XCARET, O MAIS FAMOSO PARQUE DE CANCUN

05 de março de 2017

Acordamos muito cedo, pois o passeio para Xcaret que adquirimos de uma agência local, estava marcado para as 7:30h. O bom de sair cedo é que podemos aproveitar mais o Parque, que possui muitas atrações. Xcaret fica 80 quilômetros a sul de Cancun. Fizemos a viagem em duas horas. A estrada com pista dupla é excelente. Essa região é conhecida como Riviera Maya. É ao longo da estrada que ficam a maioria dos parques próximos a Cancun.

Quase todos os parques da Riviera Maya ficam à beira-mar.

São muitos os parques, que possibilitam diversão para muitos dias e para todas as idades. Os mais famosos são o Xcaret, o Xel-Ha e o Xplor. Esse último é o mais novo e se caracteriza pelas atividades de aventura. Famoso pelas múltiplas tirolesas que tem. São 14 ao todo, com os mais diversos níveis de dificuldade e emoções. No Xplor, como nos demais, existem grutas, cenotes e rios subterrâneos.

Uma das tirolezas do Parque Xplor.

Os grandes parques da Riviera Maya são muito parecidos e têm atrações semelhantes. A principal atração de Xel-Ha é ser um grande aquário natural. Excelente para a prática de snorkel, nos corais rasos do parque. Já tínhamos ido a Xel-Ha das outras vezes que estivemos em Cancun. Como iríamos ter menos tempo desta vez, optamos por Xcaret.

O Parque Xcaret

O parque foi criado em 1990, num antigo sítio arqueológico Maia. Ainda hoje existem por lá, vestígios e ruínas dessa civilização.

Vestígios de ruínas Mayas em Xcaret

Xcaret valoriza os aspectos naturais. O Parque é bastante integrado à fauna e flora local. Logo na entrada, a presença de araras e flamingos atraem as lentes dos turistas e visitantes. As aves também são exploradas por fotógrafos oficiais do parque.

Araras a serviço do Parque.

A infraestrutura do parque é grande. Lojas restaurantes, bares, lanchonetes estão por todos os lugares. Trocamos de roupa nos vestuários e seguimos direto para o banho no cenote de Xcaret. Os cenostes são fontes de água subterrânea, geralmente cristalinas, muito comuns na Península de Yucatan. Alguns em forma de piscinas naturais e outros em forma de rios. O de Xcaret é um rio subterrâneo, que em alguns momentos aparece na superfície.

O rio subterrâneo de Xcaret

Depois de nadar no cenote de Xcaret, passeamos um pouco à beira-mar e seguimos para as piscinas naturais onde acontecem o nado com golfinhos. O espetáculo atrai muita gente. Não está incluso no ingresso do parque. Paga-se à parte. Não nadamos com os golfinhos, até porque não concordamos com isso.

O nado com os golfinhos atrai muita gente.

É um show polêmico. Hoje em dia existe uma forte resistência a esse tipo de atividade. Denúncias sobre maus tratos e acidentes envolvendo esses animais são comuns.

Acrobacias com os golfinhos.

Os adestradores orientam acrobacias para os golfinhos, e grupos de turistas caem na piscina para ter a chance de interagir e tocar nos animais.

Turistas interagem com os golfinhos.

Saímos daí e fomos até a praia na enseada de Xcaret. Paramos numa das barracas da praia e ficamos aproveitando um pouco do mar do Caribe. Essa é uma das principais atrações do Parque.

As barracas na praia apresentam um bom serviço.

Muitos dos visitantes que visitam Xcaret fazem passeios opcionais que vão desde a prática de snorkel a um passeio em lancha rápida com fortes emoções.

Infraestrutura para passeios opcionais em Xcaret.

Depois da praia fomos almoçar em um dos restaurantes disponíveis. O almoço em estilo buffet, é de boa qualidade e está incluso no valor do ticket.

Os restaurantes estão em vários lugares do Parque.

Existem programas de proteção e estudo de animais marinhos em Xcaret. Tartarugas, manatis, golfinhos etc., são pesquisados e tratados por aí. Fomos até um grande tanque de tartarugas marinhas de várias espécies.

Tartarugas marinhas.

Outra atração do Parque Xcaret é a possibilidade de interagir e tocar e nos tubarões-lixa.

Tocando no tubarão-lixa

O Parque Xcaret também reproduz aspectos da cultura mexicana, com shows folclóricos e outras apresentações temáticas que podem acontecer em diversos lugares do Parque e em vários momentos diferentes. O show principal é um resumo de todo o folclore mexicano. Acontece às 21:30h. Não esperamos, preferimos voltar para Cancun.

Show folclórico em Xcaret

Presenciamos um show dos “Voadores de Papantla”, onde um grupo de homens se jogam em movimento circular, do alto de um mastro. É um dos shows mais comuns do folclore mexicano.

Os “Voadores de Papantla”

Na volta para Cancun, chegamos à noite e não nos sentimos animados para ir até o centro de entretenimento. Passamos lentamente pelo local e tivemos uma sensação de decadência, quando comparamos com a Cancun de 20 anos atrás. Jantamos no excelente restaurante Kulinarium, do Hotel Riu Palace Peninsula Cancun.

O Parque Xcaret

Anúncios

Sobre joaquimnery

Joaquim Nery Filho é geógrafo, agente de viagens e empresário do showbusiness. Apaixonado por viagens e fotografia.
Esse post foi publicado em México e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s