TESOUROS DA MEDINA DE FEZ

05 de abril de 2018

Em um dos becos da Medina de Fez encontramos uma clepsidra, um inusitado e espetacular relógio de água que funciona por gravidade e de origem secular, na fachada de uma Madrassa, possui o mesmo princípio de uma ampulheta.

A espetacular Clepsidra de Fez.

Chegamos à Madrassa El-Attarine, construída em 1325 e que funciona até os dias atuais. Fica no coração da Medina. As Madrassas são escolas religiosas islâmicas que ensinam o alcorão. No pátio da Madrassa destacam-se os ricos trabalhos com mosaicos de azulejos e em madeira, que foram restaurados no século XX, estão bem preservados e podem ser visitados.

O interior da Madrassa de Fez

Saímos da Madrassa de Fez e fomos almoçar no excelente restaurante La Medina, dentro de um Riad antigo, com excelente decoração. Provamos o cucus marroquino preparado numa Tagine, uma espécie de panela de barro com tampa cônica que aparece em todo o país e é um dos destaques da culinária local. Ali dentro eles cozinham a carne de boi, cordeiro e frango além de verduras variadas.

As típicas Tagines Marroquinas

Após o almoço seguimos pelos becos da Medina até uma fábrica com artesanatos de metais. Os artesãos, batedores de cobre, estão por todos os lados na Medina de Fez.

O artesanato de cobre do Marrocos.

Fomos até um museu dedicado a objetos de madeira recolhidos nos Riads de Fez. No alto do Museu podemos ter uma primeira visão da Grande Mesquita de Fez.

O museu dedicado a objetos de madeira retirados dos Riads

Passamos pela área do antigo hospital psiquiátrico de Fez, considerado o mais antigo do mundo. O Maristan Sidi Frej foi construído em 1286 e funcionou até 1944. O modelo do Maristan foi copiado para o primeiro hospital psiquiátrico da Europa, instalado em Valencia, na Espanha em 1410.

A placa de localização do Maristan.

A Mesquita Al Quaraouiyine é uma das maiores da África, com capacidade para até 20 mil pessoas. Hoje a Mesquita fica escondida pelo emaranhado de casas ao seu redor e é difícil de ser fotografada. Não é permitido o acesso ao seu interior para não muçulmanos. Dá para observar a partir do portão de entrada ou do alto de alguma construção nos arredores.

O pátio interno da Mesquita de Fez.

Ao lado da Mesquita fica a Universidade Quaraouiyine, considerada a primeira Universidade do Mundo pelo livro Guiness dos Recordes. A Universidade foi fundada em 859 como parte de uma mesquita. Possui uma biblioteca impressionante fundada no século XIV e que tem uma grande quantidade de manuscritos e livros raros.

Os edifícios da Mesquita e da Universidade são engolidos pela Medina.

Saímos da porta da mesquita e continuamos pelos becos e ruelas até uma fábrica de tapetes instalada em um dos Riads da cidade. Os tapetes são bastante tradicionais no Marrocos.

A fábrica de tapetes de Fez.

A última visita que fizemos na Medina foi ao curtume da cidade, o mais famoso cartão postal de Fez. Na beira do curtume, muitas lojas de roupas de couro convidam os visitantes a subir e entrar para ter a melhor vista panorâmica dos imensos caldeirões coloridos onde o couro é tingido. O cheiro é forte e para alguns, insuportável.

O curtume de Fez.

Na descida da visita ao terraço de onde se pode obter belas fotos do curtume, paramos numa fábrica de casacos e roupas de couro. À noite fomos jantar no Restaurante Palais Medina, com músicas e danças típicas. Não gostamos do restaurante. Serviço ruim, show e comida também.

Os babouche de couro marroquinos.

Anúncios

Sobre joaquimnery

Joaquim Nery Filho é geógrafo, agente de viagens e empresário do showbusiness. Apaixonado por viagens e fotografia.
Esse post foi publicado em Marrocos e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s