Índia Nepal e Dubai

Fizemos esta viagem em março de 2010. Saímos de Salvador, com escalas em São Paulo e Dubai, até chegarmos a Nova Délhi, a capital da Índia.

Na seqüência fizemos o trajeto turístico denominado de Triângulo Dourado. Pegamos a estrada até Jaipur, a capital do Rajastão, onde os palácios e fortificações erguidos pelos muçulmanos estão muito bem preservados. O impacto cultural é maravilhoso, as cores vivas, a presença de camelos, elefantes e vacas pelo meio da rua, misturados com um trânsito louco, bicicletas e motoristas buzinando o tempo todo, dão o tom de Jaipur.

Seguimos de carro até Agra, onde o encantamento fica por conta do Taj Mahal. O príncipe Shah Jahan construiu um mausoléu fantástico para a sua esposa e amada Mumtaz Mahal.

Antes de chegarmos a Agra passamos por Fatephur Sikri no estado de Uttar Padresh, para conhecer o Castelo de Akbar que foi a capital do Império Mongul no século XVI.

De Agra pegamos um trem em Jhansi e seguimos para Orcha, onde conhecemos os Castelos da região. Daí pegamos um carro por uma estrada muito ruim até chegarmos a Kajuraho. Ao longo da estrada pudemos observar inúmeras manifestações religiosas locais.

Kajuraho é um dos locais mais impressionantes do mundo. Os templos estão muito bem preservados e possuem milhares de esculturas eróticas que serviram de inspiração para os contos de Kama Sutra.

De Kajuraho pegamos um vôo para Varanasi, a mais enigmática das cidades indianas. Varanasi é a cidade de Shiva, ou melhor de todos os deuses, pois existe aí uma religiosidade impressionante. Assistimos às cerimônias religiosas às margens do Rio Ganges.

De Varanasi pegamos um vôo para o Nepal. O destino foi Katmandu, a capital do Nepal. Um país enigmático, onde os templos ainda fazem parte do dia-a-dia da população.

Visitamos as três cidades imperiais: Katmandu, Bhaktapur e Patan.

De Katmandu voamos para Dubai. Já era tempo de relaxar um pouco. Dubai é uma cidade super moderna, com uma arquitetura espetacular, Shoppings e Parques de diversão. É lá que está o edifício mais alto do mundo o Burj Califa.

A viagem mudou de característica. Deixamos o lado exótico e cultural da Índia e do Nepal, para a modernidade de Dubai e Abu Dhabi.

4 respostas para Índia Nepal e Dubai

  1. joaquimnery disse:

    Olá Mirian,

    Por favor envie um e-mail para contato@viaalegria.com.br

  2. Miriam Ely Peixoto de Souza disse:

    Gostaria de saber qual o próximo passeio para Dubai é a Índia em 2017 e o preço do pacote, e o para Portugal? é o preço do pacote

  3. joaquimnery disse:

    Olá Ana Luiza,
    Para fazer o Triângulo Dourado, 10 dias é suficiente. Aproveite e Divirta-se. Você vai amara Índia.

  4. Ana Luísa Mendes disse:

    Nery, gostei muito do seu roteiro! Sempre acompanho suas dicas na rádio também.
    Quantos dias durou, ao todo, seu roteiro? Tenho planos de ir à Índia em janeiro de 2017 para um casamento em Délhi e queria fazer triângulo dourado e talvez Rishikesh também. Receio que teremos cerca de 11 a 15 dias para a viagem, sendo que 3 terão de ser em Délhi por causa das festividades do casamento.
    Aproveitar a proximidade com o Nepal e dar um pulinho lá é mesmo uma boa? Dubai é mais interessante no final da viagem mesmo, não é?
    Muito obrigada!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s