CHEGANDO A GRAVATÁ. A SUÍÇA PERNAMBUCANA

22 de junho de 2017

Decidimos passar o São João em Gravatá, Pernambuco. Os netos estavam por lá e isso justificava deixar a Bahia para passar o São João em Pernambuco. Gravatá é apelidada “a Suíça brasileira” ou “Suíça pernambucana”, é a mania de grandeza dos pernambucanos. A cidade fica no alto do Planalto da Borborema e, no inverno, faz um friozinho, para quem está acostumado com o calor do Nordeste.

Fomos passar o São João com os netos em Gravatá.

Os pernambucanos levam tão a sério essa história de “Suíça brasileira”, que constroem casas em forma de chalés, fazem fondue no inverno e usam roupas excessivamente protegidas para um frio, que não é tão grande assim. As temperaturas podem chegar a 15ºC no inverno com sensação térmica de até 10ºC.

Condomínio de sítios em Gravatá

A cidade fica a 88 km do Recife, pela Estrada do Forró, ou Rodovia Luiz Gonzaga, e 450 metros acima do nível do mar. Possui uma boa infraestrutura turística, com muitos hotéis e pousadas. Quando nos aproximamos de Gravatá, já conseguimos ver uma grande quantidade de condomínios de sítios e casas, que normalmente pertencem a moradores de Recife. Essas casas e sítios são frequentadas durante os finais de semana, sobretudo no inverno. É uma maneira de experimentar a vida no campo, sem a necessidade de ter uma fazenda de verdade. Muitos desses condomínios possuem estruturas rurais básicas. Estábulos, currais, etc.

Estábulo de condomínio em Gravatá.

Ficamos hospedados numa casa alugada por André e Nanda (genro e filha), no Gravatá Country, um condomínio de casas, dos mais badalados de Gravatá. O condomínio possui uma excelente estrutura para lazer familiar. Clube social, parque infantil, estábulos, etc. Estava incluso no “pacote”, uma bela festa de São João.

Fogueira de São João na festa em Gravatá

Como estávamos a apenas 50 km de Caruaru, decidimos sair pela manhã para conhecer a “Capital do Agreste” de Pernambuco. Já nos entornos de Caruaru, o tamanho da cidade e o impacto dos arranha-céus, impressiona. Caruaru tem vários edifícios muito altos, o que não é comum numa cidade do interior do Nordeste.

Chegamos ao Alto do Moura

Por sugestão de uma amiga de Recife, seguimos direto para o Alto do Moura, um subúrbio de Caruaru, que se tornou famoso por ser o local onde nasceu o Mestre Vitalino.

Chegando ao Alto do Moura

Já na chegada ao Alto do Moura, chama a atenção, a grande quantidade de estacionamentos nos arredores do lugar. A sensação que temos é de que eles estavam aguardando uma multidão. Como fomos pela manhã, ainda pegamos a cidade um pouco vazia, mas a multidão iria chegar à tarde.

A rua principal do Alto do Moura ainda estava vazia, mas aguardava muita gente.

A área que visitamos no Alto do Moura, é apenas uma pequena rua, porém a quantidade de bares e restaurantes que existem é muito grande , o que confirma mais uma vez a infraestrutura preparada para receber uma multidão para a festa.

Fomos passar o São João em Gravatá

Anúncios

Sobre joaquimnery

Joaquim Nery Filho é geógrafo, agente de viagens e empresário do showbusiness. Apaixonado por viagens e fotografia.
Esse post foi publicado em Pernambuco e marcado , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para CHEGANDO A GRAVATÁ. A SUÍÇA PERNAMBUCANA

  1. joaquimnery disse:

    Olá Pedro,

    Claro que podemos conversar sobre “Citando um Pouquinho de Cada Lugar”. Encaminhe e-mail para umpouquinhodecadalugar@gmail.com

    Um abraço,

    Joaquim Nery

  2. pedrofogaca@sapo.pt disse:

    Bom dia, Obrigado por enviar e-mail com lindas fotos como também o texto de boa leitura. Conte-me de onde vens e se é possível uma conversa consigo sobre o projeto “Citando Um Pouquinho de Ca Lugar.”

     

    Citando Um Pouquinho de Cada Lugar – Joaquim Nery

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s