ESCULTURAS DO MUSEU DO LOUVRE

Na ala do Museu do Louvre destinada às Esculturas Europeias de 1100 a 1848, existe uma quantidade enorme de preciosidades e algumas obras-primas como o nu em tamanho natural de Santa Maria Madalena de Gregor Erhart, do início do século XVI.

O nu de Santa Maria Madalena de Gregor Erhart.

O nu de Santa Maria Madalena de Gregor Erhart.

Outra escultura importante que está entre as mais procuradas do Louvre é a obra de Antônio Canova, que mostra Psiquê ressuscitada pelo beijo de Eros, de 1787, uma obra singela e de grande expressividade. A escultura tem um poder de comunicação incrível.

Detalhe de Psiquê revivida pelo beijo de Eros.

Detalhe de Psiquê revivida pelo beijo de Eros.

O Hermafrodita adormecido também reúne multidões ao seu redor. A escultura mostra de forma singela a figura bissexual do filho de Hermes e Afrodite, que se uniu num abraço eterno à ninfa Salmacis resultando na figura andrógina do Hermafrodita. Quando se observa a estátua, a sinuosidade do corpo nos dá a impressão de ser uma figura feminina, mas ao darmos a volta percebemos que se trata de uma escultura masculina.

Detalhe do Hermafrodita.

Detalhe do Hermafrodita.

As Três Graças mostram as Deusas da fertilidade, do encantamento, da beleza e da amizade. Sempre foram associadas a Afrodite, Deusa do Amor. As Graças são representadas em várias obras de arte europeia. Pinturas e esculturas. Esse conjunto do Museu do Louvre foi esculpido por Cordier (1565-1612).

As Três Graças, de Cordier

As Três Graças, de Cordier

Na área dos escultores Franceses, chama a atenção a maravilhosa Tumba  de Philippe Pot (um alto funcionário da Borgonha), com seus oito pranteadores encapuzados. O contraste de cores dos materiais utilizados engrandecem a escultura.

A espetacular Tumba de Philippe Pot

A espetacular Tumba de Philippe Pot

Detalhe de um dos pranteadores daTumba de Philippe Pot

Detalhe de um dos pranteadores daTumba de Philippe Pot

A maior expectativa nessa visita era o encontro com a Vênus de Milo, uma estátua grega do período helenístico (fim do século III e século II a.C.), que também reúne multidões. A estátua foi descoberta em 1820, na Ilha de Milo (Grécia). Foi adquirida pela França e imediatamente exposta no Louvre.

A maravilhosa Vênus de Milo.

A maravilhosa Vênus de Milo.

A estátua é uma das peças mais reproduzidas do Museu do Louvre, pela sua qualidade estética e por isso adquiriu grande popularidade se transformando numa das estátuas mais conhecidas do mundo. Acredita-se que seja uma representação de Vênus, Deusa da beleza e do amor.

Reproduções da Vênus de  Milo

Reproduções da Vênus de Milo

A Vênus de Milo possui 2,02m de altura, é formada pela junção de dois blocos de mármore e outras partes menores trabalhadas em separado. A Vênus aparece hoje  sem os braços, nua até o quadril, enquanto que a parte de baixo está coberta por um manto ricamente trabalhado.

A imponência e beleza da Vênus de Milo.

A imponência e beleza da Vênus de Milo.

A outra “dama” nobre do Museu do Louvre é a Vitória de Samotrácia, uma estátua, também do período helenístico, que demonstra toda a leveza da escultura grega. Apesar da estrutura maciça ela aparece deslizando suavemente e cortando o vento. A estátua representa a Deusa Grega Nike (Vitória) e que foi descoberta em 1863, nas ruínas do Santuário dos grandes Deuses de Samotrácia.

A Vitória de Samotrácia

A Vitória de Samotrácia

Fazia parte de uma fonte com a forma de proa de um navio em pedra calcária, doada ao santuário provavelmente pela cidade de Rodes. Fica num local de grande destaque no Museu do Louvre, no alto de um conjunto de escadarias. A Vitória de Samotrácia data de aproximadamente 220 a 190 a.C.

A Vitória de Samotrácia

A Vitória de Samotrácia

A exposição destacada da Vitória de Samotrácia

A exposição destacada da Vitória de Samotrácia

Na área aberta da ala Richelieu aparecem os originais dos fantásticos “Cavalos de Marly” de 1745, esculpidos por Guillaume Coustou, que aparecem relinchando. Os Cavalos faziam parte da decoração do Chateau Marly e foram levados para Paris em 1794, durante a Revolução Francesa onde foram instalados na Place de la Concorde, na entrada da Avenida de Champs Élysées. Hoje existem aí, cópias desses cavalos, os originais são esses que estão no Louvre.

Um dos Cavalos de Marly

Um dos Cavalos de Marly

O outro Cavalo de Marly

O outro Cavalo de Marly

Veja também:

http://www.cbnsalvador.com.br/noticias/single-noticias/noticia/joaquim-nery-destaca-o-museu-do-louvre-na-franca/?cHash=d4c1df18c41ef3ee627ce594f3e6575e

https://joaquimnery.wordpress.com/2013/07/02/algumas-pinturas-do-museu-do-louvre/

https://joaquimnery.wordpress.com/2013/07/01/chegando-ao-museu-do-louvre/

Sobre joaquimnery

Joaquim Nery Filho é geógrafo, agente de viagens e empresário do showbusiness. Apaixonado por viagens e fotografia.
Esse post foi publicado em França e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

9 respostas para ESCULTURAS DO MUSEU DO LOUVRE

  1. nao estou achando a estatua que eu quero,por favor posta coisas maia interesantes. Desculpa se eu foi grossa mais e que eu estou fazendo dever e nao sei o nome da estatua,por isso pedi ajuda.Mas sei que voces fazem o melhor possivel.
    Obrigado

  2. crisdejoss disse:

    Quando foi exposto pela p´rimeira vez a Deusa Nicke no Louvre

  3. Um dos momentos altos na educação dos meus filhos, já se passaram duas décadas mas ainda fazem referência à visita !!!

  4. Um dos momentos altos na educação dos meus filhos, já se passaram duas décadas mas ainda faço referência à visita !!!

  5. José Horácio Pedroso Jordão disse:

    Estive lá dois dias, de sol a sol.
    É indescritível. Simplesmente MARAVILHOSO.
    VOLTAREI.

  6. Luciana disse:

    fantástico, deu saudades de Louvre

  7. Mariana disse:

    Me senti no Louvre lendo.

  8. Celeste Maria Semeão de Oliveira disse:

    Viajei.

  9. maria lucia disse:

    Amei tudo. Sensações agradabilíssimas. Saudades de Paris. Pretendo voltar a visitar o Louvre.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s