CHEGANDO A PUNTA ARENAS, NO EXTREMO SUL DO CHILE

06 de março de 2018

Tínhamos datas especiais para comemorar e decidimos fazer isso na Patagônia Chilena, no interior do Parque Nacional Torres Del Paine, um daqueles lugares que tinha na memória como sendo necessário para conhecer um dia. Quem nos ajudou nessa viagem foi a Agência Via Alegria (www.viaalegria.com.br). A imagem dos grandes blocos de granito que emolduram essa região do sul do Chile, sempre me acompanhou, desde os tempos que dava aulas de geografia. Tinha que ir um dia e chegou a hora.

Cornos del Paine

Pegamos um voo de duas horas em Salvador às 6:30, até o Rio de Janeiro, em seguida mais um voo com 4 horas até Santiago e um outro com 3,5h horas até Punta Arenas, onde pernoitamos. Chegamos em Punta Arenas às 21h e fomos nos hospedar no bom Hotel Cabo de Hornos, com uma localização excelente, na principal praça da cidade.

Atravessando a Cordilheira dos Andes

A Cordilheira dos Andes espreme o Chile contra a costa do Pacífico. O país é extenso e estreito. Possui 4.190 quilômetros desde Arica no extremo norte, até Punta Arenas no extremo sul do país. De leste a oeste possui em média 175 quilômetros de largura, sendo que no seu ponto mais estreito, possui apenas 90 quilômetros.

Chile

A extensão territorial dá ao Chile uma variedade climática grande. Desde os desertos bastante secos do norte até as regiões subpolares do sul. De leste a oeste a paisagem também varia muito, pois em poucos quilômetros o Chile vai do nível do mar até as altitudes de montanha dos Andes. Essa variação é visível na sua geografia dramática.

A geografia encantadora do Chile

O país é voltado para o mar e com ele possui uma relação muito forte. São mais de 6 mil quilômetros de litoral. Os grandes cardumes da corrente marítima fria de Humboldt, que acompanha toda a costa chilena, faz com que ele seja um dos maiores países pesqueiros do Mundo.

A pesca é uma forte atividade econômica no Chile

Está dividido em diversas regiões: No extremo sul a Patagônia com as suas paisagens de montanhas e fiords. Um pouco ao norte a região dos lagos, onde destaca-se a travessia dos Lagos Andinos de Port Mont até Bariloche na Argentina. Depois aparecem as regiões centrais até chegar ao Deserto do Atacama.

A paisagem dramática do Chile

A Patagônia Chilena fica no extremo sul do país, na fronteira com a Argentina, numa estreita faixa de terra, espremida entre a Cordilheira dos Andes e uma imensa quantidade de fiordes, estreitos e ilhas na costa do Pacífico. É uma região pouco explorada pelo homem, com clima rigoroso, ventos fortes e frio intenso.

A paisagem da Patagônia Chilena

A paisagem é magnífica. Montanhas, um mar azul turquesa, glaciares, florestas, pradarias e vida selvagem compõem a paisagem da Patagônia Chilena.

A paisagem da Patagônia Chilena

Apesar da região ter sido descoberta no início do século XVI, pelo navegador português Fernão de Magalhães, os primeiros assentamentos só foram implantados no século XIX, quando chegaram imigrantes ingleses, croatas e espanhóis para trabalhar nas fazendas de criação de carneiros que começaram a ser implantadas no extremo sul do Chile.

O estreito de Magalhães

A navegabilidade do Estreito de Magalhães ajudou a viabilizar a região, pois até o início do século XX, antes do Canal do Panamá, era a única passagem marítima entre o Atlântico e o Pacífico.

O Estreito de Magalhães

Punta Arenas é a capital da região de Magalhães. Hoje, a criação de carneiros, a exploração do petróleo e o turismo formam a base da economia da região.

Punta Arenas

Depois de colocar as malas no hotel, decidimos sair andando em busca de um restaurante para jantar. Estava muito frio e começou a chover. O frio intenso tirou a nossa coragem. Voltamos para o hotel e decidimos jantar aí. Amanhã vai começar a nossa aventura pela Patagônia Chilena.

Visitando a Patagônia Chilena

Anúncios

Sobre joaquimnery

Joaquim Nery Filho é geógrafo, agente de viagens e empresário do showbusiness. Apaixonado por viagens e fotografia.
Esse post foi publicado em Chile e marcado , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para CHEGANDO A PUNTA ARENAS, NO EXTREMO SUL DO CHILE

  1. Ir à Patagónia chilena e argentina é um sonho desde sempre! Maravilhoso relato

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s