TULUN, A CIDADE MAIA A BEIRA MAR

07 de março de 2017

Ainda não estávamos recuperados da maratona que enfrentamos no Carnaval de Salvador e que, praticamente, emendamos com a viagem ao México. Nos dois primeiros dias em Cancun fizemos dois programas prazerosos, porém cansativos. Fomos no primeiro dia a Xcaret e no dia seguinte a Chichen Itzá. Hoje o passeio que havíamos adquirido com a agência de viagens saia às seis da manhã. Desistimos do tour e decidimos dormir até mais tarde. Foi ótimo. Quando acordamos, alugamos um carro com a Alamo, no próprio lobby do hotel e fizemos parte do mesmo programa, que iríamos em excursão. Seguimos para Tulum.

A cidade maia de Tulum.

A viagem para Tulum é de aproximadamente 140 quilômetros. Fizemos em duas horas, por uma excelente estrada que passa pela costa sul da Península de Yucatan, na região da Riviera Maia. No caminho, condomínios maravilhosos e imponentes, impressionam. Alguns deles possuem toda a infraestrutura de uma cidade, com escolas, hospitais, etc. É enorme o investimento que foi realizado em toda essa área da Península de Yucatan no sul do México. Dezenas de hotéis gigantescos e muitos parques temáticos, criando conteúdo para receber milhões de turistas por ano, sobretudo americanos, que estão ali ao lado. Dentre os parques, destacam-se Xcaret, Xel-Ha e Xplor, cada um com temáticas e atrativos diferentes.

Dezenas de condomínios de luxo foram implantados na Riviera Maia.

Chegamos a Tulum por volta do meio dia. A infraestrutura nos arredores de Tulum é melhor que em Chichen Itzá. Um amplo estacionamento, um grande mercado de artesanato e dezenas de lojas, restaurantes e lanchonetes, ficam na entrada do sítio arqueológico.

Na entrada para as ruínas de tulum, existe uma boa infraestrutura de apoio aos turistas.

Contratamos um guia na entrada das ruínas, para termos mais informações sobre o sítio arqueológico. A palavra Tulum significa, “Cidade Murada”, e os vestígios dos muros que envolviam essa fabulosa cidade Maia ainda aparecem em alguns trechos.

Uma grande muralha cerca a cidade de Tulum.

A cidade de Tulum era um antigo porto Maia, que servia de entreposto comercial entre o Mar do Caribe e as terras do interior da Península de Yucatan. Numa região totalmente cercada por corais, a pequena abertura no canal de Tulum fez a diferença para o desenvolvimento desse centro comercial dos Maias.

A cidade de Tulum era um importante entreposto comercial na Península de Yucatan

No alto da colina em frente ao mar, numa localização estratégica, aparece o templo principal da cidade, e isso faz de Tulum, a mais fotogênica das cidades Maias .

Tulum, a mais fotogênica das cidades maias.

Dezenas de casas e templos menores, com entalhes esculpidos em baixo relevo, contam um pouco da história da Civilização Maia e nos permite compreender aspectos relacionados à cultura desse povo. Numa dessas casas, dedicada à Deusa da Fertilidade, aparecem alguns entalhes descrevendo partos e nascimentos de crianças. Os Maias já faziam partos cesarianos, muito antes dos europeus. Usavam drogas anestésicas e espinhas de peixe para o corte e costura da pele das mulheres submetidas a esse tipo de cirurgia.

Templo em Tulum

Seguimos até um mirante no alto da colina de Tulum. É de lá que se tem uma das vistas mais famosas do Caribe. O azul impressionante do mar, servindo de moldura para as ruínas Maias.

Principal cartão postal de Tulum.

Finalizamos a visita à cidade Maia de Tulum e fizemos um lanche por ali mesmo, em seguida voltamos para Cancum. Valeu muito a pena a viagem para Tulum.

Entrada do parque de Tulum.

À noite saímos para jantar no excelente Restaurante Benazuza, indicado pelo Trip Advisor, como o melhor de Cancun, localizado no Hotel Grand Oasis Sens. O Benazuza foi uma opção rara e apresenta uma noite inusitada e inesquecível. Possui uma culinária “fusion”, moderna, com fortes experimentos. A noite começa com uma degustação e apresentação de drinks sólidos. É realmente curioso provar uma margherita em forma de geleia sobre uma banda de limão, ou whisky com mel esfumaçando numa infusão de hidrogênio. Depois dos drinks especiais, o menu degustação segue com as mesmas características. O jantar degustação vai ficar para o rol dos inesquecíveis.

Drinks sólidos no Benazuza – foto divulgação Tripadvisor

Tulum

Anúncios

Sobre joaquimnery

Joaquim Nery Filho é geógrafo, agente de viagens e empresário do showbusiness. Apaixonado por viagens e fotografia.
Esse post foi publicado em México e marcado , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para TULUN, A CIDADE MAIA A BEIRA MAR

  1. mariel disse:

    Lugares lindos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s