O ESPERADO ENCONTRO COM A SERRA DO RIO DO RASTRO

29 de julho de 2018

Nessa viagem que planejamos para Santa Catarina, hoje, seria o dia de maior expectativa. Deixamos para o fim, a descida da Serra do Rio do Rastro, o motivo principal do roteiro. Começamos a viagem por Urubici, onde visitamos a Serra do Corvo Branco e finalizamos com a Serra do Rio do Rastro, próximo á cidade de Bom Jardim da Serra.

A Serra do Corvo Branco

De Urubici para Bom Jardim da Serra são aproximadamente 75 km, que percorremos em duas horas de uma estrada linda e sinuosa, cercada por fazendas charmosas, hotéis de campo e florestas de araucária. Começamos a viagem pela SC-110 e depois pegamos a SC-390 em direção ao litoral. Demos muita sorte no início da viagem, pois o dia estava magnífico, com uma luz excelente para fotografias e era o que queríamos encontrar quando chegássemos ao mirante da Serra do Rio do Rastro.

A floresta de araucária

Fizemos uma única parada na estrada para observar e fotografar uma bela cascata que emoldurava a viagem e era parada obrigatória para os viajantes que seguiam em direção à Serra do Rio do Rastro.

A estrada revela belas surpresas.

Fazer essa estrada estava no meu calendário de viajante. As imagens que já tinha visto em revistas de turismo, eram impressionantes. A Serra é cortada pela rodovia SC-390, que nesse trecho, desce sinuosa, serpenteando pelo paredão rochoso que liga a Serra Geral às planícies do litoral, realizando um desnível de 1.421 metros de altura.

A estrada da Serra do Rio do Rastro

Na parte alta da estrada existe um mirante, com uma boa infraestrutura de restaurantes, banheiros, lojas de lembranças do lugar, etc. Centenas de carros, caminhões, bicicletas e motos ficam estacionadas aí, para que todos possam observar as curvas sinuosas da descida.

Muitas bikes no mirante do alto da Serra.

Como o dia estava lindo, estávamos esperançosos de ter uma vista privilegiada. A grande surpresa aconteceu, quando chegamos na borda do mirante. As nuvens estavam abaixo do mirante e escondiam toda a visão da estrada.

Do alto do mirante não conseguimos ver a estrada.

A descida da Serra do Rio do Rastro possui dezenas de curvas fechadas e é preciso dirigir bem devagar. Nas margens da estrada, a floresta imponente mistura resíduos de Mata Atlântica com Mata de Araucária. Quando começamos a descida, o tempo foi melhorando e tivemos algumas chances para belas fotos.

Conseguimos fotografar pequenos trechos da estrada.

Na parte baixa da estrada, seguimos por um longo caminho passando por Lauro Muller e Tubarão, a região do carvão de Santa Catarina, até chegar ao litoral. Foram 305 km que fizemos em sete horas de viagem até o aeroporto de Florianópolis. Voltamos para Salvador via São Paulo. Chegou ao fim, mais uma aventura planejada pela Via Alegria. http://www.viaalegria.com.br.

Boas estradas em Santa Catarina.

A Serra do Rio do Rastro

Anúncios

Sobre joaquimnery

Joaquim Nery Filho é geógrafo, agente de viagens e empresário do showbusiness. Apaixonado por viagens e fotografia.
Esse post foi publicado em Brasil, Santa Catarina e marcado , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

3 respostas para O ESPERADO ENCONTRO COM A SERRA DO RIO DO RASTRO

  1. joaquimnery disse:

    É tudo muito lindo. Você vai adorar.

  2. JCDattoli disse:

    Muito legal, Quinho. Valeu como dica, pois almejo visitar essa parte de Santa Catarina!!!

  3. Anônimo disse:

    Fiz a mesma viagem a alguns anos atrás, saindo de Termas do Gravatal até S. Joaquim. É deslumbrante . É um passeio imperdível para qquer viajante que curte a natureza.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s