em Aracaju, na volta para Salvador. Abortamos essa ideia e seguimos direto. Foram oito horas de viagem até Salvador. Voltamos pela mesma estrada. Litoral sul de Alagoas, atravessamos o Rio São Francisco na balsa de Penedo, pegamos a estrada pelo litoral sul de Sergipe e finalmente a Linha Verde e Estrada do Coco no litoral norte da Bahia.

No céu do Gunga.

Sobre joaquimnery

Joaquim Nery Filho é geógrafo, agente de viagens e empresário do showbusiness. Apaixonado por viagens e fotografia.
Esse post foi publicado em Alagoas e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para A PRAIA DO GUNGA

  1. joaquimnery disse:

    Olá Antonio Carlos,

    Existem uma série de vantagens em adquirir o Europass, veja detalhes aqui: http://www.rodei.com.br/2010/05/26/tudo-que-voce-precisa-saber-sobre-o-europass/ Nesse outro post, você tem todas as dicas sobre o Swiss Pass http://www.viagemeviagens.com/2010/swiss-pass-o-que-e-como-comprar-e-como-usar/ . Espero ter ajudado.

    Um abraço.

  2. antonio carlos a loureiro disse:

    boa noite,otimo blog
    gostaria de perguntar sobre a necessidade e beneficio de comprar euraipass para andar de trem entre 3 países na europa e o swisspass para em interlaken e outros lugares na suíça
    agradeço desde ja

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s