O YOHO NATIONAL PARK NAS MONTANHAS ROCHOSAS DO CANADÁ

17 de agosto de 2017

Estávamos em Banff, na região das Montanhas Rochosas do Canadá. Começamos o dia com a visita ao Lake Minnewanka, localizado a 6 km da cidade. o Lago Minnewanka é o maior da região do Parque Nacional de Banff, com quase 28 quilômetros de extensão.

O Lago Minnewanka

O Lago Minnewanka é um dos pontos mais visitados dos arredores de Banff. Quando chegamos por lá e caminhávamos pela borda do lago, fomos surpreendidos pela presença de um cervo maravilhoso. Um macho adulto de aproximadamente 5 anos. Fazia pose para nós e outros turistas na borda da floresta.

O belo cervo na beira do lago.

Os cervos ou veados aparecem em quase todos os continentes. Os do Canadá são enormes e esse que vimos era um animal especial. Ficou um tempo parado sobre uma rocha, observando o movimento dos que estavam na beira do lago.

O cervo

Depois de visitar o lago, voltamos para Banff e seguimos direto para a Sulphur Mountain. A ideia era subir no bondinho que leva os visitantes para o alto da montanha, onde se tem uma bela vista da cidade e dos seus arredores. O tempo não estava bom para o bondinho. O dia nublado não iria permitir uma boa visibilidade.

A Sulphur Mountain.

Desistimos e fomos em busca de outras atrações. Parte do grupo ficou em Banff. Seguimos eu, Monica, Dr. Eduardo Nery e Dra. Marise para o Parque Nacional Yoho, que fica a 84 km de Banff. Voltamos pela estrada até Lake Louise e seguimos para o Yoho.

O Yoho National Park

O Yoho National Park fica do outro lado das Montanhas Rochosas, na parte oeste da cordilheira. Saímos da Província de Alberta e entramos na Província da Columbia Britânica. O nome desse parque, na língua dos índios Cree, significa “deslumbrante, maravilhoso” e é isso que o Parque é.

Destaque do Parque Nacional Yoho

O Parque Nacional de Yoho possui um grande número de cachoeiras, lagos e grandes formações rochosas. Na área do parque é possível fazer caminhadas, escaladas, esqui de montanhas e passeios de barco.

O Parque Nacional Yoho

Fizemos uma primeira parada no “encontro das águas” dos rios Yoho e Kicking Horse. Quando os rios se encontram, as suas águas não se misturam, devido a diferença de coloração e densidade entre elas.

Paramos no “Encontro das Águas”

Fizemos uma segunda parada na Natural Bridge, no meio do Parque. Nesse trecho, o Kicking Horse River bate de frente com rochas calcárias. Durante milhares de anos, a força das águas romperam a rocha e abriram uma passagem estreita, resultando numa formação geológica interessante. A passagem da água pela rocha cria a aparência de uma “ponte natural”.

The Natural Bridge

Anúncios

Sobre joaquimnery

Joaquim Nery Filho é geógrafo, agente de viagens e empresário do showbusiness. Apaixonado por viagens e fotografia.
Esse post foi publicado em Canadá e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s