CHEGANDO AO JASPER NATIONAL PARK, NO CANADÁ

14 de agosto de 2017

Saímos de Edmonton logo após o café-da-manhã com destino ao Jasper National Park. Foram 365 km de uma excelente estrada, que fizemos em aproximadamente 4 horas, até a entrada do Parque Nacional, onde recebemos mapas e informações sobre os parques. Aqui começava a primeira parte da nossa aventura através da icônica rodovia Icefield Parkway que atravessa a Cordilheira das Montanhas Rochosas no Canadá e é considerada uma das mais lindas estradas do planeta.

Paisagem do Parque Nacional de Jasper

Por uma questão de logística de voos, optamos por começar essa viagem pela Icefield Parkway e pelo parque de Jasper a partir de Edmonton, ao norte da região. A estrada segue no sentido norte-sul. Pode ser feita também no sentido contrário, a partir de Calgary.

A Icefield Parkway, a mais bela estrada do mundo.

O Jasper National Park faz parte de um conjunto de outros parques nacionais na região das Montanhas Rochosas canadenses. Hoje é Patrimônio Natural da UNESCO. Nessa viagem visitamos outros dois, o de Banff e o Yoho. Ele fica no meio da Cordilheira das Montanhas Rochosas, na parte oeste do Canadá e é o mais setentrional de todos.

O Parque Nacional de Yoho

O Parque foi criado em 1907. É o maior das Montanhas Rochosas, com mais de 10 mil quilômetros quadrados de glaciares, lagos, rios, gargantas e bosques. Possui áreas pouco exploradas e por isso mesmo o encontro com animais selvagens como ursos, caribus e alces é comum na região de Jasper.

A primeira foto do grupo no Jasper National Park.

Fizemos uma parada no local onde se estabeleceu o primeiro núcleo comercial nessa região, pelo comerciante pioneiro de peles, Jasper Hawes, no século XIX. Fizemos uma pequena trilha, para conseguir boas fotos nas margens de um dos inúmeros rios da região. Paramos no local onde o Jasper Hawes se estabeleceu, montou uma cabana e iniciou um ciclo de comércio na região que envolveu índios e aventureiros.

Foi aqui que o Jasper Hawes iniciou o comércio na área do atual parque.

No caminho para a cidade de Jasper, entramos na Maligne Road (Estrada Maligna), que começa, alguns quilômetros a norte de Jasper e segue entre as cadeias de montanhas Maligne e Queen Elizabeth, para ver as primeiras atrações da viagem. A estrada tem belas vistas panorâmicas e vários mirantes voltados para o Maligne Valley.

Trechos do Maligne Canyon

O destaque maior fica para o Maligne Canyon, com paredões de rochas calcárias, localizado a 11 km da localidade de Jasper. É um dos mais belos da região das Rochosas, em alguns trechos, com de mais de 50 metros de altura e belas cachoeiras. Para chegar até ele, estacionamos o carro em um local apropriado na beira da estrada e seguimos por uma trilha de aproximadamente um quilômetro até o cânion.

Várias cachoeiras compõem o Maligne Canyon

Toda a área do parque possui uma excelente infraestrutura para os visitantes, com estacionamentos, áreas para camping e pontos para descanso e serviços. São muitos os trailers que circulam pela estrada, verdadeiras casas sobre rodas. Trilhas bem sinalizadas e pontes cercam a principal área de visitação.

Pontes mirantes e trilhas compõem a infraestrutura do Maligne Canyon.

 

Anúncios

Sobre joaquimnery

Joaquim Nery Filho é geógrafo, agente de viagens e empresário do showbusiness. Apaixonado por viagens e fotografia.
Esse post foi publicado em Canadá e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para CHEGANDO AO JASPER NATIONAL PARK, NO CANADÁ

  1. joaquimnery disse:

    Olá Vera,

    Foi a geografia quem me impulsionou para esses lugares. Obrigado por acompanhar.

    Um abraço,

    Joaquim Nery

  2. Olá Joaquim. Que bom vir a conhecê-lo, anda que virtualmente. Sou geógrafa e admiradora de trabalhos assim como o seu, sempre em sintonia poética que a Geografia expressa. (re)visitando lugares, mantendo novos contatos. Não sei se você crê e sente a presença de Deus nas coisas que faz, mas desejo que suas viagens sejam sempre bem sucedidas e guiadas pela força maior que a Natureza nos proporciona. Um grande abraço de Vera Lúcia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s