SALZBURGO, A CIDADE DE MOZART

10 de maio de 2017

O Rio Salzach divide a cidade de Salzburgo ao meio. Várias são as pontes sobre o rio. Algumas delas possuem cadeados presos ao gradil. Essa é uma “moda” que aparece em toda a Europa e nos seus principais rios. É um problema para as administrações municipais, pois os cadeados jogados no leito, assoreiam os rios, que precisam de limpezas periódicas.

As pontes sobre o Rio Salzach e os seus cadeados.

Saímos da Cidade Velha de Salzburgo, atravessamos o Rio Salzach em direção à Cidade Nova. Começamos o dia visitando os jardins do Palácio Mirabell. O Palácio foi construído em 1606, pelo arcebispo Wolf Dietrch que não levou muito a sério o celibato. O Palácio foi um presente para a sua amante, Salomé Alt, com quem teve mais de dez filhos.

O Palácio Mirabell

O que mais chama a atenção no Palácio, é o jardim barroco de Mirabell que lhe cerca. Muito bem cuidado. Algumas cenas do filme “A Noviça Rebelde”, foram gravadas aí. O filme é baseado no livro The Story of the Trapp Family Singers, que conta a história de Maria von Trapp e sua família que fugiu da Áustria na época da Segunda Guerra Mundial. Os Trapp viveram nos arredores de Salzburgo.

O jardim barroco do Palácio Mirabell

Seguimos andando para o Museu de Arte Moderna de Salzburgo onde pegamos um elevador que dá acesso ao mirante da Colina Mönchs, de onde se tem vistas maravilhosas da cidade e do Castelo Hohensalzburg. Demos sorte, pois o dia estava lindo e com boa luminosidade.

As belas vistas a partir da Colina Mönchs

Depois que descemos da Colina Mönchs, circulamos pela Rua Getreidegasse. O centro histórico e comercial mais importante da cidade. A rua é famosa pelos letreiros fantásticos das suas lojas e restaurantes, feitos em metal, ferro fundido e alguns até banhados a ouro.

Os famosos letreiros da Rua Getreidegasse.

É aí na Rua Getreidegasse, nº 9, que fica a casa onde Mozart nasceu em 27 de janeiro de 1756. Hoje funciona um museu e memorial, que conta a história do compositor austríaco e o mais famoso filho de Salzburgo.

A casa onde Mozart nasceu.

Mozart era filho de músico. Criança prodígio, começou a tocar cravo aos 3 anos de idade e aos 7 já se apresentava para reis na Europa. Dominava todos os gêneros musicais. Morreu jovem, mas compôs 56 sinfonias, 20 concertos e 15 óperas.

Salzburgo é a cidade de Mozart.

Mozart deixou de herança para Salzburgo, uma forte tradição musical. A cidade é conhecida como a “Cidade dos Festivais”. No verão lota de turistas que vão assistir aos festivais de ópera, música erudita e teatro.

A Rua Getreidegasse

Como o dia estava bonito, resolvemos subir mais uma vez na Fortaleza Hohensalzburg para fazer fotos das montanhas dos Alpes a partir dos mirantes que existem lá em cima.

O dia estava muito bonito do alto da Fortaleza Hohensalzburg

Para nos despedir de Salzburgo, jantamos no restaurante Esszimmer, que possui uma estrela Michelin. Pedimos o menu degustação à base de peixes, mas não nos encantamos. Em nossa avaliação não vale a estrela que tem.

Salzburgo.

Anúncios

Sobre joaquimnery

Joaquim Nery Filho é geógrafo, agente de viagens e empresário do showbusiness. Apaixonado por viagens e fotografia.
Esse post foi publicado em Áustria e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s