BANFF, A “CAPITAL” DOS PARQUES NACIONAIS DAS MONTANHAS ROCHOSAS, NO CANADÁ

16 de agosto de 2017

Saímos de Lake Louise, no Canadá, pela Icefield Parkway, a estrada que liga Jasper a Banff. Mais uma vez o destino era o caminho. Depois de visitar o Moraine Lake, seguimos mais 36 quilômetros para o sul, em busca do Johnston Canyon, que leva a duas belas cachoeiras: Lower Falls e Upper Falls.

A trilha para o Johnston Canyon

A trilha até Lower Falls é mais leve. Cerca de 1,5 quilômetros e menos acidentada. Muitos visitantes só chegam até aí.

A Lower Falls

A trilha até a Upper Falls é puxada. São 6 quilômetros de ida e volta, de um terreno acidentado, apesar da excelente infraestrutura que possibilita o uso da trilha por crianças e idosos com mais resistência.

A Upper Falls

Em alguns trechos, a trilha é suspensa, em estruturas de ferro e madeira anexadas ao paredão rochoso. As passarelas levam os visitantes à borda do cânion, que foi construído pela ação de erosão das água ao longo do tempo geológico.

A trilha para Upper Falls.

O Jonhston Canyon possui em alguns trechos, cerca de 30 metros de profundidade. A trilha passa por dentro de um grande bosque de coníferas. Flores, musgos e líquens também são comuns nessa região.

A trilha para o Johnston Canyon pelo meio da floresta.

Seguindo para o sul, a 20 km, fica a Bow Valley Parkway, a antiga estrada que ligava Lake Louise a Banff e acompanha o Vale do Rio Bow. A estrada é mais isolada e por isso é comum a presença de animais selvagens, como ursos, alces, etc. Temos que dirigir com cautela, pois os animais podem aparecer há qualquer momento no meio da estrada.

A Bow Valley Parkway passa por uma área de florestas.

Chegamos a Banff no final da tarde. Ficamos hospedados no Banff Inn. Mais uma vez o grupo ficou dividido devido à dificuldade de hospedagem que existe na região dos parques nacionais canadenses. Dr. Eduardo e Dra. Marise ficaram no Banff Ptarmigan Inn.

Chegamos a Banff

Banff é uma cidadezinha charmosa. O centro do turismo dos parque canadenses. Muitos visitantes fazem da cidade o ponto de apoio e estadia para fazer as excursões diárias em direção às atrações dos parques nacionais. Banff tem uma infraestrutura turística maior que as outras: Jasper e Lake Louise. Vários hotéis, bons e variados restaurantes, muitas lojinhas de artesanato, suvenires e galerias de arte.

A cidade é cheia de lojinhas de suvenires

A cidade surgiu como consequência da implantação da ferrovia transcontinental do Canadá. A Canadian Pacific Railroad. Os investidores da ferrovia implantaram nesse local o maravilhoso Banff Springs Hotel, em 1888, que fazia parte do plano de ação para o desenvolvimento do turismo na região.

Banff – A cidade, as montanhas e o gelo

Banff foi o local escolhido para a implantação do hotel, pois possuía as fontes de águas termais, que naquela época eram uma forte atração para o local. A cidade é o centro do Banff National Park, na Província de Alberta. O parque nacional foi fundado em 1885. É o mais antigo do Canadá.

O Basin Natiional Historic Site em Banff

Na base da Sulphur Mountain existe o Cave and Basin National Historic Site. Uma espécie de museu que conta a história da cidade e marca o local onde a primeira fonte foi encontrada, em 1883. Fomos jantar no bom restaurante italiano Pacini.

O restaurante Pacini

A charmosa cidade de Banff.

Anúncios

Sobre joaquimnery

Joaquim Nery Filho é geógrafo, agente de viagens e empresário do showbusiness. Apaixonado por viagens e fotografia.
Esse post foi publicado em Canadá e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s