CHEGANDO À PONTE CARLOS EM PRAGA

07 de maio de 2017

Uma das maiores atrações da cidade de Praga, é a Ponte Carlos. Saindo da praça central da Cidade Velha, seguimos andando pela estreita e sinuosa Rua Carlos, que segue sempre lotada de turistas, mas naquele dia em especial o número era excepcionalmente maior, por conta da Maratona de Praga que aconteceu pela manhã.

Detalhe do traçado e arquitetura da Rua Carlos.

A Rua Carlos é medieval, data de um período anterior ao século XII e faz parte do Caminho Real, por onde reis e rainhas desfilavam nos dias de coroação em direção ao Castelo de Praga. Muitas das casas da Rua Carlos sobreviveram ao tempo e às Grandes Guerras Mundiais. Hoje foram transformadas em casas comerciais a serviço do turismo da cidade. Pousadas, hotéis, museus, restaurantes, lanchonetes, bares, galerias de arte e lojas estão por todos os lados.

Detalhes da Rua Carlos

Ao final da Rua Carlos chegamos na Praça dos Cavaleiros da Cruz, em frente a uma das entradas da ponte, a Torre da Ponte da Cidade Velha. No centro da praça aparece a colossal estátua de Carlos IV. O Imperador do Sacro Império. Culto e inteligente, que governou a região da Boêmia e fez Praga prosperar, de 1346 a 1378. Calos IV fundou a primeira Universidade da Europa Central.

A estátua de Carlos IV, na Praça dos Cavaleiros da Cruz

A Ponte Carlos, que atravessa o Rio Moldava, conectando a Cidade Velha ao bairro de Malá Strana. A ponte, que possui 520 metros de extensão e 10 metros de largura, foi fundada por Carlos IV, em 1357, substituindo a medieval Ponte Judite que na época era a única existente entre os dois lados da cidade. Permaneceu assim até 1741.

A Ponte Carlos

Na entrada da ponte, para quem vem da Rua Carlos, aparece a Torre da Ponte da Cidade Velha, erguida em 1380, em estilo gótico, por ordem de Carlos IV, mas concluída por Venceslau IV, seu filho e sucessor. Fazia parte das fortificações da cidade.

A Torre da Ponte da Cidade Velha

Muitos consideram a Torre da Ponte da Cidade Velha, como uma obra-prima mundial do estilo gótico. A torre foi obra de Peter Parler, apresenta decoração rebuscada, e no alto, as esculturas de São Vito, padroeiro da ponte, Carlos IV e Venceslau IV.

As esculturas de São Vito, Carlos IV e Venceslau IV

A ponte é ricamente decorada, por trinta estátuas de santos em ambos os lados. A decoração original era apenas um crucifixo de madeira, que reinou sozinho por duzentos anos. A imagem do cristo foi colocada em 1629.

Uma multidão circula sobre a ponte a todo instante.

Hoje a ponte está aberta apenas para pedestres. Ela foi construída com blocos de arenito, fortalecidos por ovos misturados à argamassa. Está apoiada sobre 16 grandes pilares.

A estrutura da Ponte Carlos.

Dezenas de artistas de rua, pintores, cantores e músicos, populares e clássicos, ficam aí o dia inteiro vendendo os seus produtos ou as suas artes. Esse post continua em “A Magnífica Ponte Carlos em Praga”.

Artistas de rua na Ponte Carlos

Veja mais sobre a Ponte Carlos em: https://umpouquinhodecadalugar.com/2017/06/17/a-magnifica-ponte-carlos-em-praga/

Anúncios

Sobre joaquimnery

Joaquim Nery Filho é geógrafo, agente de viagens e empresário do showbusiness. Apaixonado por viagens e fotografia.
Esse post foi publicado em República Tcheca e marcado , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s